A capa do cego de Jericó – Marcos 10:50

A capa do cego de Jericó

Texto: Marcos. 10: 50- “E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.”

Introdução

Há dois detalhes sobre o cego de Jericó que encontramos no evangelho de Marcos que não encontramos nos evangelhos Mateus e Lucas que também faz a mesma narrativa sobre a vida de um homem que era cego.

Quais são esses dois detalhes?

 O Primeiro detalhe fala que o cego de Jericó era chamado de Bartimeu e o Segundo detalhe que ele possuía uma capa.

Desenvolvimento

Esses detalhes que encontramos na Palavra de Deus não são por acaso. Tudo que está na Palavra através da revelação do Espírito Santo traz um ensino para a nossa vida espiritual.

“E ele…”

O cego de Jericó mostra a situação do Homem que não enxerga as coisas espirituais, porque não teve a experiência de Salvação com Jesus que é a luz da vida.

Bartimeu não é nome próprio. Bartimeu significa “filho de Timeu”. Ele não era conhecido pelo o seu nome de nascimento, mas sim como o cego que era filho de Timeu. No capítulo 10 no verso 46 identifica o nome do seu pai que era Timeu.

Para o cego não ser chamado pelo o seu nome e ser conhecido pela a sua deficiência. Trazia ao seu coração tristeza, angústia. Ele sofria discriminação, rejeição e desprezo.

O Senhor Jesus sempre tratou todas as pessoas da mesma forma com amor. Sempre o Senhor Jesus valorizava e chamava as pessoas pelo nome ou em alguns casos usava um termo carinhoso que demonstrava afeição que era filho (a), amigo (a). Totalmente oposto da multidão que só enxergava os defeitos e não as virtudes das pessoas.

“lançando de si a sua capa…”

O Império Romano sempre foi muito organizado para que uma pessoa pudesse mendigar é necessário que tivesse uma autorização do império.

 Essa autorização era através de uma capa que era entregue que estava escrito por trás da mesma em latim “este homem é um miserável, mendigueiro, vive de esmola”. Dessa forma havia identificação que aquela pessoa era pedia esmolas.

 O que representava a capa para o cego de Jericó:

1-    Identificação que era mendigo;

Para o cego era uma vida de humilhação, angústia, tristeza viver dessa forma e sendo identificado dessa maneira.

2-    Dependência;

Ele dependia dela para sobreviver, ou seja, mendigar.

3-    Proteção.

Com essa capa ele se protegia do frio, chuva, poeira entre outras coisas.

Aplicação profética de deixar a capa

1-    Deixar a velha vida que para atrás. O cego não ia precisar mais daquela capa, não era necessário pedir esmolas. Somos novas criaturas em Cristo Jesus. E sem essa capa ele não seria identificado como mendigo. A nossa identificação é que somos povo do Senhor redimidos para herdar uma vida eterna.

2-    Somos totalmente dependentes do Senhor e temos a certeza que o Senhor vai prover todas as coisas. Antes o cego vive de esmolas dependia dos homens agora ele dependia exclusivamente da graça de Deus.

3-    A verdadeira proteção encontramos no Senhor Jesus. Os dias são maus, difíceis, mas o Senhor nos guardará de todo mal e somos verdadeiramente protegidos.

“levantou-se…”

Somente o Senhor através da sua Palavra pode levantar ao homem, tirando do comodismo da vida espiritual e colocando na posição de pé espiritualmente.

e foi ter com Jesus.”

A salvação é um encontro pessoal com o Senhor Jesus. E esse encontro mudou totalmente a vida do cego da mesma forma aconteceu conosco.

Conclusão

A capa que o mundo oferece ao homem não consegue satisfazê-lo completamente, pelo contrário traz angústia, tristeza, decepção e morte.

Hoje o Senhor deseja que você tome a mesma decisão do cego de Jericó, deixe a capa (a velha vida) e o Senhor te concederá uma vida nova, cheia de alegria, paz, segurança e principalmente vida eterna.

botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium
Faça login!

Mais conteúdo

O grito da alma aflita – Mateus 15:25

Templo do Espírito Santo – Ageu 2:6-9

A que você está apegado? – Jó 27:6

Convite e Rejeição – Lucas 14:17 a 21

Profeta Jonas – Mateus 16:17

O Senhor é nossa Fortaleza – Salmos 46:1

Nosso Redentor vive e voltará – Jó 19:25

A Construção do parapeito Deuteronômio 22: 8

Estudo Bíblico – A Prática da Palavra, Mateus 7:24-27

Estudo Bíblico – A Prática da Palavra, Mateus 7:24-27

A Parábola dos trabalhadores – Mateus 20:1-16

A Parábola dos trabalhadores – Mateus 20:1-16

Culto das Senhoras – O toque de Trombetas

Tocai a Trombeta na festa da lua nova

19 Sermões Bíblicos para download

Ainda há Esperança – 1 Tessalonicenses 4:13


Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário