Ilustrações bíblicas – O Pastor do Salmo

Ilustrações bíblicas – O Pastor do Salmo

O Pastor do Salmo

Durante uma principesca festa, na casa de um nobre in­glês, solicitaram de um famoso ator que recitasse algo para alegrar os presentes. Como era um homem dotado de excelen­tes qualidades, fez questão de pedir que escolhessem a peça que deveria ser recitada. Após a breve pausa, um senhor, mi­nistro evangélico, ergueu a voz e propôs:

— Poderia o amigo declamar o Salmo 23?

Seguiu-se o silêncio, mas o ator não desapontou, e apro­veitou para, talvez, surpreender o ministro.

— Vou fazê-lo se o senhor prometer que também o recitará
depois de mim.

Ele concordou, e o ator passou a declamar com sua empol­gada voz, dicção perfeita e todos os pontos e vírgulas devida­mente espaçados, numa leitura bem audível e cheia de gestos elegantes, fascinando os presentes. Quando concluiu, o salão todo ecoou a aclamação num frenético delírio pela beleza da apresentação daquele verdadeiro artista.

Ao terminar os aplausos, o velho pastor levantou-se e co­meçou a falar, com voz trêmula e afônica, sem aquela pompa emocionante do artista que o precedera. Porém, quando ter­minou, ninguém ousou bater palmas, embora todos estives­sem com os olhos cheios de lágrimas. De cabeças curvadas, reverenciavam e demonstravam temor a Deus.

Com a voz embargada e demonstrando muita emoção, o ator voltou a falar. Colocou a mão no ombro do pregador do evangelho e disse-lhe:

— Eu alcancei os vossos olhos e ouvidos, mas este homem tocou-vos o coração. Conheço o salmo do Pastor, porém ele conhece o Pastor do salmo.

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará… Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda (Sl 23.1,5).

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email