Provérbios

A salvação é o grande presente de Deus para a vida do homem.

presente

 

A salvação é o grande presente de Deus para a vida do homem.

Provérbios 17:8 “O presente é, aos olhos dos que o recebem, como pedra preciosa; para onde quer que se volte servirá de proveito”.

Tema:A salvação é o grande presente de Deus para a vida do homem.

Introdução

Presente é algo que todos nós já recebemos de alguém e que normalmente nos marcou de alguma maneira. As lembranças dos presentes recebidos, sempre nos remetem a pessoa que nos deu. Salomão nos fala de um “presente especial” e que este aos olhos daqueles que o recebem é comparado a uma pedra preciosa. De todos os presentes que recebemos ao longo das nossas vidas, nenhum pode ser comparado ao presente dado por Deus á nós, que foi a salvação em Cristo Jesus.

Desenvolvimento

O presente é - A salvação é o grande presente de Deus para as nossas vidas. É uma benção que vivemos diariamente na presença do Senhor. Há em nossos corações o entendimento que está benção que alcançamos da parte do Senhor não se deu por merecimento nosso, mas foi resultado do seu grande amor por nós. É fruto da graça salvadora que nos foi revelada em Jesus.

Aos olhos dos que o recebem – nós recebemos de graça está tão grande salvação, não a recebemos de homem algum. Sabemos que ela veio do Senhor e isso tem alegrado os nossos corações, pois, não somos devedores aos homens, devemos sim ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo que pagou na cruz um alto preço para nos salvar, nos dando o direito e acesso a eternidade.

(mais…)

Por chaves, atrás
Meditações

Meditações bíblicas – OS OBRIGADOS A ENTRAR

conviteOS OBRIGADOS A ENTRAR

Lucas 14: 15-24

Primeiro momento  - os convidados - Convidados

Segundo momento - pobres, aleijados, cegos e coxos  - Trazidos

Terceiro momento - os obrigados a entrarem - Obrigados

Estamos próximos da hora da festa, e o Senhor quer preparar seus servos, os que já estão dentro da festa que são os pobres, aleijados, cegos e coxos para que recebam os que serão obrigados a entrar.

A Bíblia não detalha como é que eles serão obrigados, podemos imaginar várias situações e circunstâncias, mas a ênfase é que ainda havendo lugar, esses lugares precisarão ser ocupados por outras pessoas. 

Os únicos que não entrarão nesta festa serão os que foram convidados. 

Os pobres, aleijados, cegos e coxos não foram convidados, eles foram trazidos, e os seguintes serão obrigados.

(mais…)

Por chaves, atrás
Ezequiel

Vale de ossos – Ezequiel 37: 1-12

ossosVale de ossos

Ezequiel 37: 1-12

Texto: Veio sobre mim a mão do Senhor, e o Senhor me levou em espírito, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.

OBJETIVO: Mostrar ao homem que o Senhor é o único Deus, e que só Ele pode operar o milagre da salvação.

INTRODUÇÃO: Mesmo cercado num mundo tão conturbado e cheio de guerras, Deus estabeleceu o povo de Israel, fazendo com eles um concerto que, se observado e cumprido, traria para eles paz e prosperidade. O pecado (transgressão do mandamento), a rebeldia (resistência à correção), e obstinação (persistência no erro) do povo ao longo dos anos, caracterizaram a quebra do concerto. Com isso, o Senhor se distanciou de Israel, deixando-o a mercê dos seus inimigos. O cativeiro foi o resultado de anos de sono e frieza espiritual.

DESENVOLVIMENTO : O profeta Ezequiel teve uma importante missão. Mesmo sendo cativo como os demais, foi usado por Deus para exortar o povo a se arrepender dos seus pecados, levando-os a crer que o cativeiro teria fim, e que eles voltariam à terra de que o Senhor lhes havia dado. À medida que os anos de cativeiro se passavam, a fé ia se esvaindo, e a esperança do regresso, era cada vez menor.

(mais…)

Por chaves, atrás
2 Reis

UM CORAÇÃO SINCERO E GENEROSO – II Reis 10: 15-16

UM CORAÇÃO SINCERO E GENEROSO

 II Reis 10: 15-16

“E, partindo dali, encontrou a Jonadabe, filho de Recabe, que lhe vinha ao encontro, o qual o saudou e lhe disse: Reto é o teu coração, como o meu coração é com o teu coração? E disse Jonadabe:É. Então, se é, dá-me a mão. E deu-lhe a mão, e fê-lo subir consigo ao carro. E disse: Vai comigo, e verás o meu zelo para com o Senhor. E o puseram no seu carro.”

INTRODUÇÃO:

Naquela época, havia uma separação entre as 12 tribos que compunhamo povo de Deus. O povo ficou dividido em 2 reinos, assim chamados: Reino do Sul formado pelas tribos de Judá e Benjamim; e o reino do Norte, compostos pelas outras 10 tribos. Jeú, filho de Jeosafá, foi ungido pelo profeta Elizeu, e reinava na capital de Samaria.

Os fatos transcorridos no passado e descritos nas sagradas escrituras, retratam, não só um momento histórico vivido por um povo, mas –porque são profecias – apontam também para fatos futuros, haja vista as operações e maravilhas que acontecem ainda hoje diante dos olhos da Sua igreja que permanece fiel.

(mais…)

Por chaves, atrás
João

JESUS, O MESTRE VIDA – João 20:16

JESUS, O MESTRE VIDA

João 20:16

INTRODUÇÃO:

- A vida de JESUS é um ensino constante para nós – Em todos os seus atos registrados nos evangelhos encontramos um ensino profético de VIDA para nós.

- JESUS é o MESTRE DA VIDA – no decorrer da nossa vida aprendemos com diversas lições e nos deparamos com vários mestres de diferentes ciências (matemática, literatura, línguas, geografia, história), mas JESUS é acima de todos os mestres (é o MESTRE dos Mestres). Seu ensino é Superior porque é PROFÉTICO, com Autoridade e Poder, além de ser Invariável, sem sombra de variações porque é Perfeito (lembrando que as ciências dos homens variam ao longo dos tempos, buscando um aperfeiçoamento)

- JESUS é um MESTRE ESPECIAL porque seu Conhecimento é ilimitado e porque Ele é de Eternidade a Eternidade. Ele conhece bem o ser humano, sentiu nossas dores e está pronto a nos ensinar o que é VIDA ABUNDANTE.

- JESUS ensina os mistérios da Eternidade, a Revelação do Pai. Muitos mestres em Israel não sabiam o que era vida Eterna e nem como entrar no reino de DEUS (Ex. de Nicodemos: era Mestre e não conhecia Novo nascimento – os doutores da lei conheciam a letra, mas não sabiam que estavam diante da Vida, do CRISTO prometido nas escrituras e por isso rejeitaram JESUS).

(mais…)

Por chaves, atrás
Isaías

A LIBERTAÇÃO DO SENHOR – Isaías 49: 25

downloadA LIBERTAÇÃO DO SENHOR

Isaías 49: 25

·         OS PRESOS – Após a queda, por causa da desobediência à Palavra de Deus, a situação do homem passou a ser essa; ele tornou-se preso,oprimido, subjugado pelo pecado e escravizado pelo inimigo. Não há ninguém que possa tirar o homem desta situação, pois aquele que o prendeu é mais forte do que ele.                  

·         O VALENTE E TIRANO – O homem não consegue sair das garras do inimigo, porque além de ser mais forte do que ele, o adversário ainda é valente e tirano. Ele é tirano porque é arbitrário e não tem misericórdia e é valente somente em relação ao homem, que é mais fraco do que ele e não tem recursos próprios para enfrenta-lo. O inimigo veio para matar, roubar e destruir tudo que o homem tem.

(mais…)

Por chaves, atrás
Lucas

Realizando a Obra na Revelação – Lucas 5:5

lanca redeREALIZAR A OBRA NA REVELAÇÃO

Lucas 5:5 – "E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede".

A Palavra nos orienta a fazer a Obra pelo poder da Palavra do Senhor Jesus.

"Havendo trabalhado toda a noite" - Pedro havia trabalhado a noite toda na obra do homem, que é realizada na escuridão da letra, na razão.

"mas sobre a tua palavra": sobre a tua revelação, sobre aquilo que dizes.

"Lançarei a rede": o uso da revelação, o atendimento à revelação, a prática e a obediência à revelação. Assim é que a Obra do Senhor é realizada pelos seus servos.

(mais…)

Por chaves, atrás
Números

Sobe Poço, Sobe Poço – Números 21: 16 a 19

pocoTema Sobe Poço, Sobe Poço

Texto: Números 21: 16 a 19

... E dali partiram para Beer; este é o poço do qual o Senhor disse a Moisés: Ajunta o povo e lhe darei água.

Então Israel cantou este cântico: Brota, ó poço! Cantai dele:
Tu, poço, que cavaram os príncipes, que escavaram os nobres do povo, e o legislador com os seus bordões; e do deserto partiram para Mataná;
E de Mataná a Naaliel, e de Naaliel a Bamote...”

Introdução

Sabemos o quanto foi difícil para povo de Israel caminhar no deserto, Deus inúmeras vezes deu provas que amava este povo, que eles não estariam sós, Deus através da manifestação de sinais e maravilhas eram constantes na vida do povo, sem a operação do Senhor, Israel não conseguiria caminhar no deserto.

O Senhor havia tirado o povo do Egito, com único propósito de levá-los a terra prometida, onde não seriam escravos, mas durante a caminhada pelo deserto, a jornada, o povo enfrentaria o calor causticante e a noite o frio. Deus nos tirou do Egito com sua mão forte, certamente nosso caminhar será pelo deserto (Mundo), o calor as provas, os intempéries certamente será sobre nos, mas não tem faltado o refrigério do Senhor para seus servos, haverá também o fogo do Espírito Santo aquecera nossos corações.

(mais…)

Por chaves, atrás
Lucas

GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS – Lucas 2.13-14

gloria“GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS”

Lucas 2.13-14

E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus e dizendo: Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!”

            INTRODUÇÃO

            O nascimento de Jesus é uma data universalmente comemorada de diversas formas pelos povos cristãos.

            Seu valor histórico influenciou de tal maneira o mundo que marcou uma etapa nova, na relação do homem com Deus nestes dois últimos milênios, tornando propício o processo de salvação oferecido por Deus a todos os homens.

            A Bíblia, no texto do evangelho de Lucas que acabamos de ler, se refere ao nascimento de Jesus como Boas Novas. Portanto, o significado dessa comemoração está relacionado com Boas Novas de grande alegria.

(mais…)

Por chaves, atrás
Marcos

A capa do cego de Jericó – Marcos. 10: 50

A capa do cego de Jericó

Texto: Marcos. 10: 50- “E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.”

Introdução:

Há dois detalhes sobre o cego de Jericó que encontramos no evangelho de Marcos que não encontramos nos evangelhos Mateus e Lucas que também faz a mesma narrativa sobre a vida de um homem que era cego.

Quais são esses dois detalhes?

 O Primeiro detalhe fala que o cego de Jericó era chamado de Bartimeu e o Segundo detalhe que ele possuía uma capa.

Desenvolvimento:

Esses detalhes que encontramos na Palavra de Deus não são por acaso. Tudo que está na Palavra através da revelação do Espírito Santo traz um ensino para a nossa vida espiritual.

(mais…)

Por chaves, atrás