CULTO DE SENHORAS – VIGILÂNCIA

“É como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse. Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa;…” Marcos 13:34-35a

Abordagem para o Culto de Senhoras orientada no Quadro “Lâmpada para os meus Pés” da Rádio Maanaim: 6. Identifique os sinais proféticos, dirigidos à Igreja, no texto do Evangelho de Marcos 13:32 a 37. Resposta: Vamos abordar a resposta no decorrer da palavra.

Introdução

Estamos estudando sobre as parábolas do Senhor Jesus. Hoje vamos falar de uma parábola que Jesus contou acerca da vigilância.

Desenvolvimento

Certa vez Jesus saiu do templo com Seus discípulos e começou a ensiná-los acerca dos sinais que aconteceriam antes da Sua volta. Esses sinais seriam para nos avisar que o momento do arrebatamento da igreja fiel estava próximo.
Jesus começou a falar de muitos sinais que aconteceriam nesses dias: guerras e rumores de guerras, terremotos em diversos lugares. Também haveria fomes, tribulações (sofrimentos) e muitos outros sinais. Quando vemos os jornais, as notícias na internet, não temos dúvida: esses sinais já se cumpriram.

O alerta

Jesus nos alertou para estarmos atentos para esses sinais e acerca da vigilância, porque o momento profético que vivemos é o da noite e ninguém sabe o dia e a hora que Jesus virá.
Nessa hora da noite muitas pessoas estão dormindo espiritualmente, estão desatentas. Muitos deixaram a fé morrer nos seus corações (Lc 18:8). Por causa do pecado, as pessoas têm deixado de servir a Deus para serem escravos do mundo.

Interessante que, nessa parábola, Jesus falou de um senhor que viajou e deixou seus servos vigiando sua casa. Mas em especial, ele chamou o porteiro e pediu que ele vigiasse a porta da casa. Ele voltaria num momento que ninguém esperava – Mc 13:35 – poderia vir à tarde, à meia-noite, ao cantar do galo, ou pela manhã.

Nesses quatro tempos, Jesus estava falando das quatro vigílias da noite: 18h às 21h (1ª vigília – tarde); 21h à 00h (2ª vigília – meia noite); meia noite às 3h (3ª vigília – cantar do galo); e 3h às 6h da manhã (4ª vigília – manhã).
Na parábola, os servos foram alertados para que, quando o senhor chegasse, eles não fossem encontrados dormindo. E no final Jesus falou: “E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai.” Mc 13:37.

O porteiro

O porteiro era o responsável de abrir e fechar as portas da casa para o seu senhor. Ele também ficava em constante vigilância, para guardar a casa de todo perigo. A casa deveria estar guardada, vigiada em todo o tempo.
A porta serve para entrada e saída. Nesse tempo em que vivemos, onde o pecado tem dominado a tantos, o Espírito Santo é o porteiro que fecha a porta do nosso coração para as obras da carne (o pecado e tudo que não agrada a Deus). É Ele quem nos fortalece, nos faz viver uma vida de santificação. Então, precisamos orar, pedindo que o Espírito Santo faça morada na nossa vida em todo o tempo.

Praticar

O Espírito Santo também nos faz lembrar e praticar os ensinos da Palavra de Deus. De nada adianta ouvirmos a Palavra de Deus se não praticarmos o que temos aprendido. Isso é deixar de vigiar, é estar dormindo espiritualmente
Quando guardamos a Palavra de Deus em nosso coração estamos fechando a porta para o pecado. “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” Sl 119:11.

Nessa última hora, muitas são as investidas, os convites contra os servos do Senhor. Mas, se estivermos em oração, em vigilância constante, seremos preservados, pois o Espírito Santo vai nos dar discernimento e sabedoria para vencermos o mundo. Discernir é saber o que vem de Deus e o que não vem.
O Senhor Jesus nos orientou “Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.” Mc 13:33. Precisamos guardar o que temos recebido do Senhor e vigiar para que ninguém tome a nossa coroa (Ap 3:11).

Conclusão

É tempo de vigilância! Jesus vai voltar no dia e hora que ninguém sabe e só vai subir aquele que estiver preparado! A porta do nosso coração precisa estar guardada. Precisamos viver uma vida de comunhão e intimidade com Deus, deixando o Espírito Santo operar no nosso coração.
Vamos mostrar ao mundo, à nossa família que estamos definidos em servir ao Senhor. E quando Jesus voltar, nós vamos fazer parte deste povo que vai morar na eternidade! Maranata! Ora vem Senhor Jesus!


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium

Mais conteúdo

Estudo Bíblico – A Prática da Palavra, Mateus 7:24-27

Ilustrações bíblicas – Mãos do Senhor

A vigilância de Noé – Gênesis 6:22

II REIS 18 : 31 e 32 – (Vigilância, Santificação, Religião) – Esboço

Estejam cingidos os vossos lombos – Lucas 12:35

JESUS CUROU O SURDO E MUDO – Marcos 7:32-35

VIGILÂNCIA E COMPROMETIMENTO – Neemias 6:3