Estudo Bíblico – A REALIZAÇÃO DA OBRA SOBRE A PALAVRA

Estudo Bíblico – A REALIZAÇÃO DA OBRA SOBRE A PALAVRA

palavra de DeusESTUDOS BÍBLICOS PARA JOVENS E OBREIROS08-fevereiro-2014

ASSUNTO: A REALIZAÇÃO DA OBRA SOBRE A PALAVRA

TEXTO FUNDAMENTAL: LUCAS 5.1-6

COM BASE NO TEXTO DE LUCAS 5.1-6,

COMENTAR O SENTIDO PROFÉTICO DA REALIZAÇAO DA OBRA DE DEUS SOBRE PALAVRA, IDENTIFICANDO OS RESULTADOS.

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

LEITURA DO TEXTO: – LUCAS 5.5 – (JFA-ERC-1995)

“E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede”.

INTRODUÇÃO

O CARATER DE VIDA existente na Palavra de Deus ESTÁ SEMPRE LIGADO À PRATICA dela. A Obra de Deus é sempre realizada sobre Palavra do Senhor colocada em prática pelos seus servos quanto atendem e obedecem a Sua palavra.

Este texto sobre a pesca milagrosa fala de uma experiência dos discípulos do Senhor com Ele, AINDA ANTES de sua morte e ressurreição. Ele nos dá uma prova de que os grandes milagres de Deus ocorrem quando a palavra do Senhor é atendida e colocada em prática pelos seus servos.

Durante o ministério do Senhor Jesus, antes de sua morte e ressurreição, a Palavra mostra os primeiros resultados da forma como deve ser feita a Obra de Evangelização. Isso acontece quando essa Obra é feita sobre a Palavra do Senhor Jesus, ou baseada na Revelação do Senhor Jesus.

O sentido bíblico de PESCARIA está ligado ao trabalho da EVANGELIZAÇÃO, que inclui fazer discípulos.

I – SENTIDO PROFÉTICO DA REALIZAÇAO DA OBRA DE DEUS PELA PALAVRA:

– COMO É A REALIZAÇAO DA OBRA DO HOMEM: (Lucas 5.2) – “estavam lavando as redes”.

Os discípulos tinham voltado de uma noite de pesca e nada haviam apanhado e agora lavavam as redes que tinham sido usadas em um trabalho sem resultados. Isso era, por certo, o amanhecer do dia, conforme se vê no verso 5.

– A REVELAÇÃO DO SENHOR PARA A REALIZAÇÃO DA SUA OBRA:

   (Lucas 5.3) – “Jesus…ensinava do barco a multidão”.

   (Lucas 5.4a) – “Jesus…disse a Simão:”.

Neste episódio o Senhor, falando à multidão de dentro do barco, dá aos seus discípulos uma demonstração do que é uma pesca de almas (evangelização), onde as almas sedentas ouviam a Sua voz.

Depois de realizar o verdadeiro trabalho de pescar almas para o reino de Deus, o Senhor Jesus agora dirige a palavra a Simão Pedro para instruir-lhe sobre como esse trabalho deve ser feito através da figura de uma pescaria em alto mar.

– A DIREÇÃO DADA PELO SENHOR PARA A REALIZAÇÃO DA SUA OBRA:

   (Lucas 5.4b) – “Faze-te ao mar alto,…”.

FAZE-TE:

Fazer-se ao mar alto naquela hora do dia era a disposição que o Senhor queria ver em Pedro, para lançar a sua rede junto com os demais discípulos para pescar. Isso fala da disposição que o Senhor quer ver no servo na sua participação no trabalho de evangelização feito pelos demais membros da igreja. Fazer isso integrado aos demais, ou seja, evangelização no “corpo”.

O MAR ALTO:

Lançar as redes tinha que ser no lugar onde o cardume era mais abundante, pois o mar alto era o ponto de maior profundidade do mar. O alvo da evangelização é o lugar no mundo onde o homem não convertido está mergulhado no mais profundo abismo do pecado, precisando ser alcançado pela salvação em Jesus.

– RECURSO USADO PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA E COMO USAR:

   (Lucas 5.4c) – “…e lançai as vossas redes para pescar”.

AS REDES: quantas são essas redes e quais são elas?

Lançar as redes para pescar é fazer uso dos recursos que o Senhor tem posto nas mãos da igreja para executar a Obra do Senhor, o trabalho da Evangelização.

Vejamos algumas redes que o Senhor deu à igreja:

– O culto profético: onde os dons espirituais consultados e discernidos são usados para definir a questão de salvação das pessoas que vieram ao culto;

– O atendimento após o culto com o uso dos dons espirituais, ou seja, a evangelização corpo-a-corpo dentro da igreja;

– A evangelização nas ruas e praças e outros locais estratégicos das proximidades da igreja;

– As orientações de evangelização a cada mês durante o ano inteiro, por orientação do Senhor. Isso é feito com base na tomada de Jericó, (Josué cap. 6) quando o povo rodeou os muros sete vezes e na última vez todo o povo gritou e o muro caiu.

– Os Pontos de Pregação – PP;

É claro que tudo isso é feito dentro de orientações (revelações) do Senhor.

– A OBRA REALIZADA DE NOITE – NOITE (AUSÊNCIA DA REVELAÇÃO)

   (Lucas 5.5a) – “…havendo trabalhado toda a noite”,

Trabalhar à noite, fala da realização de uma obra, sem a luz ou sem a revelação de Jesus.

É o uso da ordem para pescar, mas sendo feita na escuridão total da noite, ou seja, na ausência total da revelação.

Trabalho feito na escuridão da letra:

– Precisa de recursos humanos da razão, recursos culturais, argumentos para convencer, etc;

– Visa agradar ou satisfazer a uma clientela;

– Tem em vista recompensa humana: aplausos, fama, compensação material, etc.

– RESULTADO DA OBRA REALIZADA DE NOITE: NENHUM PEIXA APANHADO.

   (Lucas 5.5b) – “…nada apanhamos”;

O trabalho feito na ausência da revelação não alcança resultados, pois não visa salvação de vidas. Esse trabalho não está interessado vidas salvas para a eternidade. Visa interesses nas pessoas e naquilo que elas possuem em termos materiais.

– A PALAVRA DE JESUS: O FUNDAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA.

(Lucas 5.5c) – “mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede”.

A disposição do servo em realizar a Obra baseado na Palavra de Jesus.

A expressão “sobre”, fala daquilo que é feito sobre uma base, um alicerce, um fundamento, que é a Palavra de Jesus.

“mas sobre a tua palavra…”, (sobre a tua revelação, sobre o que tu dizes), “lançarei as redes”. “Em obediência à tua palavra, à tua revelação, farei a Obra”.

Esta obediência é que nos leva a realizar a Obra do Senhor.

A PRONTIDÃO EM ATENDER REVELAÇÃO SEMPRE FOI UMA CARACTERÍSTICA DO SERVO NA OBRA DE DEUS.

– EXEMPLO DA OBRA REALIZADA PELA VONTADE DO SENHOR:

– a mensagem entregue é sobre Jesus

– o louvor cantado fala sobre Jesus

– a doutrina ensinada é sobre a salvação em Jesus

– o culto é feito em nome de Jesus

– os dons espirituais apontam para a salvação no Senhor Jesus

– o mérito das operações nos cultos é atribuído ao Senhor Jesus

– a glória, a honra, o louvor e a adoração são dirigidos ao Senhor Jesus.

– RESULTADO DA OBRA REALIZADA SOBRE A PALAVRA: A FARTURA DE PEIXES.

   (Lucas 5.6) – “…colheram uma grande quantidade de peixe e rompia-se-lhes a rede”;

O crescimento do reino de Deus quando a Obra é realizada sobre a Palavra de Jesus, esse crescimento é em grande quantidade somente de peixes. Não é uma mistura de peixes com outros elementos que vêm na rede, mas somente peixes.

“…e rompia-se-lhes a rede”, era o resultado da grande quantidade de peixes. Não se tratava de redes frágeis, mas do transbordar dos peixes na rede. Isso fala do número tão abundante dos salvos que é acrescido à igreja, cujos nomes são contados no rol de membros do reino de Deus; seus nomes estão escritos no Livro da Vida.

CONCLUSÃO: realizar a Obra do Senhor traz como grande resultado para a vida do servo a colheita das vidas salvas para o reino de Deus alcançando assim a promessa do Senhor em Daniel 12.3 – “(…) os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente”.

INFORMAÇÕES FINAIS:

  1. De posse deste Estudo recomendamos que os jovens e obreiros estejam amanhã na EBD para ajudar os irmãos na compreensão do estudo da EBD, pois é um estudo que complementa o assunto de hoje.
  2. Este estudo estará publicado ao final da reunião no site: www.satelitemaranata.com.br

========================================================================================================

ESTUDOS BÍBLICOS PARA ESCOLA BIBLICA DOMINICAL – 09-fevereiro-2014

ASSUNTO: A REALIZAÇÃO DA OBRA SOBRE A PALAVRA

TEXTO FUNDAMENTAL: JOÃO 21.1-7

COM BASE NO TEXTO DE JOÃO 21.1-7,

COMENTAR O SENTIDO PROFÉTICO DA REALIZAÇAO DA OBRA DE DEUS SOBRE PALAVRA, IDENTIFICANDO OS RESULTADOS.

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

INTRODUÇÃO

O caráter de vida existente na Palavra de Deus: a prática dela.

A prática é: atender e obedecer a Sua palavra.

Este texto fala de uma experiência dos discípulos do Senhor com Ele, APÓS sua morte e ressurreição. Ele nos dá uma prova de que os grandes milagres de Deus ocorrem quando a palavra do Senhor é prontamente atendida e colocada em prática pelos seus servos.

Após a ressurreição do Senhor Jesus, a Palavra mostra os resultados da forma como deve ser feita a Obra de Evangelização. Isso acontece quando a Obra é feita sobre a Palavra do Senhor Jesus, ou baseada na Revelação do Senhor Jesus.

Sentido bíblico de PESCARIA: EVANGELIZAÇÃO, fazer discípulos.

I – SENTIDO PROFÉTICO DA REALIZAÇAO DA OBRA DE DEUS PELA PALAVRA:

– PRIMEIRO: COMO É A REALIZAÇAO DA OBRA DO HOMEM:

(João 21.3) – “(…): Vou pescar. Disseram-lhe eles: Também nós vamos contigo. (…)”.

A obra realizada pelo homem: intenção humana. Aquilo que é combinado por uma agremiação de pessoas. Um trabalho feito à noite.

– A OBRA REALIZADA DE NOITE – NOITE (AUSÊNCIA DA REVELAÇÃO)

   (João 21.3b) – “…e naquela noite…”,

Trabalhar à noite: realização de uma obra sem a revelação de Jesus.

Obra feita na escuridão total da noite: ausência total da revelação.

O que precisa e o que visa um Trabalho feito escuridão da letra:

– PRECISA de recursos humanos, recursos culturais, de argumentos para convencer, etc;

– VISA agradar ou satisfazer a uma clientela;

– TEM EM VISTA: aplausos, fama, compensação material, etc.

II – TRES RESULTADOS DA OBRA REALIZADA DE NOITE:

Após a ressurreição de Jesus: obra feita sem a presença dEle o resultado é mais desastroso do que antes de Sua ressurreição. Por isso vemos aqui três terríveis resultados desse trabalho.

– PRIMEIRO RESULTADO: NENHUM PEIXE APANHADO.

(João 21.3c) – “…nada apanharam”;

O trabalho feito na ausência da revelação não visa salvação de vidas. Um trabalho que não está interessado em vidas salvas para a eternidade. Visa interesses nas pessoas, materiais e passageiros da vida presente.

– SEGUNDO RESULTADO: NÃO TIVERAM A REVELAÇÃO DE JESUS.

   (João 21.4) – “…não conheceram que era Jesus”;

As oportunidades dadas pelo Senhor se manifestam sempre no amanhecer do dia que é quando se renovam as misericórdias do Senhor.

Mesmo assim, não tiveram o conhecimento de Jesus. Jesus não se manifesta na escuridão da letra, mas na luz da revelação.

Como poderiam anunciar que Jesus está vivo, se não tinham o conhecimento de Jesus?

– TERCEIRO RESULTADO: NADA TINHAM PARA COMER.

   (João 21.5) – “…Tendes alguma coisa de comer?…Não”;

Não havia peixes apanhados, por isso não havia alimento. “Alguma coisa”: pelo menos um pequeno resultado e nem mesmo isso foi alcançado por um trabalho feito na escuridão da noite. O que se alcança em resultados num trabalho assim, nem mesmo dá para o alimento mínimo.

– A PALAVRA DE JESUS: O FUNDAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA.

   (João 21.6) – “…, lançai a rede à direita do barco e achareis”.

Após a ressurreição a palavra do Senhor é dirigida a todos os discípulos e não somente a Pedro, porque a responsabilidade da evangelização é do “corpo”.

“À direita do barco”: a obra que é feita na direção apontada pelo Senhor. A direção do homem: o lado oposto. A obra do homem é sempre oposta, ou contrária à Obra de Deus.

– EXEMPLO DA OBRA REALIZADA PELA VONTADE DO SENHOR:

(João 21.6) – “Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar”,

LANÇAR A REDE É:

– a mensagem entregue falar a respeito de Jesus

– o louvor cantado falar sobre Jesus

– a doutrina ensinada sobre a salvação em Jesus

– os dons espirituais apontarem para o Senhor Jesus

– o mérito das operações nos cultos ser atribuído ao Senhor Jesus

– a glória, a honra, o louvor e a adoração serem dirigidos ao Senhor Jesus.

A PRONTIDÃO EM ATENDER REVELAÇÃO SEMPRE FOI UMA CARACTERÍSTICA DO SERVO NA OBRA DE DEUS.

II – RESULTADOS DA OBRA REALIZADA SOBRE A PALAVRA:

– PRIMEIRO RESULTADO: A FARTURA DE PEIXES.

   (João 21.6c) – “…pela multidão dos peixes”.

Quando a Obra é realizada sobre a Palavra de Jesus: crescimento em grande quantidade somente de peixes. Sem mistura com outros elementos que vêm na rede.

Não é pequena quantidade a ponto de não terem nada para comer, mas a mesa “dos peixes agora apanhados” é farta no jantar do Senhor.

Após a ressurreição do Senhor, o grande ensino da pesca maravilhosa é que: “mesmo sendo tantos peixes, não se rompia a rede“ (verso 11).

– SEGUNDO RESULTADO: JOÃO TEM A REVELAÇÃO DE JESUS.

   (João 21.7a) – “…É o Senhor”.

O discípulo a quem Jesus amava, João, reconheceu que era o Senhor através do sinal de maravilha resultante da obra feita sobre a Palavra do Senhor.

A abertura dos olhos: resultado de lançar a rede sobre a revelação de Jesus

Quando se manifesta o conhecimento de Jesus os olhos espirituais dos seus servos se abrem.

Tiveram discernimento entre o que era obra do homem sem resultados e agora a obra do Senhor com grandes resultados.

– TERCEIRO RESULTADO: VESTIR-SE E LANÇAR-SE AO MAR.

   (João 21.7b) – “…Pedro…cingiu-se…lançou-se ao mar”.

O terceiro resultado: o preparo do homem para estar diante do Senhor de forma composta.

Vestido com a roupagem da salvação e em condições de agora se lançar ao mar.

Somente aquele que veste a roupa da experiência de salvação está em condições de se lançar ao mundo para buscar dali as almas perdidas.

Lançar-se ao mar: o servo preparado para evangelizar o mundo, mas sem se contaminar com o mundo.

CONCLUSÃO: a palavra do Senhor é a base, o fundamento, e a Obra do Senhor deve ser realizada sobre esse fundamento. Fazendo isso a igreja verá os melhores resultados da colheita de vidas para o reino de Deus.

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email