Prova da Lã na Eira   (Juizes 6:37-38)

Prova da Lã na Eira (Juizes 6:37-38)

      

Prova da Lã na Eira

a)  Lã molhada e a Eira Seca

 

“eis que eu porei uma porção de lã na eira; se o orvalho estiver somente nela, e seca a terra ao redor, então, conhecerei que hás de livrar Israel por meu intermédio, como disseste. E assim sucedeu, porque, ao outro dia, se levantou de madrugada e, apertando a lã, do orvalho dela espremeu uma taça cheia de água”. Jz 6:37-38

Lã na Eira: É Jesus que se apresentou no mundo como Cordeiro Perfeito.

Uma Taça cheia de água: Fala do sacrifício (espremeu) de Jesus que nos garantiu o cálice da nova aliança.

b)  Lã seca e a Eira molhada

“Disse mais Gideão: Não se acenda contra mim a tua ira, se ainda falar só esta vez; rogo-te que mais esta vez faça eu a prova com a lã; que só a lã esteja seca, e na terra ao redor haja orvalho. E Deus assim o fez naquela noite, pois só a lã estava seca, e sobre a terra ao redor havia orvalho”. Jz 6:39-40

Orvalho em redor: É o Seu Espírito sendo derramado sobre toda a carne, depois do sacrifício de Jesus.

 

2 –        Seleção dos Soldados

Gideão anuncia o projeto de salvação para o povo. São chamados 32.000 homens de todas as tribos. A Igreja hoje também anuncia o projeto de salvação para o homem. Muitos têm comparecido aos cultos e às reuniões.

Gideão avisa ao povo que a luta será difícil e pesada. Depois que atende a este primeiro chamado o homem toma conhecimento que terá uma batalha contra a carne. Será necessário se envolver com a Obra, com os cultos e cuidar de seu testemunho.

 

“ …Retire-se da região montanhosa de Gileade…”. Jz 7:3

Descer para o Vale: Quem não tem compromisso com o Senhor acaba descendo para o vale, onde está acampado o inimigo. Como aconteceu na parábola do bom samaritano. Um homem descia de Jerusalém para Jericó e foi atacado e assaltado. Os midianitas que estavam acampados no vale de Jezreel também iriam atacar e roubar o povo.

Quando homem começa a fazer o caminho de volta, rapidamente o adversário rouba tudo o que ele conseguiu com o Senhor.

“ …voltaram vinte e dois mil…”. Jz 7:3

O Senhor nunca contou com grandes multidões para realizar a sua Obra. Jesus quando partiu deixou uma Igreja de menos de 120 pessoas.

a)  Prova das águas

“ …descer o povo às águas…”. Jz 7:4

300 ajoelharam e pegavam a água com a mão.

Ajoelharam: sabem qual a sua posição durante a prova.

Cabeça erguida: vigiando sempre. Não abaixam a cabeça na hora da luta. Sabem que o adversário está perto.

Com a mão: envolvido todo o tempo com o trabalho da Obra. Seu trabalho está intimamente ligado com a sua salvação.

3 –        Sonho do midianita.

“ …um pão de cevada torrado…”. Jz 7:13

Pão de cevada torrado: palavra provada pelo fogo do Espírito, palavra revelada.

De cima: as orientações vêm do Senhor.

Tenda: coração do homem

Comandante: a razão que comanda a vida do homem.

Nesta hora só a revelação consegue atingir o coração do homem e desfazer o governo da razão.

 

4 –        Armas da batalha.

“ …trombetas, cântaros vazios contendo tochas acesas…”. Jz 7:16

Tochas acesas: é o fogo do Espírito Santo que aquece e ilumina a vida do servo.

Cântaro vazio: é o servo que se esvazia de sua razão e de sua natureza e nega-se (quebra) a se mesmo para que apareça somente a luz do homem espiritual.

Trombetas: é a missão da Igreja, anunciar a salvação em Jesus.

 

Comentário Final

A vitória foi dada a Gedeão não no campo de batalha, mas no seu chamado, quando o anjo disse “O Senhor é contigo”. A nossa vitória está sempre garantida, porque o Senhor é por nós. Ele nos acompanha em toda a nossa caminhada.

A vitória não foi de super-homens, mas de servos definidos pela Obra do espírito Santo.

Restaram uns poucos midianitas que o povo teve que perseguir e matar. As maiores batalhas são travadas pelo Senhor, mas as pequenas Ele tem confiado a seus servos. Como, por exemplo, o Senhor muda nosso coração em pecado, nos transformando em novos homens. Mas a luta para mudar nosso temperamento é travada diariamente por nós.

 

{rokcomments}

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email