Onde está, ó morte, o teu aguilhão? – I Coríntios 15:55

Onde está, ó morte, o teu aguilhão?

Contribuição: I Coríntios 15:55

“Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?”

Para entendermos com mais profundidade esse texto, vamos usar um momento na vida de Davi, que todos conhecemos: o dia que ele venceu Golias, I Samuel 17.

Os filisteus se ajuntaram para guerrear contra Israel.
Golias, o campeão dos filisteus afrontou o exército de Israel durante quarenta dias e ninguém havia que pudesse combater contra ele e vencê-lo (I Samuel 17:16).

Golias tipifica a morte

Ela afrontou o homem durante muito tempo e ninguém havia que podia combater contra ela e vencê-la.

Saul e seu exército eram homens valentes, fiéis e vencedores nas batalhas, mas não podiam enfrentar esse tipo de adversário.

Golias tinha seis côvados e um palmo de altura; na cabeça trazia um capacete de bronze; vestia uma couraça de escamas que pesava cinco mil siclos de bronze; trazia grevas de bronze por cima dos pés e um escudo de bronze entre os ombros. A haste de sua lança era como o eixo do tecelão e a ponta de seiscentos siclos de ferro, e diante dele ia o escudeiro (I Samuel 17:4-7)
Essas coisas representam os argumentos da morte contra o homem, para mostrar que ela não pode ser vencida.

Jessé, tipo de Deus Pai, enviou seu filho Davi, tipo de Jesus, para ver como estavam seus irmãos na guerra, mandou que levasse pão para eles e voltasse trazendo notícias deles e deveria trazer um penhor para que seu pai tivesse certeza de que Davi havia estado verdadeiramente com seus irmãos e eles estavam bem (I Samuel 17:18).

Jesus foi enviado pelo Pai

Ele nos trouxe o verdadeiro pão do céu.
Veio para ver como estava o homem que Ele criou, e o encontrou oprimido por toda sorte de enfermidade, opressões e acima de tudo, afrontado pela morte.
Ao encontrar o homem que Ele tanto ama sujeito à morte, chorou (João 11:35).

Jesus estava interessado em conhecer a situação do homem para libertá-lo, curá-lo, restaurar sua comunhão com Deus, mas seus irmãos não o receberam bem. Desprezaram-no. Não o queriam por perto. Queriam que Ele voltasse ao Pai (I Samuel 17:28). O homem estava envergonhado de não poder combater essa batalha.

Davi disse: Que fiz eu agora?
Jesus disse: Por que me feres?

Davi tomou seu cajado na mão. Jesus veio como o bom pastor para cuidar do seu rebanho. Os cinco seixos tirados do ribeiro representam o ministério de Jesus.
Tirado das águas – significado do nome de Moisés; e a Palavra disse que O Senhor suscitaria um profeta como Moisés do meio de seus irmãos (conforme vimos em Deuteronômio 18:18).

A pedra que foi lançada é o próprio Senhor Jesus:
A pedra cortada na Eternidade, não por vontade do homem, mas pela misericórdia e amor de Deus (Daniel 2:34).

Golias zombou de Davi: Sou eu um cão, para vires contra mim com paus.
Profecia de que a morte seria vencida quando Jesus fosse pendurado no madeiro.

Sou eu um cão?

Na verdade, para Davi, Golias era menos que um cão – “Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?” (I Samuel 17:26)

A pedra se lhe encravou na testa, e caiu com seu rosto em terra.
“Esta te ferirá a cabeça.” (Gênesis 3:15)

Golias foi morto pela espada.
A Palavra o matou. (Apocalipse 19:13)

Davi venceu Golias. O gigante não representava nada para Davi.
O Senhor Jesus venceu a morte. A morte não é nada diante do autor da vida.
O texto de I Coríntios 15:55 zomba da morte: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”.

“Tragada foi a morte na vitória.” (I Coríntios 15:54)

Davi levou a cabeça de Golias para Jerusalém (I Samuel 17:54).
Davi levou o penhor pedido pelo seu pai – a garantia que os filhos estavam bem.
O Senhor Jesus também levou o penhor da nossa vitória – as vestes salpicadas de sangue foram apresentadas ao Pai (Gênesis 37:31-33) – sua morte foi a prova de que esteve com o homem.
E “subindo ao alto, levou cativo o cativeiro” (Efésios 4:8) e a vitória na ressurreição é a garantia de que os filhos estão bem.

Golias representava a morte e Davi cortou sua cabeça e a levou para mostrar ao pai que os irmãos estavam bem, porque ele havia acabado com a morte.
Jesus acabou com a morte.

“Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium
Faça login!

Mais conteúdo

Deus suprirá todas as nossas necessidades – Filipenses 4:19

Ester 4:16 – Se perecer, pereci

Se quiseres, podes purificar-me – Mateus 8:2-3

O Senhor é nossa Fortaleza – Salmos 46:1

A morte na panela – II Reis 4:38-41

Jesus, o bom amigo – João 15:15

Estudo Jovens – A Coroa da vida

João 14:1-6 – Não se turbe o vosso coração

Valentes e suas Características – I Crônicas 12:8

Eliseu e a Sunamita – II Reis 4:8-11

Chamada à santidade – I Pedro 1:13-16


Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário