Pular para o conteúdo

Você sabia? – Todo casal judeu desejava ter filhos

casaljudeu

Você Sabia?

Todo casal judeu desejava ter filhos. Na realidade, era esse o alvo do casamento. O casal desejava ser lembrado; só através de descendentes isto era assegurado. Morrer sem deixar descendentes podia levar a família toda a ser destruída, esquecida para sempre.

Em II Sm 14.4-7 lemos a respeito de uma viúva que tinha dois filhos. Estes entraram numa terrível briga e um matou o outro. Para fazer o filho culpado pagar por seu crime, os demais parentes insistiram em que ele fosse executado.

A mãe, porém, implorou ao rei que a vida do seu filho fosse poupada: “Assim apagarão a última brasa que me ficou, de sorte que não deixam a meu marido nome, nem sobrevivente na terra” II Sm 14.7.  

Mesmo hoje os árabes palestinos consideram anormal a vida sem filhos. Quando nasce o primeiro filho de um casal, o nome do pai é ampliado de sorte que o nome do bebê se torna parte do nome do pai. Por exemplo, um pai cujo nome do filho é “Daniel”, passa a ser conhecido com “Abu Daniel”, que quer dizer “Pai de Daniel”.

E se um homem está casado há dois anos e sua esposa ainda não se engravidou, ele pode muito bem ser apelidado de “Pai de Ninguém”.