JESUS, JUSTO JUIZ – II Timóteo 4:8

 

JESUS, JUSTO JUIZ

II Timóteo 4:8

“Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”

 

INTRODUÇÃO

Hoje com todo avanço da tecnologia, o homem já conseguiu mudar muitos de seus conceitos sobre a vida, mas o maior inimigo do homem hoje é a certeza de que ele vai morrer.

O homem necessita da Salvação porque sendo pecador, o pecado que nele está após ser consumado, gera morte. Por isso todo projeto de Deus está revelado na pessoa de seu Filho Jesus como aquele que pode dar vida eterna ao homem.

O texto nos fala de uma recompensa que Deus tem para aqueles que o buscam: “A coroa da justiça”.

 

REVELAÇÃO

Esta coroa é o resultado da nossa busca pela Salvação. Mas ela não é concedida por homens, nem através de religião, mas sim pelo Senhor Jesus que é apresentado como sendo Justo Juiz, aquele que nos justifica de todo pecado.

A justiça de Deus não está apoiada em obras que os homens possam praticar, mas no sangue de Jesus que ao ser derramado na cruz, pode livrar a todos os homens da condenação que há no pecado.

Jesus conquistou o direito de ser chamado “Justo”, porque ele é o único que tem poder de justificar todo aquele que vem até ele.  Com ele não há pecado algum.

Justo juiz porque não julga segundo a lei de morte, mas segundo a sua palavra de vida. “Eu vim para que tenhais vida” João 10:10.

A palavra diz também que ele é juiz, ou seja, aquele que pode absolver todo aquele que nele crer, isto é, em Jesus não há condenação, (“…dos teus pecados não me lembro mais” Hebreus 8:12). Esse poder foi concedido pelo Pai, que fez com que toda plenitude habitasse no Filho, diferente dos juízes humanos que julgam pelo que apresentam a eles. Jesus como juiz, ele não julga o homem, mas sim o justifica diante do Pai, aquele que nele crê.

Haverá um dia em que Deus trará toda obra a juízo, daí a urgência de nos aproximarmos do Senhor Jesus e de entregarmos a Ele toda a nossa vida, para recebermos dele, o Justo, a justificação e para que como Juiz, ele nos livre da condenação que há no pecado.

Quando cremos na sua Palavra, e a obedecemos, saímos da condenação e passamos da morte para a vida, e recebemos d’Ele a coroa da justiça.

Gostou? Então compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho