Os diálogos de Jesus – Marcos 2:18-21

Os diálogos de Jesus – Marcos 2:18-21

Contribuição: Marcos 2:18-21

Os diálogos de Jesus são maravilhosos!

Respostas proféticas

As pessoas faziam perguntas sobre situações terrenas e suas respostas eram proféticas, por esse motivo muitos não entendiam.

Vejam esse exemplo em João 4:31-35.
Os discípulos chegaram e disseram a Jesus: Mestre, come. E Ele respondeu: a minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.
Até aqui tudo bem, mas então Ele complementa dizendo: Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo: Levantai os vossos olhos, e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa.

Parece que Ele entrou em outro assunto, mas na verdade estava dando continuidade à resposta do versículo 34.

Na última ceia Jesus explica muitas coisas que estavam sem entendimento. Uma delas é esse diálogo. Ele disse que somente tornará a comer o pão e a beber o vinho quando o fizer junto com a igreja a eternidade, ou seja, depois do arrebatamento.

Quando os discípulos lhe disseram: “Mestre, come”, Ele aplicou a essa expressão o significado de Maranata! Vem Jesus. Porque quando Ele vier e arrebatar a igreja vai comer com ela na mesa do Pai.

Então, no verso 34 Ele diz, “a minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra”, ou seja, eu somente poderei comer quando Aquele que me enviou autorizar – que é o mesmo que dizer: Estou apenas aguardando o Pai mandar para que a igreja seja arrebatada.

Conselho

E no verso 35 está um conselho:
Não dizeis vós que faltam 4 meses para a ceifa? Eu vos digo que os campos já estão prontos.
O conselho é: O arrebatamento pode ser a qualquer momento, porque a igreja já está pronta. Mesmo para os servos que esperam pelo arrebatamento, Jesus virá 4 vezes mais rápido do que imaginam.

Como nesse diálogo, no texto em destaque de Marcos 2, encontramos situação semelhante.

Jesus é o pão da vida

Jejuar, na resposta de Jesus é não participar do pão.
Enquanto Jesus está presente no mundo, a igreja fiel não jejua, mas é alimentada por Ele todos os dias.

Mas os discípulos de João e os fariseus – ou seja, os que estão ligados à tradição ou a religião não desfrutam da comunhão com Jesus, das revelações, da benção do seu sangue… – estão fazendo jejum de Jesus – não comem o pão.

Jesus está presente. Vivemos o tempo da graça. Não é hora de jejuar.
“Mas dias virão em que lhes será tirado o esposo.” – Isso se dará no arrebatamento.

“Então jejuarão naqueles dias” – depois do arrebatamento Jesus não estará mais presente no mundo, com seu Espírito Santo, então a alma que não for arrebatada terá fome do pão da vida.


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium
Faça login!

Mais conteúdo

Os lavradores maus – Mateus 21:33-40

Vida ou Morte? – Salmos 119:84

Vai, come com alegria o teu pão… – Eclesiastes 9:7-9

Eis o noivo! saí ao seu encontro – Mateus 25:6

As Características de Davi – I Samuel 16:18-20

Bagagem espiritual – I Samuel 30

A Vitória pela Madrugada – Provérbios 8:17

Quão formosos são os teus pés… – Cantares 7

Parábola da rede – Mateus 13:47–50

A Pedra Branca – Apocalipse 02:17

E ajuntei-os perto do rio que vai a Aava – Esdras 8:15

O Senhor é nossa Fortaleza – Salmos 46:1

150 Perguntas e Respostas Bíblicas


Gostou? Então compartilhe

Deixe uma resposta