A maturidade do Obreiro – 1 Reis 2:2

A MATURIDADE DO OBREIRO

1 Reis 2:2 “Eu vou pelo caminho de toda a terra; esforça-te, pois, e sê homem.”

 

INTRODUÇÃO

Este era um momento muito importante na vida de Salomão. Davi chama o filho para transmitir- lhe a herança. A herança de um reino.

DESENVOLVIMENTO

Neste momento tão especial na vida de Salomão, podemos fazer um paralelo profético daquilo que foi dado aos obreiros desta Obra.

O Reino

Salomão era jovem, mas estava recebendo por herança do pai um reino. Reino esse que ele recebeu sem construir nada. Salomão já recebeu tudo pronto o reino que seu pai Davi sofreu para construir.

Nós também recebemos uma herança do Pai: A responsabilidade de cuidar de uma Obra. O Pai nos chamou e confiou-nos sua Obra, mas nós nada fizemos para merecê-la. Ele nos escolheu pela sua graça. Ele nos entregou uma Obra que custou o sangue do seu Filho. Ele mesmo fez tudo e nos entregou tudo pronto.

“E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.” Apocalipse 1:6

Vemos que, de tantas coisas que Davi poderia dizer a Salomão, ele considerou que duas eram fundamentais para que o reino fosse preservado.

1)  Esforça-te

Davi dá duas orientações a Salomão. A primeira é ESFORÇA-TE. Salomão deveria se esforçar para conduzir o reino, para guardar a herança.

Desde que conhecemos esta Obra, aprendemos que é preciso se esforçar para realizá-la. Aprendemos que as vitórias no tocante ao crescimento desta Obra vem com esforço. A Obra chegou até nós pelo esforço de muitos dos nossos irmãos. Pelas orações, lágrimas e consagrações.

A vida de Salomão deveria ter esforço todos os dias. Quando um servo é chamado por Deus para realizar esta Obra, ele precisa entender que esta palavra (esforço), vai fazer parte do seu dia-a-dia. É a busca, a renúncia, o compromisso com o seu chamado. Não há como realizar a Obra de Deus sem esforço. Muitos já esqueceram esta palavra.

” Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele.” Mateus 11:12 (NVI)

2)  Sê homem

Davi requer de Salomão uma postura e, através do seu comprometimento com essa postura, ia ser gerado nele uma estrutura.

Meus irmãos, o Senhor conta com HOMENS. Homens definidos, destemidos, corajosos, comprometidos, subordinados e que não voltem atrás.

Esta maturidade não está apenas relacionada com o tempo, mas com o compromisso. É uma escolha.

Quando somos chamados para realizar esta Obra, podemos escolher como iremos nos portar, e dependendo desta escolha o rebanho vai ter um conceito sobre nós.

“Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.” 1 Coríntios 13:11

O Espírito Santo espera não só que amadureçamos, mas que busquemos este amadurecimento.

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” 2 Timóteo 2:15

 

Alguns aspectos da maturidade do obreiro:

  1. Comprometimento

“Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.” 2 Timóteo 2:4

b)  Pontualidade

“Não sejais vagarosos no cuidado” Romanos 12:11a

c)  Postura

“E Davi se conduzia com prudência em todos os seus caminhos, e o SENHOR era com ele.” 1 Samuel 18:14

d)  Responsabilidade

“E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?” Neemias 6:3

e)  Testemunho

“E Estêvão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.” Atos 6:8

f)  Humildade

“E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;” 2 Timóteo 2:24

CONCLUSÃO

A medida que nos esforçarmos, alcançaremos a maturidade que o Espírito Santo deseja.

 

Gostou? Então compatilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *