coletanea-de-estudos-biblicos-vol-6

coletanea-de-estudos-biblicas-vol5

coletanea-de-mensagens-biblicas-vol2

coletanea-de-senhoras

coletanea-de-mensagens-biblicas-vol1

 

 

contas-premium-2-meses-livrocontas-premium-de-1-ano contas-premium-6-mesescontas-premium-1-mes

 

LIVRO DE JOÃO

 

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho Unigênito, para que todo o que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna.”   João 3:16

Introdução:

  • O livro de João é o evangelho do amor. É o evangelho que revela O Filho de Deus, o projeto de Salvação do Pai, através do Filho e o amor por todos os homens, e não somente ao judeu.
  • O livro foi escrito aos gentios, à igreja fiel. Por isso é fala de Jesus, que é desde o princípio. Ele oferece o Deus de Israel, o Deus verdadeiro, a todas as tribos, raças e nações - agora o Deus Altíssimo, o Deus Presente, o Deus Verdadeiro, O Senhor, não é mais só das doze tribos, filhas de Jacó, não pertence só à raça judia e não é mais apenas o Deus de Israel - todos nós fomos comprados por Ele através do sangue de Jesus, e fomos feitos filhos de Deus, co-herdeiros com Cristo, o Primogênito.
  • O versículo 16 do capítulo 3 é o resumo do livro. Ele fala que do tamanho do amor de Deus; apresenta Jesus como Seu Filho; e confirma-o como salvador de todo homem e não só do judeu.


Finalidade:

  • Para que todo homem venha a conhecer que O Senhor tem um projeto de Salvação estabelecido desde o princípio. João 1:1-4.

Considerações sobre o livro:

 

a] João apresenta Jesus como O Filho de Deus; então quando lermos o livro devemos ver em Jesus o Filho de Deus, que veio para cumprir sua parte no acordo que fez com O Pai na eternidade quando Adão pecou: morrer no lugar do homem, para dar ao homem direito novamente à vida eterna.

b] O livro por apresentar Jesus como O Filho de Deus, não tem genealogia, como Mateus e Lucas, mas fala que Ele é Eterno, assim como O Pai (João 1:1);

c] O livro foi escrito aos gentios. E a igreja de hoje, que nós estamos é fruto dos acontecimentos descritos neste livro;

d] Jesus é apresentado aqui como O Filho de Deus. Ezequiel no capítulo 2 narra também uma visão que teve do Senhor e o apresenta como um ser que tinha quatro faces - Homem, leão, bezerro e águia e o significado disto é que Jesus tem sua morada nas alturas (eternidade); não habita com o homem na terra, mas que se manifesta no seu meio através do seu Espírito Santo (Deus Onipresente); também fala de sua majestade, força e poder (Deus Onipotente); e de olhos que tudo vê (Deus Onisciente)

e] Quando as tribos no deserto, antes de entrarem em Canaã, acampavam-se ao redor do Tabernáculo, três tribos ficavam do lado direito: Gade, Simeão; Rubem. Representando Aquele que está à destra (à direita) do Pai, na Eternidade.

f] Quando Rubem nasce, sua mãe, Lia, profere estas palavras; ‘O Senhor atendeu à minha aflição, por isso agora me amará o meu marido”. ® Rubem é o primogênito de Jacó, tipificando Jesus, o Primogênito e Unigênito de Deus; Lia é a igreja gentia, e ela reconhece o amor do Pai, enviando-lhe a salvação e fazendo dela a esposa, ou seja a noiva de Jesus.

. Em gênesis 49:3-4, lemos: “Tu és meu primogênito, minha força e as primícias do meu vigor, o mais excelente em altivez e o mais excelente em poder.”

 

g] Quando Simeão nasce, sua mãe, Lia, profere estas palavras: “soube O Senhor que eu era preterida” Ô Isto significa que O Senhor viu a situação do povo gentio e o amou. Embora amasse mais ao judeu, socorreu todos os homens, com o seu amor (Gen 30:33);

h] Então leremos o livro observando o Filho de Deus, que veio cumprir sua parte no acordo feito para salvar todos os homens.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Categoria: Igreja