Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

A sogra de Pedro – Mateus 8:14,15

SOGRA DE PEDRO
“Tendo Jesus chegado à casa de Pedro, viu a sogra deste acamada e ardendo em febre. Mas Jesus tomou-a pela mão, e a febre a deixou. Ela se levantou e passou a servi-lo” (Mateus 8:14,15).

A visita do Messias

v.14 – A doença da sogra de Pedro talvez tenha sido a primeira coisa que despertou a atenção de Jesus ao entrar na casa. Acamada e ardendo em febre, ela não poderia participar do evento mais importante que já houve na casa de Pedro: a visita do Messias.

Seria possível o Messias visitar a casa de alguém sem observar e suprir as necessidades do lugar? Jesus vê as necessidades da nossa casa ao entrar nela. Assim como a necessidade na casa de Pedro foi suprida quando Jesus entrou nela, o mesmo acontece conosco.
Qual a necessidade da nossa casa?

Lucas 4:39 diz que Jesus repreendeu a febre. Podemos repreender coisas inanimadas?
Foi o que Jesus fez com essa febre, da mesma forma que falou com a figueira. Elas podem ouvir-nos?

Jesus deu a entender que tudo no universo ouve e obedece à Sua voz, tudo o que existe, corpóreo ou incorpóreo. Penso que Ele se dirigiu à força por trás daquela febre, que deixou a mulher assim que a ordem foi dada.

Sirvamos a Cristo

v.15 – A doença da sogra de Pedro tinha uma finalidade mais grave do que parecia: impedir-lhe de servir a Jesus. O inimigo sempre tentará atacar a nossa saúde de tal forma que nos impeça de servir a Cristo. Uma pessoa enferma não é livre para cumprir o chamado de Jesus. Jesus manifestou, nessa passagem, o desejo de restaurar a saúde das pessoas para que possam servi-lo desimpedidamente.

Não devemos nos conformar com as doenças em nossos corpos, pois o desejo de Deus é que sirvamos a Cristo enquanto estivermos nesta terra (Mt. 28:19). Foi ele quem nos nomeou embaixadores do Seu Reino (2 Co. 5:19,20).

Como poderemos desempenhar bem o nosso encargo com nossos corpos enfermos?
Ainda que possamos servi-lo em algum nível, a despeito das doenças, seria esse o desejo de Deus? Fica a critério da soberania de Deus se este é o desejo dele ou não. Contudo temos o poder da fé para alcançarmos a bênção para as nossas necessidades.

Embora muitos intentem cumprir o ministério a despeito das dores, o que é louvável, não é esse o desejo de Jesus. Assim como Ele desejou restaurar a saúde da sogra de Pedro para que ela pudesse servi-Lo, assim também Ele deseja nos restaurar para Seu serviço.

Nosso serviço não será mais aceitável e precioso a Deus pelo nosso esforço em realizá-lo em meio a dores e enfermidades. Se assim fosse, estaríamos buscando recompensas por obras da carne, esforço próprio, o que é abominável ao Senhor.

A sogra de Pedro poderia ter feito isso, se levantado em meio às dores e à fraqueza do seu corpo para servir a Jesus, o que lhe teria rendido, talvez, elogios da parte de todos. Mas não foi esse o desejo de Jesus. Ele prontamente a curou para que ela pudesse servi-lo plenamente.

 

 

 

 

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar