Judas 1:11 – O sangue que nos dá vida

Judas 1:11 – O sangue que nos dá vida

O SANGUE QUE NOS DÁ VIDA

Judas 1:11  “Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré.”

INTRODUÇÃO

O apóstolo Judas fala a respeito daqueles que deturpam a graça de Deus e que não permanecem no amor de Cristo, e que são comparados a animais irracionais. Para esses está decretado um juízo pois, conforme o texto,agiram como homens que não agradaram ao Senhor: Caim, Balaão e Coré.

DESENVOLVIMENTO

Caim ofereceu a Deus o sacrifício da terra a Deus e este não foi aceito, enquanto seu irmão Abel sacrificou um animal e, segundo a Palavra, foi agradável ao Senhor.

Somente o sangue de Jesus é que faz com que sejamos reconhecidos e agradáveis aos olhos do Pai Celestial. Nada que ofereçamos desta terra, por melhores que sejam nossas intenções, agrada a Ele, pois só entra na eternidade o que veio da eternidade.

O profeta Balaão recebeu uma proposta de Balaque, para que amaldiçoasse o povo de Israel. Balaque mandou homens pela segunda vez, só que príncipes mais honrados e que prometeram honras a Balaão. Balaão foi  levado pelo caminho de Balaque, mas diz a Palavra que que Balaque o levou aos altares de Baal.

O sangue de Jesus preserva a vida do crente. O mundo quer ditar o que devemos fazer, como devemos agir, como devemos nos vestir e como devemos viver, mas o precioso sangue de Jesus faz-nos conhecedores da profecia para que não sejamos corrompidos. O caminho de Balaque se torna  atraente  muitas  vezes,  mas  o  sangue  do  Cordeiro  não  deixa  vacilar  os  pés  dos  que caminham seguros em Jesus.

Coré foi um dos homens que se rebelaram contra Moisés e Arão a caminho da Terra Prometida. Deus os havia tirado do Egito e lhes deu vida mesmo durante sua peregrinação no deserto. Porém, Coré se queixou de que não haviam chegado à terra que mana leite e mel e incitou o povo a se voltarem contra os escolhidos de Deus para estar a frente do povo.

Coré os tirou do caminho de vida e os levou para o caminho de morte, pois foram consumidos vivos pela terra. Nisso está a contradição de Coré

O caminho de Caim (caminho sem sangue) faz o homem se perder da direção de Deus e, muitas vezes, negar o que Deus já fez por ele um dia; faz o homem achar que a alegria e a vida plenas estão nesse mundo. Coré mudaria o rumo da caminhada em direção à Terra Prometida. O homem que trilha pelo caminho onde não há o sangue (direção do ES) contradiz o projeto de Deus para sua vida.

CONCLUSÃO

Em Jesus, por conta de seu sacrifício de sangue, nós somos livres do juízo sobre qual o apóstolo Judas fala.

“*Disse-lhe  Jesus:  eu  sou  o  caminho,e  a  verdade  e  a  vida;  ninguém  vem  ao  Pai  senão  por mim.”*João 14:6

Caminho de Jesus é o caminho em que seu sangue (ES) faz com que sejamos aceitos pelo Pai. Verdade – a palavra de Deus nos livra do caminho do engano pelo qual Balaão foi levado.

A vida eterna que o ES nos revelou por Jesus nos livra de sermos consumidos por este mundo.


Gostou? Então compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho