Viúva pobre

MARCOS 12: 41 a 44

INTRODUÇÃO – A história fala de uma viúva pobre, que ofertou duas pequenas moedas que vale 1 quadrante, ou seja, 1 centavo em moeda brasileira.
Uma pergunta: Porque 1 centavo chamou a atenção do Senhor, e o levou a fazer aquele comentário valorizando mais isto do que tudo os que outros lançaram juntos?
O que fez este 1 centavo a valer tanto para o Senhor? (Quem abaixa na rua e pega 1 centavo?).
Isso representou e valeu muito para Jesus, que observou que muitos lançavam e alguns faziam até questão de mostrar o que estavam dando, mas aquela pobre viúva (sozinha sem esposo) deitou duas pequenas moedas, que valiam 1 quadrante.

DESENVOLVIMENTO – Jesus chamou os discípulos e disse: “Esta pobre viúva deitou tudo o que tinha”.
Para muitos talvez isto não tenha valor, mas para ela tinha um grande valor, maior ainda para o Senhor que estava ali observando todas as coisas.
Esta da sua pobreza, da sua necessidade, do seu sofrimento, deitou tudo que tinha, todo o seu sustento.
Aqui nos vemos o que é Obra como forma de vida, o que é a pessoa entender o projeto de Deus para a sua vida e acima de tudo: “O QUE É DEDICAÇÃO”

Ela não se preocupou com o outro dia, não se preocupou absolutamente com nada. Mas ela entregou ao Senhor tudo o que ela tinha. Ela se desfez de tudo o que ela tinha, entregando o Senhor.
Muitas vezes nós também ao comparecermos diante do Senhor, nos não valorizamos certas coisas na nossa vida. Mas tudo aquilo que nos fazemos na obra do Senhor, na sua presença, tudo aquilo que dedicamos e ofertamos ao Senhor é em reconhecimento pelo seu sacrifício, por todo este projeto que nos foi revelado. Duas moedas falam daquilo que dedicamos em comunhão (dois sempre fala de comunhão).
Aquelas moedas para muitos não tinham valor nenhum. Tem pessoas que conseguem tirar de sua preocupação da sua necessidade uma comunhão, e elas vem trazendo a comunhão. Para muitos isto vale absolutamente nada. Mas é exatamente isto que atrai o olhar do Senhor. É exatamente isto que sensibiliza o Senhor e que o Senhor valoriza na vida do homem que está dentro deste projeto. UMA DEDICAÇÃO VOLUNTÁRIA, uma ENTREGA PESSOAL total diante do Senhor.

O que você trouxe hoje para o Senhor, a sua necessidade ou você trouxe aquilo que sobrava? Muitos pensam que evangelho é vivido da seguinte forma: Não se tinha nada o que fazer então? Vou a igreja!

Tem muitos aí fora pensando assim: Que ir a igreja é um acontecimento social. Mas existe um povo que vem a presença do Senhor trazendo apenas aquilo que elas têm: Duas pequenas moedas. O Senhor está sempre pronto para receber a sua oferta a sua dedicação, isso vale muito. É exatamente isto que nós precisamos fazer diante do Senhor.
Para o Senhor o que valeu, era aquilo que estava no coração daquela mulher. Uma pobre viúva. Ele sabia perfeitamente que ela estava entregando tudo aquilo que ela tinha.

Muitas vezes nós estamos na casa do Senhor e não entregamos tudo aquilo que temos. Saímos da casa do Senhor sobrando algo, e achamos que fizemos o máximo. Vim à igreja hoje!
As vezes é alguém que entra na casa do Senhor trazendo consigo algo que não agrada o Senhor e saiu da igreja e foi para casa com esta sobra na vida dele. Mas com aquela mulher não, ela foi e disse assim: “Eu vou e tenho que entregar tudo ao Senhor, tudo o que eu tenho”. Porque ela foi com a consciência que naquela dedicação o Senhor seria a sua providencia, o Senhor seria o seu sustento, o Senhor seria a sua ajuda, porque o Senhor é aquele que tem a benção em suas mãos para lhe dar. É justamente isto que nós precisamos fazer todas as vezes que comparecermos diante da Arca do Tesouro todas as noites. Entregar tudo aquilo que temos.

CONCLUSÃO – A Arca do Tesouro fala exatamente do vir à presença do Senhor, comparecer diante do Senhor. Nós estamos hoje diante da Arca do Senhor, o Senhor está aqui, e ele está contemplando os nossos corações. O que vamos deixar hoje diante da Arca do Tesouro? Isto que é interessante: Virmos à casa do Senhor e estarmos de acordo com aquilo que está programado na eternidade. É exatamente isto que agrada o Senhor, virmos a sua casa movidos com um sentimento de dedicação, de agradecimento ao Senhor e de dizer ao Senhor:

“Está aqui todo o meu sustento”.

 

Espalhe o Portal Revelação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *