Quem é esta que aparece como a alva do dia? – Cantares 6:10

QUEM É ESTA?

Cantares 6:10

“Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, imponente como um exército com bandeiras?” (Cânticos 6:10)

Esse livro de Cantares narra uma História de Amor, mas é o amor maior que é refletido na figura do Noivo, que é Jesus e a noiva que é a Igreja.

Neste versículo o Senhor compara a Igreja com os astros celestes. Ela aparece como a Alva do Dia (estrela da Manhã), é formosa como a Lua e é pura como o Sol.

O que o Espírito Santo quer deixar claro para nós através dessa comparação é que Ele mostra a igreja presente nas 24 horas do dia. Durante o dia o Sol (pureza), durante a noite a formosura (Lua)e pela madrugada o alvorecer da Estrela da Alva. Seja dia, noite, madrugada, viração do Dia a Igreja sempre está presente no período Profético.

O Senhor escreveu os tesouros da revelação no Céu Visível e no Céu da Eternidade. A história da Redenção está colocada ali também:

“Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há fala, nem palavras; não se lhes ouve a voz. Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras até os confins do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, que é qual noivo que sai do seu tálamo, e se alegra, como um herói, a correr a sua carreira.” Salmos 19:1-5

Quando contemplamos os astros celestes, o brilho das estrelas, o fulgor do Sol, vemos ali um mistério.

A Palavra de Deus mostra que o SENHOR é apresentado como o SOL, representa O SOL DA JUSTIÇA.

“Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo curas nas suas asas; e vós saireis e saltareis como bezerros da estrebaria.” Malaquias 4:2

Em gênesis 1:14
Deus mostra que estes astros celestes são para fazer divisão entre o dia e a noite. E a noite é o período de trevas, é o período do pecado; e o alvorecer do dia é o brilhar da presença do Senhor trazendo luz sobre todas as coisas.

Quando o Senhor Jesus esteve na Terra, podemos dizer que o dia estava em sua plenitude, porque o Astro-Rei estava vivendo aqui na Terra, o SOL DA JUSTIÇA brilhava aqui trazendo salvação. Ele mesmo diz:

“Respondeu-lhes Jesus: Podem porventura ficar tristes os convidados às núpcias, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, porém, em que lhes será tirado o noivo, e então hão de jejuar.” Mateus 9:15

Quando o Noivo estava entre nós, festejamos, alegramos! Há 2000 anos durante o seu ministério terreno o fulgor do Sol era pleno em nosso meio; quem estava ao lado do Sol (Jesus) estava sem problemas pois Ele resolvia todos! Estava enfermo? Era curado. Estava com lepra? Era limpo. Estava cego? Passava a enxergar. O mudo começava a falar. Tinha paralisia? Voltava a andar. Acabou de morrer? Ele ressuscitava; estava a caminho do cemitério? Ele ressuscitava também; estava enterrado morto há quatro dias? Voltava a viver também, porque Ele é o Príncipe da Vida, o Sol da justiça, o Dia Resplandecente!!!

Mas esse Noivo foi nos tirado deste espaço físico, passamos a orar e jejuar, tristes e saudosos, pois o Sol foi tirado, o Dia terminou e começou o período da Noite, caíram as trevas sobre a Terra.

Só que o Senhor não deixou a Terra sem iluminação. Durante o Dia, o Sol reina, mas quando a noite chega a Lua começa a brilhar e iluminar a Terra. Nesse período profético apresentado em Cantares 6:10, a Lua é a Igreja, é quem dá um raio de esperança para o mundo, pois fomos feitos Luz do mundo, somos o Farol que aponta o Caminho. De fato a igreja não tem luz própria, Ela não é o Sol, mas ela reflete a luz do Sol, porque o Senhor nos incumbiu de sermos a luz neste mundo: na escola, em casa, no trabalho, onde quer que estejamos.

A Lua passa por ciclos, por fases, e assim como a lua o servo de Deus também passa por fases. Deus tira o homem ímpio do mundo e coloca nesta “escola” fazendo-o passar pelas quatro fases da Lua (minguante, nova, crescente e cheia) para transformá-lo em um servo cheio do Espírito Santo.

FASE 1 – LUA MINGUANTE

Deus chama o homem lá no mundo e o faz passar na fase minguante, porque ele vem do mundo “cheio” (de contaminação). Minguar significa diminuir até desaparecer.

É esvaziar de si mesmo, porque antes estava como uma lua contaminada, cheia de coisas que desagradam ao Senhor, cheio de palavras torpes, costumes vãos, comportamentos tortuosos, pensamentos viciados… E o Senhor o faz minguar pois somente assim Deus pode fazer uma obra completa em seu coração. Tem primeiro que perder tudo o que ganhou do mundo.

“Ninguém põe remendo de pano novo em vestido velho… Nem se deita vinho novo em odres velhos” (Mateus 9:16,17)

“É necessário que Ele cresça e que eu diminua.” João 3:30

Minguante

Deus se revela aos corações humildes, que reconhecem que não tem valor, que chegou ao ponto zero. Quando Moisés caiu com a cara na areia do deserto do Sinais Deus começou a usá-lo.

