Culto das Senhoras

Texto Base: 📖 Salmos 55:17
“De tarde, e de manhã, e ao meio dia, orarei, e clamarei, e ele ouvirá a minha voz”.

INTRODUÇÃO

Deus sempre anelou pela adoração do seu povo, e era do seu agrado que o povo prestasse culto, assim fazendo com eles uma aliança – Israel – povo da promessa. Para isto, era necessário que o povo ouvisse sua voz e guardasse aquilo que Deus tinha estabelecido na Lei, nos tempos de Moisés. Êxodo 25:8-9 – “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles”.

Conforme esta palavra foi estabelecido o Tabernáculo (templo móvel em que o povo de Israel fazia o ritual do culto). Um projeto que apontava profeticamente para o Senhor Jesus.

DESENVOLVIMENTO

Nos tempos da Lei eram necessários quatro elementos para que o culto acontecesse – o Cordeiro – o Templo – o Sumo Sacerdote e o Dia (sábado).

O culto era realizado sempre aos sábados, era necessário que um animal fosse sacrificado, um cordeiro sem mancha, para que os pecados do sacerdote e do povo fossem perdoados, o templo era o local de adoração onde todo o ritual era concretizado e para que pudessem ouvir a voz de Deus, somente o Sumo Sacerdote poderia entrar no lugar Santíssimo, isto acontecia uma vez ao ano.

Todos os elementos nos levam profeticamente ao Senhor Jesus, pois quando Ele morreu, se fez Sacrifício Perfeito, agora por Seu sangue podemos ter a remissão dos nossos pecados, Jesus se fez Sumo Sacerdote quando abriu o véu do templo, nos deu acesso ao lugar de comunhão com Deus. O acesso ao Pai foi aberto pelo sangue de Jesus, e lá neste lugar existiam outros elementos que eram mistérios a todos os que estavam fora, mesmo o Sumo Sacerdote não tinha acesso ao que estava escondido dentro da Arca da Aliança.

O véu é rasgado

Mas quando Jesus morre, o véu é rasgado de alto abaixo e todo esse conteúdo é revelado; mas para todos? Não. Somente para aqueles que lavaram suas vestiduras com o sangue do Cordeiro. E por uma ação do Espírito Santo, pois somente aquele que tem o Espírito Santo morando dentro de si (Candeias acesas), podem entrar na comunhão do Pai. I João 1:7 “Se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão com Ele e uns com os outros e o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado”.

Era uma condicional – “Se” – Se andarmos na luz (na revelação do Espírito Santo), só assim poderemos adentrar na comunhão com o Pai, e sermos lavados pelo sangue de Jesus. João 13:8b_ “Se eu não te lavar, não tens parte comigo”. O véu foi rasgado, mas somente ultrapassam aqueles que são lavados pelo sangue de Jesus, e que andam na luz, na revelação, para entender os mistérios do Reino de Deus.

O Sumo Sacerdote entrava somente uma vez ao ano, mas nós, servos lavados e remidos temos acesso ao Santo lugar todos os dias: “De tarde, e de manhã, e ao meio dia, orarei, e clamarei, e ele ouvirá a minha voz” Salmos 55:17. Deus está pronto a nos ouvir, basta clamarmos pelo sangue de Jesus.

Mas qual eram os mistérios que haviam dentro da Arca? A presença da Trindade – pelas tábuas da Lei (que falam da doutrina do Pai), o maná (que fala do Filho que é o alimento das nossas almas, Jesus o Pão da Vida) e pela vara de Arão, que nos mostra a direção pelo Espírito Santo, é o que faz o servo frutificar, florescer, trazendo até o altar de Deus um aroma agradável.

CONCLUSÃO

O projeto de Salvação não é algo isolado, mas é por meio da Trindade. E só um pode nos fazer alcançar este mistério – Jesus. A igreja fiel tem alcançado este mistério que é Jesus Revelado, pois o Espírito Santo tem agido em nosso meio, e aqueles que tem se colocado na posição de humildade, reconhecendo que somente por este sacrifício perfeito que é Jesus que poderão ser perdoados, dependentes que somos, estes tem adentrado em uma comunhão mais profunda com o Pai – tem entrado no Santíssimo, não mais um dia somente, mas todos os dias, pois sabemos que nosso descanso está no Senhor Jesus

Temos tribulações durante o dia, mas quando entramos no Santuário é que descansamos nossa alma. Jesus é o único mediador, não precisamos de nenhum intermediário porque Deus nos tem feito sacerdotes (Apocalipse 1:6), não temos limite para o agir do Espírito Santo, pois abrimos o nosso coração e aceitamos o sacrifício de Jesus.

O véu foi rasgado pela morte de Jesus

Nossos pecados são perdoados pelo sangue de Jesus. Os mistérios estão sendo revelados no meio de um povo que está atento a ouvir a Sua voz, lavados e remidos no sangue do Cordeiro. “Deus tem revelado os mistérios aos pequeninos, aqueles que reconhecem que precisam de Jesus” Mateus 11:25.

Assim o Espírito Santo tem preparado uma igreja até o raiar do novo dia, quando encontraremos com o nosso Senhor Jesus – quando Ele voltará e resgatará os verdadeiros adoradores (templo) João 4:23, que tem colocado o seu descanso em Jesus (sábado) Mateus 11:28, lavados no sangue de Jesus (Cordeiro) Apocalipse 22:14 e que um dia conheceram os mistérios, através do Sumo Pastor, que tem nos levado a adentrar no lugar de santidade.

Louvado seja o Senhor!

Maranata! Ora Vem Senhor Jesus!!


botaodownload
Link de DOWNLOAD para Usuários Premium

Mais conteúdo

Além do véu – Lucas 23:44 e 45

Estudo bíblico – ALÉM DO VÉU

Jesus, o sumo sacerdote – Hebreus 10:20

Um Lugar Para a Arca – I crônicas 13:03

O SENHOR ESTÁ ACIMA DAS NOSSAS NECESSIDADES – Salmo 93:3-4