Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

Guarda o que tens – Culto das Senhoras

CONTRIBUIÇÃO CULTO DE SENHORAS 🚺 12.12.2018

Guarda o que tens

📝 Atividade Senhoras 12-12-2018

1.Quais são as recomendações feitas à Igreja de Filadélfia?.
B) O que a Igreja deve guardar?
C) Quais os resultados em atender à recomendação?

RESPOSTA 1
Apocalipse 3.11
“… guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.”

RESPOSTA B
Chave = Conhecimento ou Revelação
Porta = Jesus

RESPOSTA C
Apocalipse 3.11
“… para que ninguém tome a tua coroa.”

Esta chave abriu esta porta e ninguém irá fecha-la nesta última hora, que é a Revelação, o Conhecimento dado á Igreja. O conhecimento, a mensagem do Tempo do Breve continuará fluindo.
A COROA- As coroas ou conquistas para esta vida, um dia nos serão tomadas pela nossa temporalidade, mas A COROA DA VIDA ninguém poderá toma-la, pois é eterna.

A CHAVE – Aponta para a Revelação ou conhecimento que esta Igreja viveu com ênfase através do Espírito Santo.

O QUE A IGREJA DEVE GUARDAR- Devemos lembrar os períodos anteriores, como em Éfeso, o trabalho da semeadura, o estabelecimento da Doutrina. A vivência desta Doutrina e o sofrimento de Esmirna, sendo fiel até a morte.
A palavra fiel, no grego , tem a sua origem na palavra FÉ, então é Tenha fé até à morte e dar-te-ei a coroa da vida.

A morte por martírio traria para eles a “Coroa da Vida”, prêmio especial para este tipo de sacrifício. Os corredores olímpicos vencedores, ganhavam a “Coroa de Louros”; Os mártires do Reino, também vencedores, ganham a “Coroa da Vida”.
“O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho”.

Daniel 12:13 “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança.

Daniel recebeu a ordem, através do anjo, de ir até o fim. Observe que no versículo 8, Daniel diz: ” Eu ouvi, porém não entendi; então, eu disse: meu Senhor, qual será o fim destas coisas?

Às vezes, existem coisas que acontece que não entendemos, e pensamos: Como isso pode está acontecendo? Quantos desvios! Quantas injustiças! Quanto partidarismo!

… por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriaria. Sendo o Senhor, o Deus de justiça, porque muitos ainda estão impunes? O Senhor nos diz: “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim o fim”. Vamos Prosseguir para o nosso alvo!

Às vezes, não entendemos certas coisas, mas não devemos parar, temos que ir até o fim.

Depois vem o distanciamento da palavra, da Doutrina nas Igrejas de Pérgamo e Tiatira. Em Sardes, a retomada e o encontro do Tesouro, da Palavra. Em Filadélfia o conhecimento do mistério da Palavra que é o Senhor Jesus, a Pérola de Grande Preço que está dentro do Tesouro.

“GUARDA O QUE TENS” – É exatamente essa experiência da Palavra RETOMADA e agora REVELADA, pelo Espírito de Conhecimento.

Essa Palavra deve ser nossa forma e experiência de vida, andando no Caminho que Ela nos aponta.
Jesus é O CAMINHO e como diz em Isaías 30:21 “Este é o caminho, andai Nele”, andar é caminhar, viver pela Doutrina.

QUAL A COROA QUE DEVE SER GUARDADA? A Coroa da Vida – Toda batalha, dedicação, empenho vividos, mas para conquistar A COROA DA VIDA e não somente conquistas para esta vida.

“SE esperarmos do Senhor só para esta vida, seremos os mais miseráveis dos homens” (I Coríntios 15:19)
Esta COROA DA VIDA não pode ser comprada com valores desta vida, pois SÓ Um teve como pagar o preço pelo resgate da nossa alma. Ela não pode ser manipulada, negociada, pois servimos ao Senhor que é Dono dela e que não aceita recompensas humanas (Deuteronômio 10:17)

“O que o olho não viu, o ouvido não ouviu, e não subiu ao coração do homem, é o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (I Coríntios 3:9)

O momento é de extrema vigilância e os sinais e avisos já foram trazidos. Qualquer hora Ele bate na porta e qualquer hora do dia, da noite, da madrugada.

