Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

Salmos 119:71-73 – Formação de um Obreiro

SUGESTÃO PARA UMA REUNIÃO DE OBREIROS

Tema: O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE UM OBREIRO

“Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos. Melhor é para mim a lei da tua boca do que milhares de ouro ou prata. As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me inteligência para entender os teus mandamentos.”
Salmos 119:71 ao 73

INTRODUÇÃO

É importante entendermos que tudo que passamos e vivemos nas nossas vidas faz parte de um processo de formação. Deus nos lapida, nos molda, e nós entendemos isso a medida que amadurecemos.

DESENVOLVIMENTO

O salmista relata a sua experiência a respeito de lutas vividas, provas que o levaram a entender que tudo fazia parte de um processo de formação.

O varão desta Obra é formado pelo Senhor, que o prova, o lapida para formá-lo um obreiro, um diácono, um ungido, um pastor.

“…Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos…”
Mas como alguém pode dizer que é bom ser afligido? É uma expressão no espírito, de um homem maduro, que entendeu que as lutas que ele viveu foi para que ele aprendesse com Deus, para que amadurecesse.

Há muitos varões que não entendem porque tem sido afligidos, mas o Senhor quer te mostrar hoje que tudo é um processo de formação na sua vida.

“…Melhor é para mim a lei da tua boca do que milhares de ouro ou prata…”
A experiência aqui é com a Doutrina, de entender que a Doutrina veio da boca de Deus. O varão desta Obra precisa viver essa experiência, que a Doutrina não emerge de uma denominação, mas da boca de Deus. E viver e amar a Sã Doutrina é melhor do que ser independente, do que agir na Razão. Moisés amou a Doutrina.

“Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa.”
Hebreus 11:26

“…As tuas mãos me fizeram e me formaram…”
É a consciência de que nas lutas as mãos de Deus estão trabalhando em nós para nos formar, que tudo faz parte de um processo de formação.

Se você é usado, se você é uma bênção, se você é um diácono, um pastor, foi porque as mãos de Deus te fizeram . Porque um dia você foi afligido e Deus te formou um instrumento Dele.

CONCLUSÃO

O salmista entendeu que tudo que viveu ao longo da caminhada era um processo de formação, Deus estava formando um homem de Deus. Você entende isso, varão? O salmista agora conclui:

“…dá-me inteligência para entender os teus mandamentos…”
É a nossa oração ao Senhor. Que Ele nos dê inteligência, sabedoria, para entender seu plano para as nossas vidas, que tudo faz parte de um processo de formação.

Bruno Rocha
Maceió/AL

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar