ATIVIDADE PARA JOVENS E OBREIROS E EBD – OS ATRIBUTOS DE DEUS

 OS ATRIBUTOS DE DEUS

  TEXTO FUNDAMENTAL: JOÃO 4:1-42

ATIVIDADE:

NO PROJETO DE SALVAÇÃO (ATO E PROCESSO), IDENTIFICAR E COMENTAR OS ATRIBUTOS DE DEUS (ONISCIENCIA, ONIPRESENÇA E ONIPOTENCIA), NA PESSOA DO SENHOR JESUS: NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA.

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

SIGNIFICADO DE:

Onipotente: aquele que possui todo o poder;

Onipresente: aquele que está presente ao mesmo tempo em todo lugar;

Onisciente: aquele que conhece todas as coisas.

Atributo: qualidade, característica, predicado, propriedade (aquilo que é próprio de Deus)

INTRODUÇÃO

Desde a criação do mundo a Biblia sempre apresentou Deus manifestando Seus atributos como Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente. Podemos ver em vários textos do Velho Testamento esses três atributos de Deus manifestados de forma visível, material e física. Todos esses atributos estão ligados aos demais atributos de Deus de forma invisível que são bondade, fidelidade, justiça, amor, longanimidade, etc.

No Novo Testamento podemos ver também as várias formas como os atributos de Deus se revelam na pessoa do Senhor Jesus durante o seu ministério terreno.

Mais especificamente, na experiencia da conversão da mulher samaritana, o Senhor Jesus apresenta se manifesta a ela com todos os atributos de Deus no projeto de salvação (Ato e Processo).

I – ATIVIDADE:

NO PROJETO DE SALVAÇÃO (ATO E PROCESSO), IDENTIFICAR E COMENTAR OS ATRIBUTOS DE DEUS (ONISCIENCIA, ONIPRESENÇA E ONIPOTENCIA), NA PESSOA DO SENHOR JESUS:

– NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA.

18:19:15 – O projeto de salvação ocorre em duas etapas: ato e processo. O Ato se dá em dois momentos: a eleição e o chamado. Essa eleição é profética porque vem da eternidade e não tem a interferência do homem. Ela vem pela graça de Deus. A eleição é feita por Deus na eternidade e o chamado acontece em um determinado momento da vida do homem quando o Senhor se revela a ele apresentando-lhe um projeto de salvação.

Após o chamado, o homem tem o direito de exercer o livre arbítrio: aceitar ou rejeitar o chamado. No processo o Espírito Santo vai guiar o homem pelo caminho, numa salvação dinâmica, orientada pelo Espírito Santo, mas o homem continua com o livre arbítrio para continuar ou não dirigido pelo Espírito Santo ou, então, negar que um dia foi chamado por Deus e abandonar em algum momento o projeto de salvação.

– IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DE SALVAÇÃO NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA:

  ATO – ELEIÇÃO: “era necessário passar por Samaria” (vs.4)

COMENTÁRIO:

ELEIÇÃO = Jesus foi ao encontro da Mulher Samaritana e não ela ao encontro dEle, mostrando assim que quem nos escolhe primeiro é o Senhor (Eleição). Esta Eleição é Profética, pois vem da Eternidade.

           – CHAMADO: “(…): Senhor, vejo que és profeta.” (vs.19)

COMENTÁRIO:

CHAMADO = aqui ocorreu o encontro como resultado do chamado. Na entrega da revelação está o momento do chamado que define a salvação.

 

  PROCESSO – SANTIFICAÇÃO: “Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo” (vs.26)

COMENTÁRIO:

A parte do Senhor no PROCESSO: (vs.26) “Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo.”

A parte da Mulher Samaritana no PROCESSO: (vs. 28) – “Deixou, pois, a mulher o seu cântaro, e foi à cidade, e disse àqueles homens”:

COMENTÁRIO (1):

PROCESSO = A experiência dela foi deixar tudo para anunciar a Jesus:

O que ela deixou? A sede, o poço, os maridos, a religião. Santificação é deixar tudo por Jesus.

Ela deixou o cântaro, porque ela passou a ser o vaso que levaria a água da vida aos homens de sua cidade. Este foi o resultado do encontro com Jesus.

 – ESCOLHA: “Deixou, pois, a mulher o seu cântaro, e foi à cidade, e disse àqueles homens”.

COMENTÁRIO (2):

ESCOLHA = O verbo “deixar” denota a aplicação de livre arbítrio nesta passagem, pois, este verbo denota uma Escolha. Abraão DEIXOU a sua terra e a sua parentela para atender ao chamado de Deus. Moises DEIXOU o Egito, porque escolheu servir a Deus e não ao mundo. (Gn 12:4 / Hb 11:27).

Nós só DEIXAMOS aquilo que não nos serve mais. Aquela mulher DEIXOU o cântaro após a experiência com Jesus, pois aquilo não tinha serventia mais para ela, porque aquele cântaro representava o peso do preconceito, do pecado, da carne, ou seja, uma fonte limitada de água que precisava ser renovada diversas vezes para saciar a sede fisiológica do homem, mas agora ela estava transformada e dentro dele havia uma fonte de águas VIVAS que jorrava para a vida eterna.” (vs.15)

==================================================

– IDENTIFICAÇÃO DO ATRIBUTO DA ONISCIÊNCIA NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA:

 – “porque tiveste cinco maridos e o que agora tens não é teu marido; isso disseste com verdade.” (vs.18)

– “Vinde e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito.” – (vs. 29)

COMENTÁRIO:

ONISCIÊNCIA = “era necessário passar por Samaria” – (vs. 4) = Havia um encontro marcado pelo Espírito Santo entre o Senhor Jesus e aquela mulher. Jesus já sabia que aquela mulher estaria ali e por isso era preciso passar por aquela cidade para encontrá-la e revelar-lhe seu plano de salva-la.

ONISCIÊNCIA = Vinde e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito.– Vs. 29 = Após a experiência com o Senhor Jesus, aquela mulher apresenta um Jesus que a conhecia e que, portanto era onisciente.

===================================================

– IDENTIFICAÇÃO DO ATRIBUTO DA ONIPRESENÇA NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA:

 – “Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo.” (vs.26)

COMENTÁRIO:

ONIPRESENÇA = Após a indagação daquela mulher sobre o Messias que viria, Jesus se apresentou como tal, mostrando estar presente, vivo e real, sendo o cumprimento vivo das profecias. A expressão “Eu Sou” era uma prova da onipresença de Deus no mundo na pessoa do Senhor Jesus, pois ele disse: Eu Sou o bom pastor, a luz do mundo, o pão da vida, a ressurreição e a vida, etc.

A onipresença de Jesus quando diz: “…falo contigo”, é porque mesmo indo para a eternidade ele continua falando conosco através do Seu Espirito Santo.

– “assentou-se assim junto da fonte”. (vs.6)

COMENTÁRIO:

ONIPRESENÇA = Mesmo antes de a mulher ter chegado ao poço Jesus já estava ali presente à espera dela para iniciar o diálogo com ela.

==================================================

– IDENTIFICAÇÃO DO ATRIBUTO DA ONIPOTÊNCIA NA EXPERIENCIA DA MULHER SAMARITANA:

– “És tu maior do que Jacó, o nosso pai…” (vs.12).

                                      

COMENTÁRIO:

ONIPOTÊNCIA = Jesus era maior que todos, pois Ele foi antes de Jacó e José, conforme João 8:58: “(…) antes que Abraão existisse, eu sou.”

Jesus, onipotente, era maior do que o Pai Jacó, porque quem bebe da água que Ele dá, nunca mais tem sede. (Vs. 14)

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email