AS SETE QUEIXAS DE DEUS PARA COM O HOMEM Texto: Isaías 43: 23 - 25

 

AS SETE QUEIXAS DE

DEUS PARA COM O HOMEM

Texto: Isaías 43: 23 - 25

 

 

INTRODUÇÃO - Do mesmo modo que o Senhor inicia o livro do profeta Jeremias, o Senhor protesta contra aqueles que viram as costas para Ele, rejeitando a sua bondade, paciência e misericórdia; oferecendo depois o perdão e a vida eterna gratuitamente.

 

O Senhor fala no texto em questão, de todas as coisas que o homem deveria Lhe dar, por dever, mas que durante toda a vida, às vezes nem se lembra.

 

  1. NÃO ME TROUXESTE O GADO MIÚDO DOS TEUS HOLOCAUSTOS... - Deus reclama do homem por falhar em lhe dar o mínimo; como por exemplo, a gratidão pela vida, pelo alimento diário, pela saúde e pelos livramentos, pelo emprego e outras coisas que são providenciadas pelo Senhor todos os dias. O gado miúdo consistia em pombas e rolinhas que não custavam quase nada, mas que tinham grande valor para o Senhor, quando ofertadas de coração. As pessoas às vezes lembram de oferecer coisas aos seus ídolos, mas se esquecem totalmente de quem realmente faz tudo por elas.

 

  1. NEM ME HONRASTE COM OS TEUS SACRIFÍCIOS... - O povo de Israel sacrificava em reconhecimento dos seus pecados, derramando o sangue dos cordeiros sobre o altar, e desta forma prestando um culto de adoração e honra ao Senhor. As pessoas hoje em dia não reconhecem os seus pecados e por isso não buscam o perdão, nem clamam pelo sangue de Jesus, o qual foi dado como sacrifício por todos os homens, e não cultuam nem honram a Deus através do seu Cordeiro Eterno. Quando alguém clama pelo sangue de Jesus está honrando a Deus e tomando posse do verdadeiro e único sacrifício; está prestando um culto de adoração ao Senhor e entrando na Sua presença através do único e verdadeiro caminho determinado por Ele mesmo. No entanto o homem pecador não atenta nem cumpre estas coisas, e por isso não conhece a vida eterna.

 

  1. NÃO TE FIZ SERVIR COM OFERTAS... – O Senhor é verdadeiramente o dono de todas as coisas, o céu e a terra pertencem a Ele. A Palavra exorta a honrar o Senhor com a nossa fazenda e com as primícias de toda a nossa renda. Isto quer dizer que Deus dá tudo ao homem, mas espera que ele o sirva com “seus bens”, ofertando seus recursos para a realização de Sua Obra. Mas a maior oferta que alguém pode dar ao Senhor é a sua vida. Deus, porém, não obriga ninguém a servi-lo, não impõe ao homem que lhe dê “ofertas”, mas se alegra quando o homem, em reconhecimento à sua graça O serve voluntariamente.

 

  1. NEM TE FATIGUEI COM INCENSO... – O incenso tipifica a adoração e a oração. Eles indicam o reconhecimento da Grandeza de Deus, a dependência e a confiança na Sua Pessoa Maravilhosa. O homem natural vive como se o Senhor não existisse, e nada Lhe pede, nem O tem como Pai. Ele despreza o favor do Senhor e acha cansativo estar todo o tempo a Lhe pedir as coisas de que necessita. O homem natural prefere alcançar tudo por conta própria, por isso ele vive angustiado e não aprende a descansar no Senhor. Deus não tem cansado ninguém, insistindo para que o adorem e o sirvam, mas tem respeitado o livre arbítrio que Ele mesmo concedeu ao homem.

 

  1. NÃO ME COMPARASTE POR DINHEIRO CANA AROMÁTICA... – A cana aromática é tipo da pessoa que é salva pelo Senhor, cujo testemunho e fé tornaram-se agradáveis a Ele. Muitas vezes precisamos usar nossos recursos materiais e trabalhar duro para levar uma pessoa a se tornar uma “cana aromática”, mas há pessoas que nunca se desprendem de suas riquezas e bens, para alcançar vidas preciosas para o Senhor, seu dinheiro serve apenas para o seu conforto e deleites materiais.

 

  1. NEM COM A GORDURA DOS TEUS SACRIFÍCIOS ME ENCHESTE... – A gordura do sacrifício, quando queimava, subia como aroma suave até a presença do Senhor. Isto representa o louvor que é devido ao Senhor. A Palavra diz: “Tudo que tem fôlego, louve ao Senhor”. Mas muitos não reconhecem que ele merece o louvor e a glorificação. O simples fato da existência do homem e de sua vida, já é motivo de ele louvar ao Senhor. As pessoas sempre estão dispostas a louvar seus ídolos, mas nunca despertam para a realidade de que só há um que é digno de louvor: O Senhor Jesus.

 

  1. MAS ME DESTE TRABALHO COM OS TEUS PECADOS, E ME CANSASTE COM AS TUAS MALDADES... – É isso que o homem tem feito para com o Senhor. É essa a forma que o homem tem usado para retribuir ao Senhor por tudo que tem feito em seu favor. O ser humano é insensível, e muitos passam a vida inteira sem atentar para o fato de que o Senhor é Soberano, e que Ele está vivo, esperando que todos se voltem para Ele, para buscá-lo e conhecê-lo. Mas o que a maioria naturalmente tem feito é agredir à Santidade do Senhor com toda sorte de pecados e tudo isso angustia o Seu puro coração.

 

 

Apesar de tudo isso, Deus, que é riquíssimo em misericórdia, estende sua mão na direção do homem, oferecendo-lhe o perdão e a oportunidade de ter uma nova vida na Sua presença, e por isso Ele diz:

 

EU, EU MESMO, SOU O QUE APAGA AS TUAS TRANSGRESSÕES POR AMOR DE MIM, E DOS TEUS PECADOS ME NÃO LEMBRO.

 

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos destruídos, porque as misericórdias do Senhor não têm fim, novas são a cada manhã. Depois de todo esse tratamento e desprezo por parte do homem, o Senhor ainda se compadece dele e lhe abre a porta da salvação e da vida eterna, por seu Filho, o Senhor Jesus Cristo. Em Jesus, o homem encontra uma vida diferente, de comunhão e de dependência, onde Ele trabalhará para que seja vitorioso todos os dias, andando conforme a sua orientação e revelação. Quem pode entender estas coisas? Mas elas estão claras no sacrifício de Jesus, que foi a manifestação viva do amor de Deus, em protesto contra toda a maldade e pecados do coração do homem. Atentemos para tudo isso, pois como escaparemos nós se não atentarmos para uma tão grande salvação?