A FORMAÇÃO DA IGREJA – GÊNESIS 2: 24

A FORMAÇÃO DA IGREJA

GÊNESIS 2: 24

Introdução

O Projeto de Salvação do homem, é apresentado na Palavra de vária formas e através de vários atos de Deus, através dos séculos. A criação do homem e da mulher, e o propósito de Deus para eles, nos mostram de forma maravilhosa como este Projeto iria se cumprir na vida do Senhor Jesus e sua Igreja.

 

Desenvolvimento

  • No Éden, Deus viu que Adão estava só, e formou a Mulher a partir de uma costela retirada do seu corpo, depois de fazê-lo cair em um sono pesado – ele não sentiu dor nesse processo.

  • Quando Adão despertou do sono, Eva foi trazida a ele, que se alegrou quando a viu, e exclamou: “esta é osso dos meus ossos, e carne da minha carne…”

  • A mulher foi criada para ser a adjutora (ajudadora) do homem, que no tempo determinado, deixaria a casa de seu pai para se unir a ela, a fim de viverem em comunhão, em amor, em fidelidade, formando os dois uma só carne.

  • Tudo isso aponta para o Senhor Jesus que um dia deixou a sua Glória e a Casa do Pai, para cumprir o Projeto de Salvação da humanidade, revelado desde o princípio da criação.

  • Jesus estava na eternidade e o Pai o fez sair de sua casa para morrer aqui, na cruz do Calvário. Neste processo, Jesus, ao contrário de Adão, sofreu muito, e sentiu muita dor. Ele caiu em profundo sono – sua morte – mas ao despertar – sua ressurreição – pode contemplar com alegria a sua igreja, a qual foi formada através do seu sacrifício.

 

Conclusão

Um dia – no dia do arrebatamento – a igreja será trazida por Deus, para ser entregue ao Senhor Jesus, que a receberá na eternidade como sua esposa, aquela que foi gerada na sua morte e que é um corpo junto com Ele.

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email