2ª Aula: Oração – Para novos convertidos

2a Aula: Oração

 

DESENVOLVIMENTO

1 – Introdução: Esta aula visa mostrar à classe a importância e ao mesmo tempo a simplicidade da oração. Mostrar também que só é possível construir uma vida espiritual estruturada através da oração.

2 – Definição: Oração é a forma, a maneira de falarmos com o Senhor. Então todas as vezes que nos dirigimos ao Senhor nós estamos orando.

 

3 – As formas de oração: Existem 3 tipos de oração

3.1 – Clamor. Vimos alguma coisa sobre este tipo de oração na aula passada. Clamor é uma oração veemente, algo que parte do fundo do coração. É uma oração urgente, que necessita de resposta imediata. Ex. O clamor no início do culto.

3.2 – Louvor. É uma oração de agradecimento, de exaltação. Então todas as vezes que agradecemos ao Senhor, nós estamos louvando-o. Este é um tipo de oração que muito agrada ao Senhor, pois o homem tem a mania de pedir muito e agradecer pouco (mostrar a importância do culto de 2a feira).

3.3 – Intercessão. É a oração feita por outra pessoa ou motivo que não seja eu próprio. Então todas as vezes que oramos por alguém, ou por algum motivo da obra (Maanaim, culto, reunião, etc.) nós estamos intercedendo.

Obs. Procurar mostrar com exemplos a importância de cada uma destas formas de oração.

4 – Como orar. Com fé. (Sem fé é impossível agradar a Deus) A oração, para ser agradável ao Senhor, tem que ser com fé, reverência e temor.

Em nome de Jesus; Muitas pessoas oram diretamente para Jesus, mas isto não é correto, pois o próprio Senhor Jesus mostrou-nos a forma correta de oração: Orar ao Pai e terminar em nome de Jesus (Jo 16: 23).

5 – As 3 possíveis respostas do Senhor: Sim. Ocorre quando pedimos algo ao Senhor que está no projeto dele, ele então nos concede o que estamos pedindo. Não: Quando pedimos algo que não está no projeto do Senhor para nós. Espera: Quando pedimos algo que o Senhor tem para nós, mas ainda não é o momento de recebermos a benção. Ele então nos manda aguardar.

6 – Considerações: Sobre oração é importante estarmos atentos a alguns detalhes.

Primeiro: Nossos cultos têm ordem. Assim sendo se o condutor do culto pede uma glorificação, nós devemos somente glorificar e não pedir nada. O mesmo ocorre quando é pedida uma intercessão.

Segundo: Orar na igreja não é permitido só a quem é batizado, mas a todos que estejam em comunhão com o Senhor. Mas é importante salientar que como nossos cultos são pequenos, as orações também devem ser curtas, objetivas.

Terceiro: Os detalhes mostrados nesta aula, embora possam parecer sem importância, devem ser considerados, pois se eles não fossem importantes, não estariam na Palavra. (“Pedis e não recebeis porque pedis mal”).

7 – Conclusão: A oração é essencial para nosso crescimento espiritual, também para a prosperidade da obra. O Senhor nos chama para sermos servos de oração.

 

Gostou? Então compartilhe

Deixe um comentário

Novidades do site

Assine e confirme no seu email