Ilustrações

Ilustração bíblica – Bicho-preguiça

bichoSem Pressa para Escapar da Morte

Bicho-preguiça

Um bicho-preguiça caiu de uma árvore e, em seguida, em um buraco. Algumas pessoas tentaram inutilmente tirá-lo de lá, mas o animal mantinha o corpo mole e dava a impressão da presença de ferimentos irreparáveis, dificultando o resgate. Várias tentativas foram em vão. Mesmo sentindo pena, o dono resolveu dar ouvidos à fria reação do animal em sair do bura­co. Não havia mais como recuperá-lo. Com a idéia de que o bicho passaria a sofrer em função dos ferimentos, o homem desistiu de resgatá-lo e achou por bem enterrá-lo ali mesmo, aproveitando o buraco.

(mais…)

Por chaves, atrás
Ilustrações

Ilustração bíblica – Riqueza não Alcançada

sanduicheRiqueza não Alcançada

Um homem ganhou um cruzeiro pelo mundo. Após fazer as malas, como não tinha dinheiro, preparou um bom número de sanduíches e bastante suco para alimentar-se durante a longa viagem, uma vez que não poderia participar das sofisticadas refeições no restaurante do navio.

Durante muitos dias, ele conseguiu desconversar quando o comandante o convidava para o jantar. Sorrateiramente, o viajante ia para a sua cabine, onde se "deliciava" com sanduí­che e suco caseiro. Não demorou muito para que sua despensa esvaziasse. Passaram-se poucos dias, e ele se viu forçado a pedir ajuda ao comandante.

(mais…)

Por chaves, atrás
Ilustrações

Ilustração bíblica – Responsabilidade do Atalaia

atalaiaResponsabilidade do Atalaia

Diante de uma batalha decisiva para o seu país, o coman­dante do exército, em plena luta, viu-se praticamente derro­tado. Seus soldados estavam sendo dizimados pelo inimigo. O desânimo, em função das consecutivas baixas, deixava seus homens cada vez mais expostos à morte. Mesmo acostumado a sempre vencer, sem ter jamais recuado, o general, no auge do desespero, ordenou ao seu corneteiro que tocasse o comando para que seus soldados recuassem. O soldado titubeou e, pas­sados alguns minutos, já em aflição, o comandante gritou:

— Dê o comando! Toque a corneta!

O soldado parecia inerte e desconcertado.

Já aflito, o general ameaçou levar o soldado à corte marcial caso não tocasse de imediato. Seus homens não conseguiam nem mesmo se recompor, e agonizavam diante do único rumo que poderiam tomar: morrer como heróis de guerra. Por fim, o soldado-corneteiro confessou-lhe o motivo de sua inércia:

(mais…)

Por chaves, atrás
Ilustrações

Ilustrações Bíblicas – Providência na Provação

assaltoProvidência na Provação

Um crente, após receber o seu salário e separar o dízimo, foi para sua casa, no final do expediente. Ao passar por um determinado lugar, foi assaltado. O bandido exigiu todo o di­nheiro, e o irmão não titubeou, entregando todo o pagamento, inclusive o dízimo. Depois de guardar todo o dinheiro nos bolsos da calça, o assaltante, que não estava bem-vestido, gos­tou da calça do irmão e foi logo a exigindo, ameaçando o servo de Deus com uma arma.

— Eu quero também a sua roupa; agora!

O irmão lhe obedeceu. Tirou a roupa, ficando quase nu em plena rua, enquanto o assaltante tirava a sua para vestir-se com as "novas" peças. Por fim, disse ao irmão:

— Para que você não fique assim, tome a minha roupa;
vista-se e desapareça.

O irmão obedeceu. Vestiu-se com a roupa do assaltante e foi para casa.

(mais…)

Por chaves, atrás
Ilustrações

Ilustrações Bíblicas – Tribulação Produz Excelência

perolaTribulação Produz Excelência

A formação de uma pérola nos dá um grande exemplo da excelência produzida pelo sofrimento. Ela é formada a partir de um acidente que acaba por ameaçar a concha. Organismos — parasitas invasores — invadem a concha da ostra perfurando-a e justamente a partir daí dão início ao processo de forma­ção da pérola.

Quando o invasor entra em contato com o tecido, que se caracteriza como defensor da ostra, ocasiona irritação, provo­cando o processo de defesa da ostra por meio da emissão de uma secreção, que forma um círculo em torno do agressor como forma de mantê-lo isolado. Essa substância, conhecida por nácar ou madrepérola (que ou quem gera a pérola) — é o mes­mo produto que produz a concha. A ostra continua o processo de secreção até que a pérola seja formada.

(mais…)

Por chaves, atrás
Ilustrações

Ilustrações Bíblicas – Cego Guiando Cego

cegosCego Guiando Cego

Contava o saudoso missionário norte-americano Lawrence Olson que um cego queria atravessar a rua. Munido de benga­la branca, ele conseguira localizar a esquina onde precisava passar. C) trânsito era muito movimentado, e ali esperou que alguém o conduzisse ao outro lado. Não havia semáforo nesse lugar. Era um dia de chuva, e o número de carros era grande, Em dado momento, percebeu que alguém estava ao seu lado. Então se sentiu seguro e colocou a mão na mão do estranho. Ambos iniciaram a travessia do perigoso local. De repente ou­viu-se o ruído duma brusca freada, seguido por um baque seco. Outros carros também frearam na tentativa de evitar outros acidentes.

(mais…)

Por chaves, atrás