Ilustrações bíblicas – João 3.16

 

João 3.16

O pastor José Wellington conta que certo garoto, que mo¬rava nas ruas da capital paulista, numa noite de muito frio, estava deitado em uma escadaria — após um dia de tentativas frustradas de vender guloseimas em semáforos da cidade — quando foi abordado por um policial.
Você está com frio? — perguntou-lhe o soldado.
Sim, estou com muito frio e até preocupado. Durmo numa caixa de papelão, e pelo jeito essa madrugada fará muito frio.
Olha, segue essa rua direto, até chegar a uma casa toda branca. Ao reconhecê-la, toque a campainha e quando alguém atender diga somente: “João 3.16” — orientou-lhe o militar.
Após certificar-se de que acharia a tal casa, o garoto come¬çou a caminhar, sem saber o significado daquele “código”. Ao encontrar o local, tocou a campainha, sendo atendido por uma mulher.
João 3.16 — disse o garoto.

Leia maisIlustrações bíblicas – João 3.16

CONVITE À COMUNHÃO – Rute 02:14

CONVITE À COMUNHÃO

 Rute 02:14

Introdução:

O livro de Rute é um dos livros mais maravilhosos, porque nos fala do amor, da fidelidade, e da obediência de uma mulher, que entendeu e alcançou valor da herança e o significado do projeto do Senhor para a sua vida. Que abandonou tudo; sua terra, seu povo e os seus deuses, para servir a um único Deus, o Deus de Israel. Deixou todo para trás e foi em busca do bem maior, a herança prometida.

Leia maisCONVITE À COMUNHÃO – Rute 02:14

O SOCORRO – SALMO 23:1

O SOCORRO

SALMO 23:1  

O objetivo deste estudo é demonstrar que o socorro que se pratica na Igreja tem a sua base, o seu fundamento na Bíblia. Não se trata de filantropia, mas é algo que vem da eternidade porque é bíblico.

O início.

Desde as primeiras conversões já podemos ver a prática do socorro dentro da Igreja. (At. 2:44 a 46 / 4:32 a 35 )

O socorro nasce com a Igreja primitiva dando continuidade àquilo que Jesus fez durante todo o seu ministério. O Senhor Jesus não deixou de socorrer a ninguém, todos os que o procuravam recebiam a benção.

A finalidade.

O socorro surge na Igreja como uma necessidade de fortalecimento, e porque não dizer, de sobrevivência da própria Igreja, porque ela iria passar por grandes dificuldades em meio a um mundo totalmente hostil a ela. 

Leia maisO SOCORRO – SALMO 23:1