E edificava-se a casa com pedras preparadas – I Reis 6:7

E edificava-se a casa com pedras preparadas – I Reis 6:7

I Reis 6:7

“E edificava-se a casa com pedras preparadas, como as traziam se edificava, de maneira que nem martelo, nem machado, nem nenhum outro instrumento de ferro de ouviu na casa quando edificaram”.

Desenvolvimento

Salomão foi o único rei de Israel que recebeu o trono das mãos de seu pai, estando esse ainda vivo. Todos os demais reis de Judá ou Israel receberam o trono por herança ou por conquista.

Esse fato simboliza que o Rei Jesus, após vencer a morte, transfere o governo da igreja para o Espírito Santo.

Verso 1 – Após quatrocentos e oitenta anos do cativeiro egípcio o templo começa a ser edificado.

Verso 2 – As dimensões do templo são:
60 côvados de comprimento – o número seis simboliza o homem. O templo foi feito para o homem ter acesso a Deus e prestar-lhe culto.

20 côvados de largura– o número dois simboliza a comunhão com Deus e com a igreja.

30 côvados de altura – o número três simboliza a Trindade.

Edificação do Templo

Então a edificação do templo significa que o Espírito Santo toma o homem (pedra), reveste-o com o poder do Sangue de Jesus (ouro), conduz na comunhão para alcançar a Eternidade com Deus.

Verso 7 – Não se ouviu barulho de martelo nem gritos na edificação, mas as pedras eram trazidas sob medida e encaixavam no lugar determinado da construção..

A obra do Espírito Santo não é feita com força nem violência (Zacarias 4:6).

O barulho de martelo e grito foi ouvido uma única vez, quando Jesus é pregado na cruz e dá um grito antes de morrer.

O Espírito Santo realiza uma obra maravilhosa na vida do homem e da igreja, mas Ele opera em silêncio.

Conclusão

Cada pedra cortada simboliza o homem que é cortado do mundo e tem seu lugar na obra.

Se ele não encaixar não adianta forçar; deverá retornar com ele e tirar o que está excedendo. Esse acerto é feito fora do templo.

O mesmo ocorre com o homem que é trazido para a obra. Ele tem um lugar determinado por Deus, um lugar onde deve ser encaixado perfeitamente.
Porém se houver excesso, o Espírito Santo tratará com ele fora da igreja e depois será trazido de volta. Se ainda não encaixar voltará novamente até ficar na posição que agrada ao Senhor.

Se for achado em falta dificilmente poderá ser utilizado em algum lugar.
Porém pode ser preparado (também fora do canteiro de obras – da igreja) para ser útil em outro lugar.

Em tudo isso, não haverá gritos nem barulho de martelo para fazer os acertos necessários.


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium
Faça login!

Mais conteúdo

O Louvor da Igreja Fiel – Apocalipse 15:3-4

Evangelização – 1º Período

O fogo do altar – Levítico 6:12-13

O que te falta ainda – I Pedro 1:3

Isaías 5:1-2 – O meu amado tem uma vinha

A rejeição de ELIASIBE – Neemias 13:29

A Chave de Davi – Apocalipse 3:7-9

O apelo de Deus ao homem – Isaías 46:12-13

A mesa de Deus – Lucas 14:15

Carta à Igreja de Filadélfia – Apocalipse 3:7-13


Gostou? Então compartilhe

Deixe uma resposta