Fornalha – Daniel 3:25

Tema: A VIDA ESPIRITUAL ANTES, DURANTE E APÓS A FORNALHA

“Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus.”
Daniel 3:25

INTRODUÇÃO

Os amigos de Daniel foram lançados na fornalha ardente por não se prostar diante dos deuses da Babilônia. Podemos observar nessa conhecida história que aqueles jovens tinham uma vida antes, durante e depois da fornalha.

DESENVOLVIMENTO

Cada momento da nossa caminhada tem uma fase diferente. O servo de Deus precisa ser a mesma coisa em cada fase da sua vida. A fé dele não muda.

1º fase: Antes de ser lançado na fornalha
Antes de serem lançados na fornalha, podemos dizer que aqueles jovens (ainda que cativos), tinham uma vida confortável.

Muitos crentes antes das provações pregam, cantam louvores, são “avivados” , porque tem uma vida confortável, mas não podemos trocar o conforto pra nos prostarmos perante a estátua. Aqueles jovens trocaram o conforto pela fornalha, não trocaram sua fidelidade a Deus;

2º fase: Durante a fornalha
Veja a frase da Palavra: “…andam passeando dentro do fogo…” , ou seja, eles não deixaram de caminhar porque estavam dentro do fogo . Estavam soltos, a fornalha não os prendeu. Muitos antes de serem provados são muito cheios de vigor, mas aí vem a fornalha da vida e eles param de caminhar.

Não caminham na fornalha. Perdem a fé, não se dedicam mais na igreja, não adoram mais, não oram mais. Pararam na caminhada. Estão presos as provas. Não estão soltos, ou seja, sua felicidade foi impedida pelas provas, sua paz foi impedida pelas provas;

3º fase: Após a fornalha
Nenhuma fornalha é eterna. Uma hora ela acaba. Qual dano as fornalhas da vida tem deixado em você? Para muitos deixam mágoas, para outros desânimo, para outros uma mudança negativa de mentalidade, deixam de ser aqueles servos que um dia amaram a Obra e passam a dizer “a Obra não é mais a mesma” .

Quantos crentes que hoje não são mais os mesmos. Quantos que sofreram o dano da fornalha. Passaram pela fornalha, mas sofreram danos, porque não são mais os mesmos. Estão na igreja, adquiriram isso ou aquilo, mas os valores mudaram. Na vida daqueles jovens, a fornalha não deixou danos, eles não sofreram nenhum dano.

CONCLUSÃO

Há um detalhe que faz toda diferença na vida de um servo. Aqueles jovens passaram várias fases na sua vida. Antes, durante e depois da fornalha. A grande diferença é que eles tinham o Senhor em suas vidas. Qual a evidência de que o Senhor estava presente em todas as fases da vida deles?

Antes da fornalha: Tinham uma vida confortável no palácio, mas não se prostaram perante a estátua. Crente que não tem receio de deixar o conforto para ser fiel. Seu maior valor não é o conforto, mas sua fidelidade a Deus;

Durante a fornalha: Não pararam de caminhar. O que os fez não parar de caminhar? O quarto homem (Jesus) estava com eles. Crente que mesmo na prova não deixa de servir a Deus;

Após a fornalha: Não sofreram dano. Saíram da fornalha do mesmo jeito que entraram. Crente que não teve seus valores mudados por causa de ninguém, nem do tempo e nem das circunstâncias.

 

Bruno Rocha
Maceió/AL

 

Mais artigos:

Deus a quem nós servimos pode nos livrar

Gostou? Então compatilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *