A resplandecente estrela da manhã – Apocalipse 22:16

Apocalipse 22:16  “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.”

TEMA: A RESPLANDECENTE ESTRELA DA MANHÃ.

 

INTRODUÇÃO

Todo louvor, honra e glória, sejam dadas ao Rei dos Reis, ao Senhor dos Senhores, aquele que Reina e Reinará eternamente.

Está é a alegria da Igreja Fiel, ofertar ao Rei dos Reis toda a sua gratidão, a sua adoração o seu louvor àquele que a remiu, aquele que fez dela identidade sua, através do seu sangue, ao Deus Justo (O Sol da Justiça) que a julgará com justiça, ao Eu Sou, ao Alfa e o Ômega, A Rosa de Sarom, e O Lírio dos Vales, A Brilhante Estrela da Manhã, ao Leão da Tribo de Judá.

A Ele só a Ele a nossa gratidão e o nosso louvor.

DESENVOLVIMENTO

Na caminhada do Seu povo no deserto o Senhor Deus fala numa profecia a respeito do Senhor Jesus, daquele que viria para reinar e usa a expressão estrela.

“Vê-lo-ei, mas não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto, uma estrela procederá de Jacó, e um cetro subirá de Israel”. (Números 24:17).

A promessa de que a estrela (Jesus) procederia do trono de Jacó, também é feita a Davi.

“A tua casa e o teu reino serão  firmado para sempre diante de ti, teu trono será firmado para sempre”. (II Samuel 7:12).

O povo na caminhada foi vencedor. Passou por grandes lutas, grandes obstáculos, mas tomaram posse da promessa feita a eles, chegaram a Canaã, a terra prometida por Deus.

Jesus nasce da descendência de Davi, como fora profetizado. Os anjos anunciam seu nascimento de forma gloriosa. Os magos viram a estrela que apareceu a eles como sinal e vão a Belém para adorá-lo. A estrela que viram no Oriente ia adiante deles até chegarem ao lugar onde estava o menino (Jesus).

A igreja se desponta, cresce, cai na graça do povo, mas é provada, passa por lutas, perseguições.

Os apóstolos e discípulos são usados com poder, são honrados pelo Senhor, mas vão para as prisões, cova dos leões, fogueiras, mas o nome do nosso Deus era exaltado.

João pastoreava a igreja de Éfeso, foi levado preso e desterrado para a Ilha de Patmos.

Em Patmos João foi arrebatado em espírito e em visão recebeu as revelações do Apocalipse. Vê Jesus glorificado, vê a respeito das sete igrejas da Ásia, vê a nova Jerusalém.A igreja  de Tiatira  vivia em meio ao engano, mentira, feitiçaria, idolatria, prostituição, falsos profetas. A ela foi feito uma promessa “Ao que vencer, dar-lhe-ei a Estrela da Manhã”. (Apocalipse 2:28).

A Estrela da Manhã (Jesus) nos fala de um novo dia, um novo amanhecer, uma nova vida para a igreja (a eternidade). O encontro da igreja com o Senhor Jesus, A grande vitória, o Sentido da igreja.

O Senhor depois mostrou a João a Nova Jerusalém, faz algumas admoestações e promessas, Ele fala: “Eu Sou a Raiz e a Geração de Davi a resplandecente Estrela da Manhã”.

 

CONCLUSÃO

Vivemos o período profético, período da meia-noite, momentos de provas, aflições e lutas.

Estamos caminhando no deserto, porém se aproxima o término da caminhada. A promessa está próxima a se cumprir, o Senhor Jesus virá e veremos “A Resplandecente Estrela da Manhã”.

Tudo se fará novo, então louvaremos, cantaremos com os anjos na eternidade.

“Deus limpará dos nossos olhos toda a lágrima…” (Apocalipse 21:4).

“E verão o seu rosto, e na sua testa estará o Seu Nome”. (Apocalipse 22:4).

Gostou? Então compatilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *