Image is not available

O mais novo Livro do Portal Revelação

Este Livro foi desenvolvido especialmente para Senhoras que se dedicam ao ensino e estudo da Palavra. São 300 páginas e mais de 100 mensagens e estudos voltados para o trabalho de Senhoras.

Image is not available

O Livro do Obreiro novato

A Coletânea de Mensagens Bíblicas tem como objetivo de fornecer orientações e modelos de mensagens para o obreiro. São mais de 330 páginas de conteúdo exclusivo.

Lucas 23:42 - A Lembrança do Tempo

tempoA LEMBRANÇA E O TEMPO

"E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino." Lucas 23:42

INTRODUÇÃO

O sentimento que todo homem tem sobre a morte é o esquecimento. Muitos são lembrados como figuras célebres, mas lembrados para esta vida. Lembrados por um tempo. São duas coisas que preocupam o homem, que o inquietam: A lembrança e o tempo.

DESENVOLVIMENTO

Todo homem quer ser lembrado. A lembrança dá uma impressão ao homem de que valeu a pena seus esforços nesta vida, o que ele construiu, o que fez. O homem só não se preocupa em ser lembrado no dia do arrebatamento.

Quando o homem quer ser lembrado?

Por que estais dormindo? - Lucas 22:46

Por que estais dormindo? dormindo.jpg

E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação.

Lucas 22:46

INTRODUÇÃO:

No texto acima, Jesus orienta os discípulos dando uma ordem: Levantai-vos, e orai.

O texto nos mostra que tal ordenança é para que eles não entrassem em tentação, não perdessem o foco daquilo que era profético.

Muitas coisas estavam ao redor, por isso a preocupação de Jesus para que independente do que passassem a comunhão fosse preservada.

Lucas 12:16-20 - O Rico Insensato

rico insensatoO Rico Insensato

       Lucas 12:16-20

                        Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?

Introdução

                A parábola do rico louco (perdeu a razão ou é insensato). Demonstra o fato de que a busca pelo material não é a coisa principal na vida do homem.

O homem prospera, guarda muito dinheiro e constrói um grande patrimônio. Tudo planejado para usufruir e descansar, beber, comer e se divertir.

            A grande pergunta é: “...e o que tens preparado, para quem será? ”

Lucas 13:10-17 - A Mulher encurvada

A Mulher encurvada

Lucas 13:10-17

Introdução

Jesus mostra neste texto que certas enfermidades são efeitos direto da ação de opressão maligna. O sofrimento desta mulher com problema na coluna, andando curvada foi um exemplo. Contudo é importante salientar que diante de todas as dificuldades o Senhor tem uma solução para o seu nome seja glorificado e haja gratidão e reconhecimento por parte do homem.

Lucas 23 : 33-42 - A Crucificação – Jesus entre os malfeitores

A Crucificação – Jesus entre os malfeitores

Tema: Salvação

Objetivo: Mostrar Jesus como a oportunidade que Deus dá ao Homem

Texto Base: Lucas 23 : 33-42

INTRODUÇÃO:

A crucificação do Senhor Jesus ocorreu durante a festa da páscoa. A páscoa representava a libertação da escravidão, a saída do Egito. Nessa festa um cordeiro deveria ser morto. Na saída do Egito o sangue do cordeiro foi a garantia de vida na casa dos hebreus, e, na crucificação, Jesus, o cordeiro pascoal, se entregou voluntariamente, para que pelo seu sangue o homem pudesse alcançar a vida eterna.

A profecia estava se cumprindo: “...Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1:29). Jesus se deu em sacrifício – o sacrifício perfeito. E pelo sacrifício dele, pelo seu sangue, uma nova oportunidade de vida foi dada ao homem.

Lucas 15:11-12 - Certo homem tinha dois filhos

Certo homem tinha dois filhos

Lucas 15:11-12

       “Disse-lhe mais: Certo homem tinha dois filhos. O mais moço deles disse ao Pai: Pai dá-me a parte dos bens que me toca

       Repartiu-lhes pois, os seus haveres”.

       O Filho só tem direito à herança com a morte do pai, e é quando se prepara o inventário e a partilha dos bens. Para este filho, na verdade, era como se o seu pai estivesse morto, não o amava, pouco importava para ele se o seu pai estava vivo ou morto, rejeitava o amor, o carinho e a proteção do seu pai. É assim, também, que ao longo da história, o homem do mundo (incrédulo) tem se comportado. Para o mundo, Deus (o Pai) está morto, rejeita o seu amor, carinho e proteção, enfim, a sua salvação. CRISTO VIVE! Foi esta a grande descoberta que as três mulheres fizeram quando na manhã do 3º dia foram ao sepulcro e ouviram o anjo dizer-lhes: “não está aqui, já ressuscitou”. ELE VIVE! O PAI ESTÁ VIVO! SEU NOME É EMANUEL! DEUS CONOSCO”.