A Descrição da volta de Jesus – Cantares 2:8

A Descrição da volta de Jesus – Cantares 2:8

A descrição da volta de JesusA DESCRIÇÃO DA VOLTA DO SENHOR JESUS

Cantares 2:8 “Esta é a voz do meu amado; ei-lo aí, que já vem saltando sobre os montes, pulando sobre os outeiros.”

INTRODUÇÃO

A profecia aguardada pela igreja, além de exposta pelos sinais, é exposta também na Palavra de Deus, que expressa muito bem como será esse momento. Descreve para o nosso consolo e alerta.

Então nos lembramos da Sua Palavra, e o Espírito Santo nos testifica: JESUS VOLTARÁ!

Como é a descrição deste momento? A Palavra nos dá a descrição da volta de Jesus.

 

DESENVOLVIMENTO

A Descrição da volta de Jesus
“Esta é a voz do meu amado”

A cada tribulação, a cada evento que acontece no mundo, a igreja sabe que são os sinais que antecedem a volta do Senhor Jesus se cumprindo. Enquanto o mundo está perdido, a igreja ouve a sua voz, a voz do seu Amado: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;” João 10:27

“Ei-lo aí”

É o olhar de fé da igreja. Ela não vê as dificuldades, a crise mundial. Ela vê o Senhor saltando sobre os montes das dificuldades. Quando uma luta, uma enfermidade, um problema financeiro se levanta, dizemos isso: “Ei-lo aí”. Ele está voltando! Esta profecia está acima de todas as nossas lutas e sofrimento. Nós não enxergamos as lutas, o mundo externo. Enxergamos que Jesus voltará.

“Saltando e pulando”

Saltando, pulando, falam de pressa. O Senhor tem pressa em vir buscar o seu povo.

“Montes e outeiros”

MONTES – Grandes elevações de terrenos.

OUTEIROS – Pequenas elevações de terrenos.

O que são as dificuldades perto do nosso desejo de estar com o nosso Salvador? Independentes de serem grandes ou pequenas, se estamos num bom ou num mal momento, uma vez a nossa fé e a nossa comunhão estando preservada, seremos arrebatados.

“Quem és tu, ó grande monte? Diante de Zorobabel tornar-te-ás uma campina; porque ele trará a pedra angular com aclamações: Graça, graça a ela.” Zacarias 4:7

CONCLUSÃO

A volta do Senhor Jesus não se dará num momento de tranquilidade, de comodismo, onde tudo está bem. Mas se dará no momento em que a igreja estará sendo provada, num momento de dor, lutas, tribulações, onde muitos estão desapercebidos. É neste momento que a igreja precisa ter o olhar de fé para a volta do Senhor Jesus onde ela discerne que os sinais que estão acontecendo é a voz do seu Amado falando com ela, alertando-a para o momento profético e ela enxerga que o seu Amado vai arrebatá-la no período de provas, ou seja, muitos crentes vão ser arrebatados enfermos, outros desempregados, outros perseguidos, outros traídos, outros solitários, outros com muitos outros fardos. Mas serão. Porque Ele voltará e nenhuma luta impedirá os seus fiéis de estarem com Ele na sua glória.

“…ei-lo aí, que já vem saltando sobre os montes, pulando sobre os outeiros.”

“Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” Romanos 8:39

 

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário