A SAGA DO POVO DE DEUS – Neemias 4:1-23

A SAGA DO POVO DE DEUS

Texto: Neemias 4:1-23

Propósito geral: Doutrinal

Propósito específico: Conduzir o crente a uma preparação para as batalhas espirituais.

INTRODUÇÃO

Conflitos, lutas, opressão. História de um povo que venceu a oposição de opressores estrangeiros ou nacionais. A vida cristã é uma luta constante.

TRANSIÇÃO: Na luta diária do povo de Deus encontramos cinco características que o faz vitorioso.

I – O POVO DE DEUS RESISTE – (v. 6)

Sambalate, o governador da Sumária não interessava que os judeus se fortalecessem (v. 1).

Os inimigos zombavam (v. 1-3); o povo não parava de trabalhar (v. 6); a zombaria não impressionava e não afetava o povo de Deus (v. 7);

Não se deixar impressionar pelas artimanhas do inimigo.

A obra de Deus não pode sofrer danos; o cristão não se frustra diante da zombaria; não perde a oportunidade de conhecer a mensagem da salvação; não desiste.

 

II – O POVO DE DEUS TRABALHA – (v. 6)

A tática do adversário não pode dar certo. O povo de Deus dedica-se ao trabalho, não considera o desprezo e a zombaria (v. 6-7). Deus realiza maravilhas quando o povo trabalha. Somos cooperadores de Deus. Deus sempre faz a sua parte. Façamos a nossa.

 

III – O POVO DE DEUS ORA – (v. 9)

A obra tinha a autorização do rei (2:1-9). O inimigo fica irado. O povo de Deus fica atento, vigilante (v. 13). O povo de Deus fica na brecha, ora (Sl 127:1).

Oração é uma arma indispensável na batalha que travamos neste mundo.

IV – O POVO DE DEUS PREVINE-SE – (vv. 13, 16-18, 20-23)

Guarda de dia e de noite (v. 9; Mt 26:41).

Providências para evitar surpresas (I Pe 5:8), prudência. Trabalhar como se dependesse de nós.

Confiar como se tudo dependesse de Deus.

 

V – O POVO DE DEUS CONFIA – (v. 14)

“Nosso Deus pelejará por nós” (v. 20; Sl 121:15).

Quem trabalhava tinha sempre uma arma por perto. A armadura do cristão (Ef 6:10-20). O líder tinha um auxiliar com a trombeta. Soava o alarme.

O líder é capaz, inteligente, cuidadoso, utiliza todos os recursos para proteger seu povo.

Acima de tudo a confiança em Deus.

Sem Deus não somos nada.

Com Deus, com a benção do Senhor Jesus e com o controle do Espírito Santo, seremos conduzidos a vitória.

 

CONCLUSÃO

Quando Deus tem uma obra a fazer, jamais deixa de levantar os instrumentos necessários.

Para vencer crises e conflitos é a piedade fervorosa e dedicação heróica. Deus providenciará a vitória. Somos um povo que sabe vencer as oposições.

Resistir, trabalhar, orar, prevenir-se e confiar.

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email