Pular para o conteúdo

JOÃO 2:1-11 – O SEGUNDO VINHO

JOÃO 2:1-11 – O SEGUNDO VINHO

Introdução

Foi o primeiro milagre que Jesus operou.
O texto diz: “E ao terceiro dia…”, o que faz lembrar da morte e ressurreição de Jesus. “…Começaram as bodas…”. Como era de costume naquela época, a festa das bodas dava-se num determinado lugar, durante um certo período, depois os noivos iam embora para viverem em sua própria casa.

Então, ao terceiro dia começaram as bodas.

O primeiro Vinho (derramamento do Espírito Santo):

Foi servido o primeiro vinho (período da Igreja Apostólica), o derramamento do Espírito (primeiro milagre de Jesus), está relacionado com a história da Igreja.
As bodas começaram, a Igreja vive nas bodas, ela ainda não teve o encontro com o Senhor Jesus (o noivo), o encontro para a eternidade, ela não foi arrebatada, não é esposa ainda, ela é noiva, então, as bodas estão se processando. Veio o primeiro vinho, faltou o primeiro vinho, ou seja, com a falta dele, dizemos que o período apostólico havia desaparecido, os sinais, prodígios
e maravilhas. A Igreja passou um grande período sem vinho.

Maria vem e diz ao Senhor que havia faltado o vinho. Jesus responde: “Mulher, que tenho eu contigo?”. Mulher no Novo Testamento é tipo da Igreja infiel, pois a Igreja Fiel é sempre mostrada como noiva e não como mulher.
Quando Jesus responde à Maria desta forma, Ele aponta para um período que viria, em que a Igreja infiel tentaria mostrar ser dona D’Ele.

O segundo Vinho (Batismo com Espírito Santo):

Algum tempo depois, Jesus chamou os que estavam na festa e disse para eles encherem as seis talhas de água (houve um período em que só havia água), depois Jesus fez o milagre, transformando toda aquela água das seis talhas em vinho.
Houve o primeiro vinho, o primeiro derramamento do Espírito (Pentecostes) sobre a Igreja, e agora o último derramamento do Espírito sob a forma de Batismo com o Espírito Santo (as talhas que antes continham água, agora têm vinho) que é necessário para este último momento.
No período em que estamos vivendo, salvação não é feita só de água.
Nesta hora, o Batismo é com o Espírito Santo, porque não há mais água, tudo se transformou em vinho, ou seja, as pessoas aceitam o Senhor Jesus e Ele já batiza logo com o Espírito Santo, pois a festa não é mais de água, mas é de vinho.

O efeito do segundo Vinho (o sinal da vinda de Jesus):

Quando o mestre-sala (Espírito Santo) prova o vinho, Ele chama ao esposo (noivo – Jesus), ou seja, esse é o sinal da vinda de Jesus, o
derramamento do Espírito nesta última hora, conferindo com a profecia de Joel 2:28 que diz: “…nos últimos dias derramarei o meu Espírito sobre toda carne…”.
Primeiro foi o derramamento no Pentecostes, depois, “…antes que venha o grande e terrível dia do Senhor”, grande para a Igreja e terrível para o mundo.

Diz o texto que o último vinho era melhor do que o primeiro (vers. 10), o que não ocorre normalmente. Agora, no período do fim, o vinho é melhor e não vai faltar. O noivo pode vir, pois o sinal de sua vinda (derramamento do Espírito) já foi dado.
A Igreja agora vai viver bebendo vinho até ficar totalmente embriagada, e quando a Igreja ficar totalmente embriagada, ela vai cair nos braços do Senhor (arrebatamento).

Conclusão

Concluímos que a Igreja só será arrebatada quando ela estiver embriagada com o vinho do Espírito Santo que é o derramamento do Espírito nesta última hora.

Podemos então dizer que, baseado no que vimos até aqui, a diferença da Obra do Espírito para a tradição é: – Na Obra só há vinho e na tradição só há água. A tradição será contada com a mulher (Igreja infiel). O fato de a tradição não ter vinho é que muitos tem se dirigido para a Obra do Espírito.

A revelação maravilhosa que há nisto (derramamento do Espírito Santo – Batismo com o Espírito Santo nesta última hora) e a necessidade de isto acontecer é porque é o sinal da vinda do noivo; a água toda já foi transformada em vinho.
Existe o sinal para Israel (voltar para a pátria), o sinal para os gentios (a ciência se multiplicando e o pecado dominando todo o mundo), e o sinal para a Igreja fiel que é o derramamento do Espírito sob o aspecto de Batismo com o Espírito Santo para a vinda do noivo (Senhor Jesus).


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium

Mais conteúdo

A Riqueza das Bodas – Mateus 22:09

O Vinho novo – Marcos 2:18-22

O sinal do profeta Jonas – Mateus 12:38-39

Dai-me um sinal certo – Josué 2:12-13

A VOLTA DO SENHOR JESUS – Jo 14:1,2,3/17:24 e At 1:9 a 11