Gênesis 15: 7 a 12 e 18 – Abraão, uma vida dedicada a Deus.

Abraão, uma vida dedicada a Deus.

Gênesis 15: 7 a 12 e 18

INTRODUÇÃO – Abraão é símbolo desta obra. Deus tirou de sua terra e da sua parentela e o chamou para viver uma nova experiência de vida.

DESENVOLVIMENTO – Assim como aconteceu com Abraão, também fomos chamados e escolhidos para estarmos nesta Obra, para vivermos um grande projeto.

Com Abraão foi assim: Não tinha filhos, porém a promessa e que seria pai de uma grande nação. Ele queria saber como herdar esta promessa, pois tudo dependeria de um milagre.

Leia maisGênesis 15: 7 a 12 e 18 – Abraão, uma vida dedicada a Deus.

0 Comentários

Jeremias 51: 5 “Porque Israel e Judá não foram abandonados do seu Deus, do Senhor dos Exércitos…”.

   “Porque Israel e Judá não foram abandonados do seu Deus, do Senhor dos Exércitos…”

Jeremias 51: 5  

Introdução:

O Senhor se apresenta ao seu povo ratificando que: “Israel e Judá não formam abandonados do seu Deus”, e qual a razão ou o motivo de Deus enfatiza isto para eles? Era porque Deus na sua onisciência, como Deus que sonda e conhece as mentes e corações, viu que havia em muitos uma insegurança de que teriam sido abandonados. O cativeiro babilônico durou cerca de 70 anos, nesses anos vividos no cativeiro; longe do seu lar e da sua pátria, o povo se viu cercados por uma cultura religiosa que era totalmente contrária a sua fé e aos ensinamentos do Senhor. Esses anos no cativeiro babilônico se encarregaram de tirar do coração de muitos o desejo e a esperança de um dia retornarem a sua pátria que era Jerusalém, esquecendo que babilônia não era o seu lugar.

Leia maisJeremias 51: 5 “Porque Israel e Judá não foram abandonados do seu Deus, do Senhor dos Exércitos…”.

0 Comentários