FASE 2 – LUA NOVA

Uma fase maravilhosa na vida de um crente. As coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo (2 Coríntios 5:17) Os pensamentos agora são diferentes, as alegrias, as emoções, os planos e propósitos são todos diferentes. Agora se pisa em terreno sólido! O Senhor arrancou os seus pés do charco de lama do pecado e firmou seus pés sobre a Rocha!

Lua-nova

“Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. Pôs na minha boca um cântico novo, um hino ao nosso Deus; muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor.” Salmos 40:2,3

As provações vêm, as guerras mas o coração se encontra em paz. Os olhos se maravilha diante de tanta novidade de vida neste novo Caminho, essa Palavra Pura e Viva que vai transformando a vida: tudo se fez novo!

FASE 3 – LUA CRESCENTE

Esta fase representa o crescer na graça e no conhecimento do Senhor (2 Pedro 3:18).

Lembra da visão da Torrente de Águas purificadoras (Ezequiel 47)? Não se maravilhe pela visão da águas, é necessário entrar nelas, pois são as águas que mudam o caminhar do homem. As águas que batem nos joelhos e os levam à oração; as águas onde se submergem e são levados à planos superiores na presença de Deus. Nesta fase o homem convertido começa a aprender mais sobre o nosso Deus, e as lições de Deus não são teóricas, elas são práticas.

Aprende-se a andar com Deus. Caminhando com Deus aprende-se a conhecê-lo! Jó disse depois da ardente provação:

“Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos”. Jó 42:5

Crescente

Andando com Deus, cada dia Ele os permite conhecer uma faceta diferente, Ele vai se revelando de formas novas e extraordinárias.

O crescimento vai acontecendo pouco a pouco, não é do dia para noite. As fases da lua duram sete dias cada uma, e sete fala de um ciclo perfeito de Deus. Para uma pessoa uma fase pode durar meses, para outra pode durar anos, mas o que importa é que Deus sabe o tempo adequado para trabalhar a fase de qualquer pessoa e fazê-la crescer.

FASE 4 – LUA CHEIA

“E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito” Efésios 5:18

Essa fase é maravilhosa. Como é lindo ver uma pessoa totalmente submersa nas águas do Espírito, como um vaso que se coloca debaixo da goteira de azeite. O rosto traz o reflexo da glória do Senhor.

Moisés ficou 40 dias e 40 noites no Monte com Deus, recebendo a Palavra de Deus e quando desceu o seu rosto resplandecia de luz.

Lua-cheia orando-com-fé

Nesta fase a pessoa fica totalmente entregue ao governo do Espírito Santo na sua vida, ela vive os propósitos de Deus, ouve sua voz e obedece ao seu falar em todo tempo. Está sempre disposta para realizar os planos de Deus diariamente, ouvindo a Deus e discernindo todas as coisas. Totalmente submisso a Palavra de Deus. Busca a Deus constantemente.

Abundante no fruto e dons do Espírito para toda boa obra, sendo frutífero no Reino de Deus.

ECLIPSE DA LUA
Existe um fenômeno que ocorre com a Lua no Céu e chama muito a atenção: o eclipse! O evento envolve o Sol, a Lua e a Terra. O Sol reflete na lua a sua gloriosa luz, e a lua reflete na terra.

Mas quando o fenômeno do Eclipse acontece é quando a Terra se coloca entre o Sol e a Lua.

Eclipse

Esse fenômeno acontece quando “o mundo” entra na comunhão entre a Lua e o Sol (o homem e Deus), e a agora a lua recebe a sombra da terra e entra em trevas… Independente da fase espiritual que o homem esteja, quando o mundo e sua concupiscência entra novamente na comunhão entre o homem e seu Deus, ele volta a ficar em trevas.

Há muitos crentes assim, apagados, sem a luz no rosto… a conversa começa a mudar de tom, o vocabulário se enche de palavras pífias, o modo de se comportar, de se vestir, os lugares que passa a freqüentar, as coisas que começa a assistir… Perde-se a comunhão e deixa o mundo infiltrar.

Um eclipse não acontece de repente, ele vem aos poucos, assim também na vida espiritual, a luz vai esvaindo e as trevas vão chegando gradativamente. “Um abismo chama outro abismo…” Salmos 42:7

A luz que outrora brilhará vai se esvaindo, e as sombras caem sobre essa Lua que um dia o Senhor trabalhou para fazê-la Farol de Glória e de Benção.

Noiva

O SENHOR quer que passemos pelas fases e cheguemos a última fase, cheios do Espírito Santo no qual fostes selados para o dia da redenção.(Efésios 4:30)


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium
Faça login!

Ou cadastre-se AQUI para copiar o conteúdo

Mais conteúdo

Louco! Esta noite te pedirão a tua alma – Lucas 12:20

Você sabia que Jacó não teve que esperar 14 anos para casar- se com Raquel?

Estudo Bíblico – A Prática da Palavra, Mateus 7:24-27

As Capas de Estevão – Palavra aos Jovens

A que você está apegado? – Jó 27:6

Profeta Jonas – Mateus 16:17

O Senhor é nossa Fortaleza – Salmos 46:1

E estive ali três dias – Neemias 2:11

Porque vais a Jesus?

Nosso Redentor vive e voltará – Jó 19:25


Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário