“SE O SENHOR SE AGRADAR DE NÓS” – Números 14.7-8

SE O SENHOR SE AGRADAR DE NÓS

Números 14.7-8

“E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muito boa. Se o SENHOR se agradar de nós, então, nos porá nesta terra e no-la dará, terra que mana leite e mel”.

I – INTRODUÇÃO:

               O momento era de grande expectativa, era uma nova etapa. As experiências trazidas do deserto eram: a dependência do Senhor, do milagre: a nuvem, a coluna de fogo, o maná, a água que brotou da rocha, as águas de Mara, dentre outros milagres que o povo pode vivenciar.

               Agora era a tomada da terra onde havia muitos obstáculos, mas era a terra da promessa, uma vez mais teriam que viver do milagre: o milagre de entrar na terra e possuí-la.

Ler mais“SE O SENHOR SE AGRADAR DE NÓS” – Números 14.7-8

Esboço bíblico – Aquele que dá a semente em II Cor. 9:10

darsemente

Aquele que dá a semente II Cor. 9:10 – “Ora, aquele que dá a semente ao que semeia e pão para comer também multiplicará a vossa sementeira e aumentará os frutos da vossa justiça”; Aquele que dá a semente: O Pai que nos deu Jesus. Dá semente ao que semeia: Anunciar a Jesus é a … Ler maisEsboço bíblico – Aquele que dá a semente em II Cor. 9:10

AS RAPOSINHAS NAS VINHAS – Cantares 2:15

raposass

 

raposassAS RAPOSINHAS NAS VINHAS

Cantares 2:15

1 – INTRODUÇÃO – A Palavra de Deus fala muito a respeito da VINHA. Ela tinha uma grande importância na vida do povo de Israel, pois muitas famílias dependiam diretamente dela para sobreviver. A vinha era tão importante que Deus proibiu que ela fosse vendida a outras pessoas, mas que seria deixada como herança de pai para filho por muitas gerações. Quando um pai possuía uma vinha, envolvia toda sua família no trabalho de cultivo da mesma, e o Senhor Jesus mostrou isso na parábola dos dois filhos (Mt 21:28-30).

2 – DESENVOLVIMENTO – A vinha tinha muitos inimigos. Em I Re 21:2 a Bíblia mostra como o rei Acabe (tipo do adversário) cobiçou a vinha de Nabote (servo) para a destruir. Outro inimigo igualmente perigoso é a raposa. Ela costuma atacar a vinha para comer o seu fruto, e às vezes nem espera o fruto, mas vai e devora a sua flor, de modo que o fruto nunca surge. O grande problema da raposa é que, por causa de sua aparência de bichinho inofensivo e gracioso, muitas vezes as pessoas toleram sua presença e não cuidam de afugentá-las para longe.

Ler maisAS RAPOSINHAS NAS VINHAS – Cantares 2:15

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL – Sl 137:1-6

 

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL

Sl 137:1-6 (vs. 4);... Mas como entoaremos o
cântico do Senhor em terra estranha?


1 - INTRODUÇÃO


· O salmista fala da situação daqueles que foram levados ao cativeiro da Babilônia, após a destruição de Jerusalém;
· Ali estavam desprovidos do templo, portanto do perdão dos pecados, e longe de Jerusalém, sem condições de retornar;
· O profeta Jeremias canta uma lamentação profunda, demonstrando a situação deplorável do povo do Senhor, vendido nas mãos de sues inimigos; e diz que não tinham mais poder sobre suas vidas, nem de seus familiares;
· Ao cabo de tempo, alguns se afeiçoaram à vida da terra estranha, se estabelecendo e se confortando totalmente com a vida babilônica.

Ler maisLOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL – Sl 137:1-6

Novidades do site

Assine e confirme no seu email