Estejam cingidos os vossos lombos

  

 “Estejam cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias;”

Texto: Lucas 12:35

Introdução

A Bíblia se refere aos “últimos dias” ou “fim dos tempos” como um tempo profético que antecede a vinda do Senhor Jesus e que é chamado de “noite”.

 O Senhor Jesus ao se referir a sua vinda exorta os seus discípulos à vigilância, já que profeticamente o tempo do fim seria um período difícil para os crentes devido ao grande envolvimento e ação do mundo sobre a igreja dos últimos dias para descaracterizá-la anulando a sua missão e desviando-a do seu objetivo final que é a vida eterna.

 

 II – NOITE

 As trevas que caem sobre o mundo nesta hora anunciadas pelos profetas do Velho Testamento e prenunciadas pelo Senhor Jesus, apontam para a necessidade da Igreja fiel estar em “ativa vigilância”.

 Noite ou trevas, portanto, falam de um tempo profético que antecede a volta do Senhor Jesus para buscar a sua Igreja, tempo de grandes acontecimentos em todo mundo, que incluem acontecimentos físicos, com alterações no universo; acontecimentos sociais, com agitações e guerras em vários lugares; o aumento e domínio do pecado, tornando o homem refém de todo tipo de pecado e contaminação e destruição moral e física.

 – PREPARO E VIGILÂNCIA

A Bíblia diz que “todo homem é mentira” e nós constatamos a cada dia esse mal que domina todos os povos sem exceção, permeando não só a sociedade e o homem comum como também a própria religião. A mentira é fácil de ser conduzida porque é leve e agrada ao ser humano, já que é inerente a ele dado também a sua própria temporalidade.

 A verdade é pesada, repudiada por muitos e quando mencionada provoca reações tão profundas que desequilibram os que tentam conduzi-la.

 “LOMBOS CINGIDOS COM A VERDADE

 Era comum a utilização de faixas com determinadas regiões para ajustar os músculos e mantê-los adequadamente na posição para suportar determinados esforços físicos, desde levantamento de pesos e até para lutadores que eram obrigados a desenvolver certos esforços.

 Os lombos cingidos falam do ajuste muscular para exercer certos esforços em regiões específicas onde existe uma concentração maior de músculos que são responsáveis pela flexão do corpo ou ereção da coluna vertebral, evitando os traumas e o deslocamento de vértebras, no caso de esforços unilaterais.

IV – “PREPARO DO CORPO”

Jesus, quando se refere a este momento profético que antecede a sua vinda, fala da necessidade do preparo do corpo para desempenhar todas as tarefas que lhe cabem nesta última hora, principalmente conduzir a palavra da verdade (citação de Paulo: “Lombos cingidos com a verdade”).

 Que grande peso, que dificuldade para se conduzir esta verdade, tão necessária para um mundo de enganos e mentiras. Só um corpo em equilíbrio ajustado e preparado pode conduzir esta verdade. a verdade do evangelho, da salvação, na luta contra o mundo, contra a mentira e contra o pecado. Só o corpo de Cristo é capaz de suportar e conduzir o peso da verdade. “Lombos cingidos…”

 V – “ACESAS AS VOSSAS CANDEIAS”

Um corpo em desequilíbrio não estaria em condições de conduzir uma candeia cheia de óleo e de fogo.

 A segunda recomendação do Senhor Jesus para a igreja dos últimos dias fala da necessidade da igreja caminhar, ou melhor, do corpo caminhar sem tropeçar, por causa do momento de trevas que antecedem o grito da meia noite.

 

·    Candeia            –        O homem

·    Óleo                   –       O Espírito Santo

·    Fogo                  –       A revelação (luz)

 

Caminhar em trevas, sem luz é um risco incalculável para o momento que estamos vivendo. A igreja fiel que já acendeu as suas candeias não tropeça desequilibrada, nem errar o caminho, muito menos dormir com óleo e fogo nas mãos, já que o chamado ou grito da meia noite se aproxima: “Ai vem o esposo, saí-lhe ao encontro”.

 O preparo da Igreja para esta última hora está relacionado com estas duas recomendações:

 Cingidos os lombos             –       verdade da palavra

Acesas as vossas candeias         –       vida revelada (caminho revelado).

VI – VIGILÂNCIA

Segredos para o serviço:

1º      Atento à voz do Senhor (para que quando bater possam abrir a porta do coração);

2º      Ninguém sabe o dia e nem a hora (SURPRESA);

3º      Ele virá numa hora que não imaginais;            |

4º      Servindo ao Senhor em fidelidade e prudência.      (PREPARO)

 Fiel – no serviço

Prudência – não se descuidar

Vigiar é: servir em fidelidade e prudência, Cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias. Tiradas do mundo para o grande propósito de Deus, de levá?las a eternidade.

 

 

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email