Pular para o conteúdo

Eu me deitei e dormi – Salmo 3:5


Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou – Pregação

Esboço de Pregação em Salmo 3:5 – “Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou”.

Desenvolvimento

A palavra “sono” na Bíblia tem, sem via de regra, tem o sentido de “morte”:

Davi dormiu com seus pais – I Reis 2:10

Roboão dormiu com seus pais – I Reis 14:31

Baasa dormiu com seus pais – 1 Reis 16:6

O Texto acima é uma profecia a respeito da morte e ressurreição de Jesus.
Deitei e dormi – morte
Acordei – ressurreição
Porque O Senhor me sustentou – era a vontade do Pai – seu projeto

Para os que estão começando a ler a Bíblia agora, é preciso saber que O Senhor Jesus disse que devia cumprir tudo o que a respeito dele estava escrito na Lei, nos Profetas e nos Salmos (Lucas 24:44). Ou seja, todo o Velho Testamento profetizou a respeito de seu nascimento, vida, ministério, morte e ressurreição.
E sobre essas coisas vamos explicar durante a leitura anula da Palavra.

O resultado de sua morte foi a salvação do homem e a formação da igreja – que é chamada de noiva do Cordeiro.
Já no livro de Gênesis encontramos uma tipologia a respeito da morte de Jesus; do momento em que seria ferido pela lança do soldado romano, derramando seu sangue e ao despertar (ressurgir), sua igreja estaria constituída para viver ao seu lado para sempre.

Ler Gênesis 2:21-23
Adão
– primeiro homem – tipo de Jesus (I Coríntios 15:45).
Pesado sono – morte de Jesus

Tomou uma de suas costelas – Jesus foi ferido na costela (João 19:34)

Adão acordou e a mulher estava junto dele – Jesus ressuscitou e a igreja estava junto a Ele (Rute 3:8).

A mulher foi formada da costela de Adão – A igreja foi formada pelo sangue de Jesus derramado.

A igreja é o resultado do penoso trabalho do Senhor Jesus

Quando o homem pecou, Deus disse a ele que com o suor do rosto comeria seu pão.
Quem suou e suou sangue para dar o pão que sustenta a alma do homem foi o Senhor Jesus (Lucas 22:44).

Salvação

Por causa de nosso pecado Ele teve que trabalhar por nós (Isaías 43:24), mas como todo trabalhador ao receber seu pagamento, se alegrou. A Palavra diz que Ele viu o resultado de todo o seu trabalho e se alegrou – o resultado foi a nossa salvação (Isaías 53:11).

Quando o Pai perguntou qual era o salário que Ele desejava receber pelo seu trabalho, Ele escolheu o homem pecador, cheio de defeitos, problemas, angústias, enfermidades, desprezado, abandonado… (Gênesis 30:28 e 32).
A resposta do Pai foi: “Digno é o trabalhador do seu salário” (I Timóteo 5:18).
Por isso Jesus cuida das nossas vidas como um bom pastor profetizado no Salmo 23, e um dia nos apresentará diante de seu Pai na eternidade. (Ver Gênesis 48:8-9)

“Tenho guardado aqueles que Tu me deste, e nenhum deles se perdeu” (João 17:22b).

Esboço de Pregação em Salmo 3:5 – “Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou”.


botaodownload

Mais Esboço de Pregação



Alguma dúvida?