Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

A Igreja que será arrebatada – I Samuel 1:13

Tema: A VIDA DE ANA E A IGREJA QUE SERÁ ARREBATADA

“E sucedeu que, perseverando ela em orar perante o SENHOR, Eli observou a sua boca. Porquanto Ana no seu coração falava; só se moviam os seus lábios, porém não se ouvia a sua voz; pelo que Eli a teve por embriagada.”
I Samuel 1:13

INTRODUÇÃO

A vida de Ana foi profética, como a sua expectativa e esperança pelo seu filho. Toda a história de Ana também aponta para o momento profético que a igreja fiel vive no presente, seu sentimento pelo arrebatamento e seu anseio em sair deste mundo.

DESENVOLVIMENTO

A história de Ana começa com um desejo: Ter um filho. Não era qualquer filho, seria a Salvação de Israel.

A igreja anseia pelo Filho, o filho de Deus, anseia encontrar com o seu Salvador.

Ana persevera no seu objetivo. A Palavra diz que ela nunca desistiu. Ela perseverava em orar. A Igreja persevera na sua mensagem: Maranata! O Senhor Jesus vem! Há crentes que já não perseveram maia nesta mensagem, eles já tem outra mensagem, outro sentido para a sua vida espiritual.

A Igreja persevera porque ela não quer a teologia, o materialismo, o evangelho social. Ela persevera porque ela quer o Filho.

Ana chorava porque ela queria o Filho. Ela não abriria mão disso. A Igreja chora porque ela quer a volta de Jesus.

Eli não entendeu o movimento dos lábios de Ana. A Igreja perseverou ao longo do tempo, o mundo observou a sua boca (a mensagem da Igreja), mas não entendeu, o mundo não descobriu o segredo, porque o Arrebatamento é um segredo e só é entendido por quem tem o Espírito Santo. É o Espírito que fala por ela.

“E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem…”
Apocalipse 22:17a

Só no seu coração falava: A Igreja vive um período onde só no seu coração ela fala, ou seja, a sua mensagem não são palavras, mas é a sua vida, o seu testemunho.

Só se moviam os lábios: Uma mensagem que não era com palavras vazias, não era com teologia, filosofia, mas com a sua vida. A grande mensagem que deixamos ao mundo é o nosso testemunho.

Não se ouvia a sua voz: O mundo não dá ouvidos a voz da Igreja.

Eli a teve por embriagada: O mundo nos tem por embriagados, por fanáticos, porque não descobriu o segredo.

“Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia.”
Atos 2:15

CONCLUSÃO

A igreja fiel vive a mesma expectativa de Ana, a mesma ansiedade, o mesmo sofrimento, dá o mesmo testemunho.

Há um povo que persevera na sua mensagem, ainda que ninguém ouça a sua voz, ainda que o mundo o tenha por embriagado. Maranata! O Senhor Jesus vem!

Bruno Rocha
Maceió/AL

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar