JESUS NO NOVO TESTAMENTO

JESUS NO NOVO TESTAMENTO

No Novo Testamento nós também vamos encontrar a figura de Jesus, especialmente nos evangelhos, que identificam o Senhor Jesus como rei, como profeta, como sacerdote e como homem.

COMO REI

O livro de Mateus mostra o Senhor Jesus como rei. Podemos abrir em qualquer texto deste livro e veremos Jesus como rei.

Exemplo: Então Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo diabo. (Mt. 4:1)

Este texto que foi lido está relacionado com um rei verdadeiro porque quando o adversário tenta Jesus no deserto, o que ele queria era o reino de Jesus, mas o reino do Senhor não é o reino que o adversário pregava, o reino de Jesus é um reino diferente, único, ímpar, singular.

Quais são as características do reino de Jesus?

1) O reino de Jesus não é deste mundo.

Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles. ( Mt. 4:8 )

O que o adversário ofereceu a Jesus no deserto?

Ele ofereceu pão, o mesmo pão que ele oferece ainda hoje, o pão da padaria, o pão que perece.

Quem passa ali no deserto, onde está o monte da tentação, vai ver uma coisa interessante. O tentador disse: Manda que estas pedras se tornem em pães. ( Mt. 4:3 )

Por que as pedras?

Porque as pedras daquele lugar são achatadas, redondas e grandes, elas não são seixos, não são pedras pequenas, elas são grandes, semelhantes ao pão árabe, por isso ele mostrou as pedras, exatamente porque elas têm o formato de um pão.

2) O reino de Jesus não é para os vaidosos.

E amam os primeiros lugares nas ceias e as primeiras cadeiras nas sinagogas, e as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens: Rabi, Rabi ( Mt. 23:6 e 7 )

O adversário tentou a Jesus no deserto para desviar o sentido do reino, ele pensou que iria fazer com Jesus o mesmo que ele faz com a carne do homem, ele coloca a vaidade e o homem aceita.

3) O reino de Jesus é de ensino.

E aconteceu que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles. ( Mt. 11:1 )

O reino de Jesus é um reino de ensino, onde as pessoas que fazem parte dele têm que estar sendo instruídas, ensinadas pelo Mestre. O trabalho dele era ensinar e continua sendo. Se for um reino que não é de ensino, não é de pregar, então não é o reino de Jesus.

4) O reino de Jesus é dinâmico.

E aconteceu que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles. ( Mt. 11:1 )

Vemos que Jesus estava com seus discípulos e depois partiu para outras cidades para ensinar e pregar. Este é o reino onde a cada dia Deus tem algo para realizar, é a sua obra, um plano aqui, outro ali, não há desperdício de tempo, tudo é dinâmico, nada pára porque o Senhor Jesus nunca esteve parado, Ele não tinha onde reclinar a sua cabeça, e ainda hoje Ele continua trabalhando, Ele está sempre realizando alguma coisa.

5) O reino de Jesus é para os humildes.

E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. ( Mt. 8:20 )

O reino de Jesus é um reino para os humildes, onde o rei está abaixo de todos, Ele não está procurando um lugar especial para apresentar-se. Esse reino não tem e nem precisa de aparência, o rei não precisa estar num palácio, Ele pode não ter onde reclinar a sua cabeça porque este é um reino espiritual, por isso não necessita de aparência. Olha, está chegando o rei! Vai correndo, onde estão os soldados? E os batedores? Soltem os foguetes.

6) O reino de Jesus é profético.

E quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. ( Mt. 24:1 )

É um reino profético, é um reino em que o rei não está preocupado com aquilo que preocupa as pessoas.

De fato, a construção de Salomão era algo notável, era uma das maravilhas da época e por isso os discípulos queriam mostrá-la a Jesus: Senhor, está vendo que coisa linda? Mas o que foi que o Senhor respondeu?

Ele disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. ( Mt. 24:2 )

Essas estruturas não têm influência no reino, essas coisas não significam nada para o rei, esse prédio aqui como estrutura não tem importância, mas como o número de pessoas vai aumentando, é preciso ampliar para dar mais segurança e conforto, apenas isso.

7) O reino de Jesus é único, é ímpar, é singular.

O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher toma e introduz em três medidas de farinha, até que tudo esteja levedado. ( Mt. 13:33 )

Este reino não pode ser misturado com nada, não pode haver misturas neste reino.

Quando a mulher pega o fermento e o coloca nas três medidas de farinha, que é a Trindade, ela levedou toda a massa, estragou tudo. Essa mulher é tipo da Igreja Infiel, aquela que não tem direito ao reino, ela destruiu tudo porque o alimento não é o fermento, o alimento é o trigo. O fermento é ilusão, com ele o pão fica estofado, incha, mas não alimenta.

8) O reino de Jesus não é para glorificar o homem.

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. ( Mt. 5:16 )

Neste reino, se começarem a dizer: Olha lá, que pastor abençoado, o pastor está perdido, porque neste reino, a glória não é para o homem, ninguém está fazendo nada aqui para satisfazer o homem, para agradar o homem.

A Igreja do Senhor está aqui, o corpo de Cristo está aqui, na alegria do Espírito, está recebendo a mensagem. Mas de onde veio a mensagem? Ela veio do Senhor, do Espírito Santo, Se não for do Espírito, que alegria os irmãos terão? Nenhuma, o que pode acontecer é ficarem entusiasmados com o homem, só isso.

Tem gente que consegue ficar falando por meia hora sem dizer rigorosamente nada e todo o mundo fica gostando: Viu só que cultura? E é Nabucodonosor, é Assurbanipal, é Assaradão, é um negócio para assar mesmo.

Creio que estes textos foram suficientes, todos descobriram Jesus como um corpo. Não tem mensagem hoje? Vai no evangelho de Mateus, você vai encontrar tudo sobre o reino, todas as parábolas estão lá.

Em Marcos e em Lucas também vamos encontrar algumas referências, mas é no evangelho de Mateus que Jesus é apresentado como Rei.

COMO HOMEM

Quando Deus quis apresentar Jesus no Novo Testamento, qual dessas figuras Ele elegeu como a principal: a de rei, a de profeta, a de sacerdote ou a de homem? Com qual delas o Senhor Deus escolheu para caracterizar a pessoa de Jesus? Em qual figura Ele centralizou a pessoa de Jesus?

Foi na figura do homem. Todo o projeto de Deus foi apresentar Jesus, no Novo Testamento, como homem. Por quê?

Porque no Velho Testamento Ele é apresentado como rei, como profeta e como sacerdote. É claro que vamos encontrar Jesus no Velho Testamento também como homem, mas teremos alguma dificuldade para isso porque este é um projeto antecipado de Deus para mostrar Jesus à Igreja no Novo Testamento, esse projeto é em cima do homem Jesus.

Jesus, como homem, é a figura que soma, que incorpora todos os objetivos de Deus para o homem perfeito. Todas as figuras no Velho Testamento, tais como: Abraão, Isaque, Jacó, José, Davi, etc (naquilo em que não pecaram, naquilo em que não erraram), somadas, totalizam a pessoa de Jesus, o homem perfeito. Ele agrada a Deus e é por isso que a Igreja está firmada nele, porque a Igreja, como corpo de Cristo, é também perfeita.

Jesus é apresentado como o homem perfeito

Em I Jo. 4:1 a 3 lemos: Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus.; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; e todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne, não é de Deus, mas este é o espírito do anti-cristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que está já no mundo.

Isto é uma prova. Se a pessoa disser que Jesus veio em espírito, quem está falando ali é o adversário, mas se disser que Jesus veio em carne, trata-se de um filho de Deus porque a Palavra diz que todo aquele que confessar que Jesus veio em carne, é filho de Deus. Por quê?

Porque em carne é o homem Jesus, é a figura humana de Jesus. Deus quer que a Igreja veja Jesus como homem.

Se você descobre no Velho Testamento o homem Jesus, então você entendeu toda a revelação, você penetrou no mistério, porque Jesus homem é um mistério através do qual Deus vai falar diretamente ao seu povo.

 Jesus é o Verbo encarnado

No Velho testamento Deus falou através de figuras, mas nos últimos tempos Ele tem falado pelo seu Filho Jesus, Ele fala pelo Verbo ( No Princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. – Jo. 1:1 ).  Jesus é o Verbo encarnado, nisto consiste o grande mistério que não foi revelado ao mundo, mas foi revelado para nós. É Jesus em nós, é aquilo que Paulo disse aos colossenses: …Cristo em vós, esperança da glória. (Cl. 1:27). É Jesus vivendo no meio do seu povo, na Igreja e é por isso que a Igreja, como corpo, tem a grande responsabilidade de fazer aquilo que o cabeça está mandando.

Imagine que a minha cabeça está mandando que eu pegue este vaso, mas eu decido chutá-lo em vez de pegá-lo. Mas que negócio é esse? O que nós teremos? Teremos dois cérebros funcionando no mesmo corpo?

Parece que sim, mas um deles está com a luz apagada e o outro está com a luz acesa; um está funcionando em obediência, normalmente, e o outro não, donde se conclui que eu não estou bom da cabeça, não é mesmo?

É por isso que é necessário o aperfeiçoamento da Igreja, a perfeição do corpo de Cristo, Ele se manifesta, há determinação do Espírito Santo. Toda a nossa preocupação está voltada para isso, não adianta inovar.

O Senhor quis mostrar no Novo Testamento, Deus encarnado, o Verbo, a Palavra como carne. É uma coisa notável, não dá para entender pela razão, é um mistério, algo maravilhoso, é Jesus, o homem, o homem Jesus.

Conclusão

Irmãos, para nós, a figura de Jesus está explícita no Velho Testamento, ela não está oculta e isso porque nós estamos aos pés do Senhor, buscando a resposta para o enigma. A Igreja Fiel está chorando para que o segredo seja revelado e o mistério seja conhecido nesta última hora, ao pôr-do-sol. É a profecia de Sansão.

Amém.


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium

Mais conteúdo

Jesus no Velho Testamento

João 7:46 – Ninguém falou como este homem

Quem diz o povo ser o Filho do Homem? – Mt 16:13

Onde está o Cordeiro – Gênesis 22:7

JESUS, O FILHO DO HOMEM – SALMOS 80: 17


Rolar para cima