Neemias 2:12 – E de noite me levantei

Neemias 2:12 – E de noite me levantei

“E de noite me levantei, eu e poucos homens comigo, e não declarei a ninguém o que o meu Deus me pôs no coração para fazer em Jerusalém: e não havia comigo animal algum, senão aquele em que estava montado.” Neemias 2:12

Jerusalém sem os muros:

Situação do evangelho na vida de muitos nos dias de hoje, sem separação, sem santificação, onde muitos fazem o que querem, sem temor ao Senhor. Como está nossa vida espiritual, nossos muros? O que tem entrado em nossa vida, nossa mente?

De noite me levantei:

A noite fala do momento profético em que estamos vivendo, de densas trevas, que antecede a volta de Jesus. É preciso buscar, levantar espiritualmente:orar, buscar, para nossa restauração e sermos ajudados em tempo oportuno.

Não declarei a ninguém:

No corpo está o segredo. Não é o que eu falo, mas o que o Espírito Santo está revelando para o nosso coração. O que Deus colocou em seu coração para fazer na obra? Obra na sua casa, na sua vida, no seu casamento.

Poucos homens:

São os Fiéis, os que realmente querem uma bênção. A obra é de poucos.

Não havia comigo animal algum:

Parte animal, parte humana das nossas vidas, nossa razão, que é usada para realizar a obra, mas deve estar sob o controle do Espírito Santo. Desde estar nas rédeas do Senhor. Ser controlado pelo Espírito Santo. Não é a minha vontade que prevalece, mas o governo do Espírito Santo na minha vida.

Porta do Vale:

O Vale fala de um lugar baixo. Nesta hora em que Deus quer nos restaurar e nos preparar para o arrebatamento, é necessário descer da nossa vaidade, da nossa razão e nos humilhar perante Ele. Devemos conhecer a nossa própria realidade.

Fonte do Dragão:

Aquilo que vem do adversário nesta ultima hora para nos enganar, para atingir a nossa mente. A fonte do Dragão tem que sair da nossa vida. São as mentiras, os falsos ensinos, a ação da carne.

Porta do Monturo:

Local onde o lixo era jogado para fora e queimado. É preciso por para fora da nossa vida tudo o que não presta, que não edifica. Necessário deixar o fogo do Espírito Santo queimar.


Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email