Os Lugares Fortificados de En-Gedi – I Samuel 23:29

OS LUGARES FORTIFICADOS DE EN-GEDI

“Subiu Davi daquele lugar e ficou nos lugares seguros de En-Gedi.”

I Samuel 23:29

Introdução:

Os homens durante o pouco tempo de suas existências tem buscado de todas as formas e meios, encontrar um lugar que lhes possa oferecer não só abrigo seguro, mas também conforto, paz, alegria e, se possível, uma longa vida.

Entretanto, por absoluto desconhecimento dos propósitos de Deus, são induzidos pelas circunstâncias naturais e, principalmente, por serem constituídos de matéria, carnais, a entender que o mundo e tudo que nele há, poderá satisfazer todos os seus desejos e projetos. Engano.

Desenvolvimento:

O texto que acabamos de ler nos relata um momento triste e grave na vida de Davi. Saul, que não mais ouvia a voz de Deus e agia segundo a inveja que nutria em seu coração, passou a persegui-lo, com o intuito de matá-lo, caçando-o por todos os lugares da terra.

 

Diante do cerco promovido por Saul, coube a Davi escolher um lugar que pudesse abrigar a si e aos seus homens para escaparem da morte. A região onde se encontrava permitia a Davi fazer duas escolhas.

Primeira:

O deserto de Maom(em hebraico: habitação) Lugar onde morou Nabal, que significa: sem juízo; homem duro e maligno. Tipo do mundo em que vivemos, onde os homens possuem as mesmas características.Nossos dias são contados para a morte.

Segunda:

En-Gedi também era um lugar de desertos, mas possuía uma região montanhosa, lugar de abundante água, conhecido pelos seus inúmeros refúgios, suas palmeiras e vinhas.

Não nos parece diferente a situação vivida pelo homem em nossos dias, pois existe também sobre ele um decreto de morte pelo pecado que está estabelecido em seu coração.  “A alma que pecar, essa morrerá.” Ezequiel 18:20. Assim sendo, se faz necessário uma boa escolha, como a que fez Davi.

A bíblia nos diz que ele escolheu o lugar alto – En-Gedi para se abrigar dos seus inimigos. O homem sábio e prudente, nesta hora de densas trevas,escolhe como Davi. Ele “SUBIU”, elevou os seus pensamentos para o alto, buscou o autor e consumador da nossa fé, o Senhor Jesus.

Diante da gravidade da situação, temos também que tomar a mesma definição e permanecer na presença daquele que por nós morreu, resgatando-nos da morte para a vida. Por isso a decisão de Davi – “e FICOU” – permaneceu naquele lugar. “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna”. João 6:68

Somente no abrigo de Deus o homem poderá encontrar a segurança verdadeira. Suas palavras são fontes inesgotáveis de vida, capazes de sarar nossos corações e retirar toda amargura da alma, trazendo paz e alegria ao nosso viver.

A presença do seu Santo Espírito em nossas vidas alimenta e sacia a nossa sede de justiça, nos dando forças também para perdoar aos que nos tem ofendido. Foi em En-Gedi que Davi poupou a vida de Saul e lhe concedeu o perdão.

“Tendo Davi acabado de falar a Saul todas estas palavras, disse Saul: É isto a tua voz, meu filho Davi? E chorou Saul em voz alta. I Samuel 24:16.”

A benção do Senhor, em meio às lutase provações, não faltará na vidadaqueles que n’Ele confiam. O alento, o consolo e o enxugar das nossas lágrimas, o seu sangue derramado na cruz é também o bálsamo que serve para curaras feridas do corpo e da alma.

Conclusão:

Indagamos a você, nesta noite, para saber qual destino que você quer tomar? MAOM OU EN-GEDI? Seja sábio e prudente, venha para o lugar seguro! O Senhor Jesus está chamando. Vem!

Amém.

 

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário