Vejo os homens como árvores! – Marcos 8:22-25

Contribuição: Marcos 8:22-25
“Vejo os homens!”

Desenvolvimento

Existem dois defeitos humanos, entre outros tantos, que impedem o homem de viver a obra do Senhor: A cegueira e o coxear.

A cegueira

A cegueira é provocada pela ausência de luz. Os olhos não são capazes de captar a luz para que o cérebro processe e forme as imagens que o homem verá.
O coxo não tem firmeza para estar de pé, não pode andar como as demais pessoas e muito menos na mesma velocidade.

O cego não vê o caminho, o coxo vê, mas não consegue trilhar por ele.
Lembramos os queridos do texto de 2 Samuel 5:6 e 8: O primeiro ato de Davi após assumir o trono de Israel foi combater contra os cegos e os coxos que habitavam em Jerusalém, porque eles não queriam que Davi governasse sobre eles. Após expulsá-los, Davi construiu ali a sua fortaleza e habitou naquele lugar. (2 Samuel 5:9)

A cegueira espiritual é a enfermidade que impede o homem de ver o Senhor e somente por uma ação do Espírito Santo ele pode ser curado.
O Senhor Jesus só é conhecido por aqueles a quem O Espírito Santo quer revelar (Lucas 10:22).

A revelação

A revelação é como a luz que expulsa todas as trevas, e foi essa a experiência de Saulo, quando ia para a Síria: a luz brilhou no seu caminho; revelou Jesus e ele viu que era cego até então (Atos 9).
A primeira “coisa” que Saulo viu depois dessa luz brilhar foi O Senhor Jesus – esse é o efeito da revelação sobre o homem.

O coxear espiritual é a inconstância

Se o cego é aquele que não conhece ao Senhor, o coxo tipifica o que O conhece, mas não se define. Elias perguntou ao povo de Israel que hora servia ao Senhor, hora servia a Baal: “até quando coxeareis entre dois pensamentos?” (I Reis 18:21).

Os coxos e os cegos não querem o governo de Deus em suas vidas.
A palavra diz que tudo o que Jesus fez, fez perfeitamente.
Então, por que aquele cego não foi perfeitamente curado na imposição de mãos do Senhor? Para nosso ensino e salvação!

O homem que não conhece ao Senhor é cego.
Quando ele tem a oportunidade de conhecer ao Senhor, muitas vezes é por intermédio de um pregador, evangelista, cantor cristão etc.
É comum esse homem ser tocado pelo Espírito Santo e desejar servir ao Senhor, mas também é muito comum ele ficar ligado àquele que lhe apresentou o Senhor.

No texto, Jesus estava à frente do homem e lhe perguntou o que ele via.
Ele disse que via homens como árvores que andam.
Já não era cego, mas não estava vendo direito.
Homens não são árvores e árvores não andam.

O homem foi curado, mas isso não significava ter tido uma experiência de salvação.
Por isso muitas pessoas são curadas, recebem bênçãos e até foram ressurretas, mas não permanecem na presença do Senhor.

É preciso um segundo toque

Esse segundo toque é a revelação de Jesus.
Jesus estava diante dele e ele via homens. O homem verdadeiramente é curado quando começa a ver Jesus. No segundo toque Jesus o fez olhar para cima – olhar para o que é profético e não terreno (Marcos 8:25b).

Por isso existem muitos crentes que claudicam em sua caminhada (são coxos), porque ainda lhes falta o segundo toque, para que veja com clareza, distinguindo o que é o homem e quem é Jesus (Marcos 8:25d).
No ministério de Jesus, ele curou muitos cegos e muitos coxos (Mateus 15:30).
“E foram ter com Ele no templo cegos e coxos, e curou-os.” (Mateus 21:14)


botaodownload

Mais conteúdo

Por que aquele homem nasceu cego? – João 9:1-7

Tocai a Trombeta na festa da lua nova

Jesus perante Pilatos – Mateus 27:11-24

Os atributos de Deus – Tiago 5:16

A resplandecente estrela da manhã – Apocalipse 22:16

A Cura dos Três Cegos – Mateus 4:16

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora – Provérbios 4:18

Eis o noivo! saí ao seu encontro – Mateus 25:6

A rocha ferida – Números 20:8

Onde está o Cordeiro – Gênesis 22:7

A semente do Evangelho de Jesus Cristo – Gálatas 1:11-12

A vara de Arão floresce – Números 17:6–9


Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário