Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

Jesus, o jubileu eterno – Levítico 25:13

JESUS O JUBILEU ETERNO
Levítico 25:13 “Neste ano do jubileu tornareis cada um à sua possessão.”

INTRODUÇÃO

Deus quando ele libertou o povo com a suas mãos de poder da escravidão do Egito, Deus fez para o seu povo um calendário e no calendário do Senhor tinha suas festas pois o nosso deus é um Deus de festas! E não foi diferente conosco quando o senhor nos libertou deste mundo, ele fez para conosco um calendário onde andaríamos segundo a vontade do senhor.

No calendário do Senhor ele abre portas, cura enfermidades, vidas são restauradas.

DESENVOLVIMENTO

Umas  das  festas  no  calendário  do  Senhor   era  o  ano  do  jubileu que  se  comemorava   no quinquagésimo ano no ano 50 era ano de redenção de paz de júbilo de alegria, pois no ano do jubileu aquele que tinha perdido sua herança ou tinha vendido suas terras a terra voltaria para seu verdadeiro dono.

Escravos eram libertados das prisões, cadeias eram abertas, não havia mais dívidas. O Senhor Jesus é o nosso  jubileu  celestial  pois  com ele  tomaremos  posse  da  herança perdida, não somos mais escravos pois o preço foi pago na cruz do calvário.

CONCLUSÃO

O jubileu da Igreja é a eternidade! Quando faltava 40 anos, 20, 15 anos para o jubileu a terra tinha valor, *valia uma fortuna, pois você tinha tempo para trabalhar com a terra mas na medida que os anos se passava que se aproximava o jubileu a terra ia perdendo o seu valor, porque voltaria para seu verdadeiro dono quando faltava um mês, dois a terra já não valia mais nada.

Quanto mais valor você dá as coisas dessa terra, mais longe a sua vida está da eternidade, *do jubileu eterno.

Quanto menos valor tem esta terra para você, mais próximo você estará do jubileu celestial.

“neste ano do jubileu tornareis cada um à sua possessão.”

Pois  no jubileu  da  Igreja receberemos  por posse a coroa eternal,  o  galardão *incorruptível,  e celebraremos cantando com júbilo ao Deus da glória!

 

 

 

 

 

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar