Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :

BÍBLIA – A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA

A PALAVRA DE DEUS

               (PRINCIPIANTES)

               TEXTO BÁSICO DA 2ª AULA: Heb 4:12, 13.

               1 –           Mt 16:18, 19 (Petros e Petra).

              

               Texto em Português                                       Pronúncia em Grego

               Tu és Pedro                                                     Su ei Petros

               E sobre esta Pedra                                           Kai epi tautê tê Petra

               Edificarei                                                          Oicodomêsu

               A minha Igreja                                                   Mu ten eclesian

              

 

               O texto bíblico nos mostra no original, o significado exato daquilo que Jesus quiz dizer quando proferiu estas palavras para Pedro. Ele não disse que Pedro seria o fundamento da Igreja, mas um simples componente dela (Petros- pequena pedra).

               O fundamento seria aquela afirmação de Pedro de que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus vivo. Firmada nesta Revelação a Igreja seria edificada (Petra-Rocha).

               A religião sem Revelação, não entende nada e é capaz de tirar conclusões, as mais absurdas. Jesus falou em seguida que daria as chaves do reino dos céus a Pedro. Daí a religião passou a afirmar que Pedro é o “Porteiro do céu”, e que só entra no céu quem ele quiser. Raciocinando assim alguém pode pensar que não precisa de Jesus para entrar no céu, basta falar com Pedro, ser amigo dele, no mês de junho soltar uns foguetões prá ele, e está tudo resolvido. É como o garoto que entra no campo de futebol por baixo da roleta, mesmo sem conhecer o dono do campo, apenas conhecendo o porteiro.

               As chaves que Jesus deu a Pedro, foram as mensagens reveladas que foram entregues no dia de Pentecostes, onde 3 mil almas se converteram e tiveram as portas do céu abertas para elas; na porta Formosa após a cura do paralítico, onde mais cinco mil creram e entraram no reino dos céus, e depois na casa de Cornélio e em tantos outros onde o Senhor mandou Pedro usar as chaves. Hoje em dia o Senhor também nos tem dado essas chaves, pois a porta dos céus tem sido abertas para muitos nos nossos cultos cada noite.

              

               2 –           Comentários sobre Gên 1:1 – A gematria na língua hebraica e as revelações existentes no texto.

              

               3 –           Salmo 119:105

      “Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra…”.

               Os pés falam de caminhada, são eles que eu uso para caminhar.

               A lâmpada é a Palavra. Para que eu tenha condições de caminhar para a Eternidade, eu preciso estar de acordo com a Palavra, minha vida tem que estar firmada na Palavra.

      “… E luz para o meu caminho”.    A luz é a Revelação, é aquilo que vai me mostrar o caminho que devo seguir e tornar minha caminhada dinâmica. A consulta à Palavra é a forma através da qual eu vou obter a “Luz para o meu caminho”.

              

               Experiência 1 – Uma senhora não cria na consulta à Palavra, e uma noite sonhou que se encontrava num barco, perdida no meio do mar, em uma tempestade. Na ocasião ela passava por um momento difícil na sua vida. No sonho ela via junto ao timão do barco, uma Bíblia aberta, e o vento virava suas páginas e quando ela lia o que estava escrito, descobria as manobras que deveria dar no barco, e depois de várias viradas de páginas, ela conseguia sair daquela tempestade e chegar em um lugar seguro. A partir desse dia passou a crer e a viver a consulta à Palavra.

               Experiência 2 – Um irmão no Rio procurava um terreno para comprar para a Igreja, descobriu um mas não conseguiu localizar o proprietário. Estava quase desistindo quando consultou se deveria fazê-lo. O Senhor respondeu: “Entra neste negócio, porque ele te pertence por herança”. O irmão insistiu e descobriu num cartório antigo, numa rua estreita, que o terreno era de um parente seu que havia morrido a muito tempo, e que ele era o legítimo herdeiro daquele terreno.

               Experiência 3 – O irmão queria vender seu carro que estava batido. Para melhorar o aspecto do carro, mandou fazer um serviço rápido e mal feito, e o colocou à venda. Outro irmão apareceu interessado em comprá-lo, mas ele com a consciência pesada consultou ao Senhor para ver se devia vender o seu carro àquele irmão. O texto tirado foi: “Se estando inteiro para nada servia, quanto mais agora que está quebrado”.

               Experiência 4 – Uma irmã procurou o pastor, que era médico, para fazer um tratamento para perder 35 kg. Quando ela perdeu 30 kg, voltou a se consultar e disse que ia parar o tratamento, pois o Senhor a havia revelado. O pastor perguntou como o Senhor havia feito aquilo. Ela disse que abriu a Palavra e o Senhor respondeu em Jó 16:8.

              

               4 –           Durante a sua história, a Igreja viveu três grandes experiências:

              

               A primeira foi com a Ressurreição. Esta era a grande mensagem da Igreja primitiva. Era o assunto principal das cartas de Paulo. A esperança dos servos naqueles dias estava na ressurreição, pois Jesus havia ressuscitado e prometido que todos os seus servos também ressuscitariam.

               Depois de alguns séculos a Igreja esfriou espiritualmente, e a terceira grande experiência ocorreu na idade média, quando Lutero descobriu a Palavra que estava trancada nos mosteiros católicos, e a traduziu e divulgou para todo o mundo. A descoberta da Palavra deu um novo ânimo à Igreja, e ela continuou sua marcha.

               Hoje nos estamos vivendo a terceira e última grande experiência da Igreja. A descoberta da Revelação. O Espírito Santo guardou esta experiência para a Igreja da última hora, pois ela viveria dias difíceis e precisaria da Revelação, da sua Luz, para caminhar segura. O Senhor tem dado esta experiência a esta Obra, porque os dias estão se abreviando, logo a Igreja será arrebatada para estar com o Senhor eternamente.

 

               I – A Bíblia foi escrita em duas línguas básicas, o Hebraico (Velho Testamento) e o Grego (Novo Testamento).

               Os antigos hebreus não usavam números, por isso as letras tinham um valor numérico também.

               O estudo numérico das letras chama-se GEMATRIA.

              

               II – Análise do primeiro versículo da Bíblia:

              

               1- O primeiro versículo da Bíblia apresenta diversas particularidades que provam que ela foi realmente inspirada por Deus. Notamos a presença constante dos números 3 (Trindade) e 7 (perfeição).

              

               2- A frase toda tem 7 palavras.

              

               3- A soma dos valores de todas as letras do versículo é 2.701 – 37 x 73

              

               4- A soma dos valores dos substantivos DEUS + CÉUS + TERRA – 777

              

               5- A palavra BERESHIT (No princípio) aceita 70 transliterações diferentes, dando origem a novas palavras. Ex:

              

               RESHIT – Princípio (_)     JESUS

               SHERIT – Fim         (_)

               SHIRTAEV – Cântico, louvor.

               SHITOV – Anelava, desejava.

               BRITESH – Pacto de fogo (Batismo com o Espírito Santo)

              

               6- A Trindade é revelada nas três primeiras letras do versículo:

                  1ª letra – bete (_), usada na palavra BEN – Filho.

                  2ª letra – rexe (_), usada na palavra RHUA – Espírito.

                  3ª letra – álefe (_), usada na palavra ABBA – Pai.

              

               7- O verbo BARÁ (Criar a partir do nada, para existir por um período de tempo) é formada pelas três primeiras letras da Bíblia, mostrando o poder criador da Trindade.

              

               8- As letras do versículo cabem numa pauta, exceto a letra Lâmede (_) da palavra ELOHIM (Deus Trino), que passa a pauta para cima, e a letra Tsad (_) da palavra HERETZ (Terra), que passa a pauta para baixo. As coisas de Deus apontam para o alto, para a Eternidade, e as da terra apontam para baixo.

              

               9- A letra Chim (_) é a única com três pontas para cima e seu valor numérico é 300.

                        10- Cada 210 letra do Pentateuco é uma letra da palavra ELOHIM (Deus Trino).

Gostou? Então compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Buffer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar