Isaías 38:17 – ABRAÇASTE A MINHA ALMA

ABRAÇASTE A MINHA ALMA

“ Eis que, para minha paz, eu estive em grande amargura; tu, porém, tão amorosamente abraçaste a minha alma, que não caiu na cova da corrupção, porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados. ” (Isaías 38:17)

O Texto é uma expressão de louvor de Ezequias, um louvor gerado após uma grande angústia; a angústia de morte que ele descreve como amargura. O profeta havia lhe dito uma palavra vinda de Deus: “Morrerás e não viverás”, falava de duas mortes e não o morrer e viver para Cristo, assim o Espírito Santo hoje dá ao homem a consciência do fruto de seu pecado, o dano da segunda morte.

Ler maisIsaías 38:17 – ABRAÇASTE A MINHA ALMA

Novidades do site

Assine e confirme no seu email