“Esquecendo as coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo, para o prêmio…” O PRÊMIO É A COROA.
Paulo, fala que prossegue para a salvação, pois o prêmio (COROA) da soberana vocação de Deus, Paulo afirma que está em Cristo .
A preposição em indica lugar, estar em algum lugar, ou seja, a vocação de Deus está EM Jesus. Ora, a vocação que está em Jesus é a SALVAÇÃO.

Jesus nos ensinou como caminhar para atingir o alvo. Ele não só falou, mas viveu entre nós para nos ensinar a andar no caminho, na direção do alvo do Pai, Ele foi e é nosso mestre. Só Ele é o caminho verdadeiro porque só Ele veio cumprir o Projeto do Pai e cumpriu até o fim.

Para andar nesse caminho e alcançar o alvo temos que ter uma forma de vida diferente:
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gálatas 2:20)

Quando estamos crucificados com Cristo para as coisas deste mundo, a luta não é mais nossa, mas é do Senhor que está em nós, só Ele pode trilhar pelo vale da morte e nos direcionar para o alvo.

Os irmãos em Filadélfia deram curso á Soberana vocação da Igreja que caminhou, prosseguiu nos sete tempos e agora, como sendo a Igreja que recebeu o alerta para o PREPARO PARA O ARREBATAMENTO, A COROA DA VIDA seria preservada PELO CONHECIMENTO DA PALAVRA EM SEUS CORAÇÕES!

“ Desde agora a coroa da justiça me está guardada” Paulo tinha certeza que a Coroa da Vida lhe estava reservada, guardada, pois ela se mantém para que eles que NÃO SÓ SABEM, MAS AMAM A VOLTA DO SENHOR JESUS e vela, cuida, zela, guarda, valoriza o que tem recebido Dele, “nesta vida e no porvir a Vida eterna”.

Esmirna foi fiel até Á MORTE por esta coroa que lhe estava prometida: “Sê fiel até a morte dar-te-ei a Coroa da vida”.

Há um alerta: PARA QUE NINGUÉM TOME A TUA COROA” – Significa que há oposição, para nos tirar a garantia de vida que o Senhor Jesus conquistou para nós na cruz do Calvário.
“Uma vez salvo, salvo para sempre” , é uma Doutrina errônea, pois a Coroa ela deve ser preservada para não perde-la .

Mateus 28:20 – GUARDAR TODAS AS COISAS QUE VOS TENHO MANDADO

Todo o ensino que seria transmitido pelos apóstolos e pela igreja às nações à sua volta teria como fonte o Senhor (“que vos tenho mandado”). Eles entenderam sua função sacerdotal, no sentido de que só poderiam ensinar aquilo que receberam d’Ele (“Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei…”. I Cor 11.23).

Assim, o evangelho pregado não era de Paulo, ou de Pedro, mas do Senhor Jesus, dado por revelação (“… O evangelho, que por mim foi anunciado, não é segundo os homens.
“Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.” Gal. 11-12

A igreja primitiva guardou “todas as coisas”. Guardou e viveu a doutrina dos apóstolos (“E perseveravam na doutrina dos apóstolos…” Atos 2.42).
Ela ensinava a guardar a doutrina que era obedecida voluntariamente pelos servos (“… obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues.” Romanos 6.17).
TODA A LUTA ERA NO SENTIDO DE PRESERVAR A DOUTRINA, POIS A DOUTRINA PRESERVA O CORPO. Assim, a ênfase em guardá-la permeava o ensino apostólico (“Rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles”. Romanos 16.17).

Esse ensino foi entendido de tal forma, que nem a morte nas cruzes, arenas, fogueiras, os faziam abandonar a fé. Eles confirmaram a Doutrina da morte e ressurreição com suas próprias vidas, pois sabia que quem a GUARDA TEM A COROA DA VIDA.
(“… Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” Apoc. 2.10).

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar