Pular para o conteúdo

Se o shofar der sonido incerto – 1 Coríntios 14:8


Se o shofar der sonido incerto – Pregação

Esboço de Pregação em 1 Coríntios 14:8 – “Porque, se o shofar der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?”

Desenvolvimento

Todo Cordeiro ou carneiro era aproveitado:

No sacrifício: Jesus na Cruz – Salmo 22, Isaías 53

Na alimentação: Jesus, o Pão Vivo que desceu do céu; minha carne é comida, meu sangue é bebida…

– Sua pele como odre para armazenamento de líquidos: dele temos o poder do sangue e do Espírito.

– Seu chifre como vaso para colocar óleo (I Sm. 16:1) ou como instrumento musical conhecido  pelo seu nome hebraico: SHOFAR

Este usado para trazer ao povo informações como as cornetas militares de hoje.

CONSTRUÇÃO DO SHOFAR

“O shofar tem que ser feito de um chifre de carneiro absolutamente sem falhas.”

Primeiro o chifre é descascado, quando aparece sua cor natural. Então, é retirado o osso com o auxílio de produtos químicos. 

Em seguida, o chifre é endireitado pela utilização de calor. Depois é feita nele uma perfuração que se estreita em direção ao final. O menor desvio durante esse processo, mesmo que seja tão mínimo como um milímetro, inutiliza o chifre. Mesmo um especialista não conseguirá então extrair qualquer som dele. Ao final, o instrumento é entortado novamente para sua forma original e é polido. 

O trabalho exige máxima precisão – a menor rachadura tira o valor do instrumento. Tudo é feito a olho.”

Refs. Bíblicas: *Jos.6:4,9.13,16,20. Juiz. 7:16, l8, 19,20,.22. II Sam. 6:15. Sal. 47:5; I Cor. 15:52 e I Tes. 4:16

A palavra trombeta em nossas traduções, com pouquíssimas exceções, significa trombeta, como um instrumento.

Em quase sua totalidade essa palavra no original em hebraico se refere ao shofar, muito diferente de uma trombeta. As trombetas no tabernáculo e no templo eram trombetas mesmo, cuja palavra em hebraico é “hatzetzrot”*

“O shofar usado como instrumento é o mais primitivo deles e tem acompanhado o povo judeu em toda a trajetória de sua existência.”

 É, portanto, um chifre de carneiro cujos sons acrescentaram e aprofundaram o seu significado.

 Foi destinado a distribuir sinais que contém uma mensagem de espanto e de advertência.

 “Tocar-se-á a trombeta (shofar) na cidade e não se alvoroçará o povo?”

(Am. 3:8) “O shofar é a trombeta de Deus,” e vê-se isto claramente, quando pela primeira vez foi tocado no monte Sinai, não por boca humana, mas pelo próprio Deus. 

(Ex. 19:10-19) “E aconteceu ao terceiro dia, ao amanhecer, que houve trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzinas (shofar) mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial…”

“E o sonido da buzina ia crescendo em grande maneira…”

É um instrumento solene para o judeu, que sente nele como que a lembrança de um povo levado a Deus. 

O shofar sopraram em muitas ocasiões diferentes: no Ano de Jubileu, em Rosh Hashana (ano novo), Yom Teru’ah também chamado (o dia de soprar) em ritos religiosos, ou como uma chamada para guerra.

Eram quatro as formas de se tocá-lo:

O Tekiah: a “explosão” uma explosão longa com um tom claro.

O Shevarim: um “quebrado” suspirando som de três chamadas pequenas.

O Teruah: o “alarme” uma série rápida de nove ou notas muito menores.

O Tekiah Gedolah: “o grande Tekiah” uma única explosão irrompível, segurou contanto que possível.

CORDEIRO MORTO

“…Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.”

Como no VT, Jesus, o Cordeiro de Deus, foi levado como ovelha muda ao matadouro, ferido, pisado, morreu por nossos pecados (Isaías 53).

É, Jesus, o Cordeiro foi à cruz do Calvário para morrer, por mim e por ti. Para que o shofar fosse construído, o cordeiro tinha que morrer. Seu chifre era limpo, passado pelo fogo, e um furo com precisão lhe era feito (furo dos cravos em Jesus).

 “que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riqueza, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e louvor. (Ap. 5:12)

O CORDEIRO ESTÁ VIVO

“Nisto vi, entre o trono e os quatro seres viventes, no meio dos anciãos, um Cordeiro em pé, como havendo sido morto, e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus, enviados por toda a terra.(Ap. 5:6)

Seu shofar, hoje para nós, representa seu Espírito Santo (pneúma) a sopra anunciando suas operações às sete igrejas, e principalmente que Jesus está vivo e que voltará.

Neste momento precisamos estar em sintonia com a voz do Espírito. A grande responsabilidade do pastor é dar sonido certo, é revelar à igreja quando vier as lutas, quando devemos nos reunir para a consagração, de oração

Se a igreja não se preparar através do jejum, da oração, da consagração, da ceia, o inimigo que veio para matar, roubar e destruir conseguirá cumprir seu intento. É a responsabilidade é nossa, então: tocai a trombeta em Sião, anunciai a igreja para que ela ande na revelação, clamai em altas vozes sobre os montes: o Cordeiro está vivo e vai voltar, preparai-vos.”*

As muralhas de Jericó caíram ao som do shofar: (Jos. 6:20) “gritou, pois o povo tocando os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grande grita, e o muro caiu abaixo e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e tomaram a cidade”.

O shofar nos lembra as admoestações dos profetas e os seus gritos de arrependimento, conforme declara Ex. 33:2-9 “… se aquele que ouvir o som das trombetas, não se der por avisado…”

O CORDEIRO VAI VOLTAR

“O shofar nos lembra a ressurreição dos mortos e desperta nossa e desejo para aquele dia. 

Pois Isaías 18:3 diz: “Vós todos os habitantes do mundo, e vós os moradores da terra, quando se arvorar a bandeira nos montes, o vereis; e quando se tocar a trombeta (shofar) o ouvireis”.

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta (shofar) soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados. (I Cor. 15:25)”

ARREBATAMENTO

Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou (Ap.19:7)

“Depois destas coisas olhei, (do arrebatamento) e eis uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, que estavam em pé diante do trono e em presença do Cordeiro, trajando compridas vestes brancas, e com palmas nas mãos (Ap. 7:9)”

E disse-me: Escreve: “Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro.”

Disse-me ainda: Estas são as verdadeiras palavras de Deus. (Ap. 19:9)

O shofar vai tocar. Você está pronto?

“… prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” Amós 4:12


botaodownload

Mais Esboços de Pregação

A vida do crente no terceiro dia – Êxodo 19:17-18

Shofar um toque espiritual – Estudo Bíblico

Tocai a trombeta em Sião, e clamei em alta voz – Joel 2:1

Tocai a trombeta em Sião – Joel 2:1


Alguma dúvida?